Dicas

Como consultar seguro desemprego 2022

Precisa consultar o seguro desemprego e não sabe como? Neste artigo vamos te mostrar o que precisa para consultar o benefício e, ainda, te explicar um pouco sobre ele. Confira!

Anúncios

por Leticia Maia

Publicado em 14/01/2022

Consulte agora o seu seguro desemprego

Saiba como consultar o seguro desemprego. Fonte: Pexels.
Saiba como consultar o seguro desemprego. Fonte: Pexels.

O seguro desemprego é um beneficio que todo trabalhador demitido sem justa causa pode receber. Nesse sentido, esse benefício é pago temporariamente ao trabalhador com carteira assinada. Aliás, esse fato é importante: para receber o benefício, você deve ter carteira assinada. Com o desemprego aumentando no Brasil, é comum que cada vez mais pessoas precisem acessar essa informação. No artigo de hoje, vamos te mostrar como consultar o seguro desemprego. Continue a leitura e descubra!

Anúncios

Como consultar seguro desemprego pelo CPF?

Em primeiro lugar, saiba o valor do seguro desemprego. Desde 2020, o valor do benefício varia entre R$1.045,00 e R$1.813,00. Esse valor é correspondente ao salário mínimo estabelecido. Além disso, o trabalhador pode receber entre três a cinco parcelas. Nesse sentido, a quantidade depende do tempo trabalhado antes da demissão. Aliás, outro fator que também influencia é quantas vezes a pessoa já solicitou o benefício.

Para consultar o benefício pelo CPF, existem duas plataformas: a Emprega Brasil e o Sine Fácil. Dessa maneira, você pode utilizar o CPF na plataforma Emprega Brasil. Para isso, basta realizar um cadastro. Esse cadastro vai solicitar o CPF, nome completo, celular e e-mail. Depois de informado, o trabalhador tem acesso as informações do seguro desemprego. Deste modo, é possível estar ciente sobre o valor e a data de liberação das parcelas. 

Já no aplicativo Sine Fácil, você também deve fazer o cadastro. Nele é possível acompanhar ainda mais informações. Por exemplo, dados do vínculo empregatício e notificações de suspensão do requerimento.

Qual número ligar para consultar seguro desemprego?

Em resumo, você também pode consultar o seguro desemprego presencialmente ou por telefone. Caso você deseje comparecer pessoalmente, você pode ir a uma das Superintendências Regionais do Trabalho. Ou, então, é só ligar para o número 158 e consultar diretamente pelo telefone.

Como calcular férias: passo a passo

Quer saber como calcular as suas férias? Então, leia o nosso post e saiba tudo sobre esse processo.

Anúncios

Quem pode solicitar seguro desemprego?

A empresa deve fornecer alguns benefícios ao colaborador demitido. Fonte: Pexels.
A empresa deve fornecer alguns benefícios ao colaborador demitido. Fonte: Pexels.

A princípio, pode solicitar o seguro desemprego qualquer trabalhador de carteira assinada que for demitido sem justa causa. Aliás, empregados domésticos também têm esse direito.

Em conjunto, o governo também concede o benefício a:

  • Trabalhadores com carteira assinada que foram dispensados para realizar algum curso; 
  • Pescadores em época de defeso;
  • Pessoas resgatadas de situações análogas a escravidão.

Nesse sentido, após a demissão o trabalhador tem de 7 a 120 dias para solicitar o seu seguro desemprego. Já o funcionário doméstico, tem entre 7 a 90 dias para pedir seu benefício. Além disso, existem mais alguns requisitos para receber o seguro desemprego:

  • Ter carteira assinada;
  • Não ter outro tipo de renda que se sustente (por exemplo, CNPJ no nome);
  • Não receber outro benefício como INSS.

Similarmente, para os trabalhadores domésticos também existem algumas condições específicas. Além de ser demitido sem justa causa, é preciso ter trabalhado como doméstico por no mínimo 15 meses. O empregado deve ter 15 recolhimentos do FGTS como empregado doméstico, e também 15 contribuições ao INSS. Por fim, as mesmas regras se aplicam: não pode ter outro sustento e nem receber outros benefícios, como o auxílio-doença.

Vale ressaltar que o pagamento do seguro desemprego só é feito pela Caixa Econômica Federal. Ou seja, para receber é preciso ter uma conta ou comparecer a uma das agências.

Como solicitar o seguro desemprego?

Por fim, solicitar o seguro desemprego pode ser muito simples. Basta seguir o passo a passo abaixo.

  • Acesse o site portal gov.br;
  • Busque “Solicitar Seguro Desemprego” e clique no link;
  • Ao lado direito da tela, você vai encontrar a opção “Solicitar”;
  • Após isso é só fazer seu cadastro, colocando informações básicas, como o CPF;
  • Digite o número do requerimento e solicite o estado do seu benefício;
  • Leia as regras para receber;
  • Clique em concluir e finalize.

Depois disso, é só acompanhar a solicitação pelo mesmo site. Dessa forma, é possível acompanhar o valor, a quantidade de parcelas e também a data de liberação.

Além disso, é importante lembrar que para solicitar o seguro desemprego é necessário ter alguns documentos em mãos. Dentre eles podemos destacar os descritos abaixo.

  • Requerimento do seguro desemprego;
  • Termo de rescisão;
  • Carteira de trabalho;
  • Extrato do FGTS;
  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Número PIS;
  • Comprovante de endereço.

Quais os benefícios na demissão sem justa causa?

Saiba os benefícios que você recebe na demissão. Fonte: Pexels.
Saiba os benefícios que você recebe na demissão. Fonte: Pexels.

Além do seguro desemprego, o trabalhador tem direito a ainda mais benefícios na demissão. Vale lembrar que os benefícios mudam de acordo com a demissão. Por exemplo, o seguro desemprego só está disponível para quem é demitido sem justa causa. 

Hoje vamos falar sobre a demissão sem justa causa e o que você tem direito a receber nesse caso. 

Nesse sentido, se você foi demitido ou dispensado sem justa causa, têm direito a receber:

  • Salário até o dia em que trabalhou;
  • Saque do FGTS;
  • Férias vencidas acrescidas um terço do valor;
  • Férias proporcionais do período, também acrescidas um terço do valor;
  • Aviso prévio indenizado ou trabalhado;
  • Hora extra, com acréscimo de 50% para dias de semana e 100% para horas realizadas em domingos e feriados;
  • Indenização de 40% do valor do saque do FGTS;
  • Décimo terceiro salário proporcional.

Vale lembrar que o aviso prévio é indenizado ou trabalhado. Isso acontece pois quando uma empresa vai demitir um colaborador, precisa avisar com 30 dias de antecedência. Entretanto, em alguns casos, a empresa não quer que o funcionário continue trabalhando os 30 dias seguintes. Dessa maneira, acabam indenizando o colaborador. 

Por isso, se você for demitido sem justa causa e não trabalhar os 30 dias seguintes, vai receber o valor do salário integral, assim que sair da empresa. Além disso, a empresa ainda deve pagar um adicional para cada ano trabalhado na empresa. Sendo assim, um ano equivale a 3 dias de aviso prévio. Vale lembrar que você deve receber o pagamento em até 10 dias corridos após a data da demissão.

Portanto, agora você já sabe como consultar seu seguro desemprego. Que tal saber também como calcular o décimo terceiro salário? Então, acesse o conteúdo recomendado abaixo e confira!

Cálculo décimo terceiro salário: como fazer

Aprenda aqui a calcular o décimo terceiro salário, bem como confira todos os detalhes sobre este benefício trabalhista.

Sobre o autor

Leticia Maia

Estudante de jornalismo na UFSC, sempre foi apaixonada pela escrita. No meio da faculdade conheceu o marketing digital e se encantou. É produtora de conteúdo para blogs e redes sociais.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Review empréstimo pessoal Agibank 2022

Neste review sobre o empréstimo pessoal Agibank conheça as características do serviço, vantagens, desvantagens e saiba como solicitar o seu.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito BB Universitário

Conheça o cartão de crédito BB Universitário, o cartão com benefícios exclusivos para estudantes, como anuidade grátis! Confira mais aqui!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Caixa Mastercard Black

Entenda aqui como é simples solicitar seu cartão Caixa Mastercard Black e se beneficie com todas as vantagens que ele tem para te oferecer.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Cartão‌ ‌Bradesco‌ ‌Visa‌ ‌Universitário:‌ ‌o‌ ‌que‌ ‌é‌ ‌o‌ ‌cartão‌ ‌Bradesco‌ ‌Visa‌ ‌Universitário?‌

O cartão Bradesco Visa Universitário é exclusivo para clientes com conta univesitária no banco. Quer saber mais sobre ele? Então, continue a leitura e confira!

Continue lendo
content

Como evitar o superendividamento

O superendividamento é um problema entre muitas pessoas. Mas é possível sair disso! Confira nosso artigo e entenda como

Continue lendo
content

Conheça o empréstimo pessoal Ciclic

O empréstimo Ciclic está disponível em três modalidades para os seus clientes: imóvel como garantia, automóvel como garantia e crédito pessoal. Assim, você pode analisar todas as opções e aproveitar as suas vantagens, como taxas reduzidas e prazos estendidos. Conheça aqui!

Continue lendo