Educação Financeira

Fiz acordo do cartão: posso voltar a usar?

Será que fazer um acordo pode bloquear o uso do seu cartão? E o que acontece se o acordo do cartão de crédito for quebrado? Se você está com essas dúvidas, confira neste post o que realmente pode acontecer ao fazer um acordo!

Anúncios

por Leticia Jordão

16/06/2022 | Atualizado em 17/06/2022

Veja se o uso do cartão está liberado durante o acordo!

Saiba o que acontece com o uso do cartão de crédito durante um acordo. Fonte: Adobe Stock.
Saiba o que acontece com o uso do cartão de crédito durante um acordo. Fonte: Adobe Stock.

Muitos brasileiros acabam contraindo dívidas no seu cartão de crédito que, com o tempo, se tornam impossíveis de pagar. Para reverter essa situação, muitos optam por realizar um acordo com o cartão de crédito.

Ao fazer isso, o banco ou a instituição financeira consegue oferecer algumas vantagens para a pessoa conseguir quitar a dívida. Descontos nos juros e um prazo mais amigável são alguns pontos positivos que é possível conseguir ao fazer um acordo.

Dois cartões de créditos segurados por uma mão masculina com uma loja no fundo.

Passo a passo para tirar o nome do vermelho!

Veja dicas para conseguir quitar as suas dívidas e poder ter uma vida financeira mais tranquila e saudável!

Porém, é importante ter cuidado com esse tipo de operação e tentar ao máximo realizar os pagamentos nos prazos determinados. No artigo a seguir, você saberá como um acordo do cartão de crédito é feito e se você corre o risco de perder seu cartão ao fazê-lo.

Duas pessoas sentadas com uma mesa cheia de papéis a sua frente.

Confira 5 dicas para você planejar suas finanças!

Descubra como você pode iniciar o seu controle financeiro para conseguir pagar todas as suas contas sempre em dia!

Anúncios

Quando faz acordo perde o cartão?

Descubra o que acontece com seu cartão de crédito ao fazer um acordo. Fonte: Pexels.
Descubra o que acontece com seu cartão de crédito ao fazer um acordo. Fonte: Pexels.

O simples ato de fazer um acordo do cartão de crédito para quitação de dívidas não faz com que você perca totalmente o cartão. Ao seguir o acordo e realizar os pagamentos nos prazos solicitados, poderá usar seu cartão de crédito normalmente.

Mas, caso você venha a descumprir com os requisitos do acordo, como não realizar o pagamento, você corre o risco de perder o cartão. Junto dele, também se perde as vantagens que você conseguiu obter ao realizar o acordo.

Além disso, esse endividamento pode fazer com que seu nome seja incluído no cadastro de inadimplência e fique sujo na praça. E com um nome sujo, as suas finanças ficam prejudicadas.

Nesse cenário, torna-se mais difícil que você tenha acesso a produtos financeiros. Itens como acesso a crédito, fazer um crediário ou então emitir um cartão em outro banco, podem ser mais complicados de conseguir.

Devido a isso, é fundamental tentar cumprir com os prazos e valores estipulados para não sofrer com as desvantagens.

Como fazer acordo do cartão de crédito?

Para fazer um acordo, você pode entrar em contato com a central de atendimento da instituição financeira ou diretamente com o banco para conhecer as formas disponíveis de quitação de dívida.

Ao fazer isso, eles apresentarão a você propostas com o valor mensal a ser pago, os juros aplicados e o prazo para o pagamento. Aqui, é importante que você analise bem e veja se a proposta se encaixa no seu orçamento para você pagar tranquilamente.

Outra forma de realizar o acordo do cartão de crédito pode ser feito no site Serasa Limpa Nome. No portal, você pode consultar as dívidas ativas do seu CPF e conferir as ofertas disponíveis para negociação.

Dessa forma, você consegue visualizar o valor inicial da dívida, os juros aplicados, os descontos que você pode ter, entre outras informações sobre ela. Assim, você conseguirá tomar uma escolha mais tranquila sobre a forma que você pode quitar a dívida.

Após conferir as informações, você pode escolher a melhor oferta para você. Aqui, é possível definir se será a vista ou parcelado, a quantidade de parcelas e a melhor data de vencimento.

Feito isso, você pode fechar o acordo pelo portal e gerar os boletos para realizar o pagamento total da dívida. Caso tenha escolhido parcelar, você precisará gerar um boleto todos os meses até quitar a dívida. 

Anúncios

O que considerar na hora de fazer o acordo?

Veja os principais pontos para se observar no seu acordo. Fonte: Unsplash.
Veja os principais pontos para se observar no seu acordo. Fonte: Unsplash.

Quando você for realizar um acordo com o cartão de crédito, é interessante analisar muito bem a sua situação financeira antes de iniciar o contato. Assim, você poderá definir um orçamento, com o valor mensal que você consegue dispor para quitar a dívida.

Além disso, quando entrar em contato com o banco ou instituição financeira, é fundamental saber negociar a dívida. Ao saber o valor mensal que você pode arcar, será mais fácil comunicar isso ao banco e chegar a um acordo que caiba no seu bolso.

E caso os juros aplicados pelo cartão de crédito no momento do acordo estejam muito altos, vale a pena pesquisar alternativas. Existem outras opções no mercado que deixam a dívida mais barata e permite que você consiga quitá-la.

Além disso, é importante ler o contrato e verificar se ele contém somente o que foi conversado e acordado previamente.

O que acontece se quebrar o acordo do cartão?

Não pagar a dívida ou simplesmente atrasar o pagamento da mesma, pode gerar uma quebra de contrato com o cartão de crédito. Neste cenário, a sua dívida permanece ativa, e você ainda corre o risco de:

  • perder os descontos obtidos durante o acordo;
  • comprometer a sua pontuação de crédito;
  • entrar no cadastro de inadimplentes;
  • perder o seu cartão de crédito.

Geralmente, essa quebra de contrato ocorre quando não é mais possível pagar o valor das parcelas. Aqui é comum os casos em que a pessoa descobre que a dívida não está mais ligada ao seu nome. Isso faz ela não finalizar o pagamento da mesma.

De qualquer forma, uma quebra de contrato pode acarretar diversos problemas financeiros para você. Com o seu nome sujo, você perde a oportunidade de realizar empréstimos, ter cartões de crédito de outras instituições ou bancos ou ter um limite maior.

Por conta disso, sempre recomenda-se manter o acordo e tentar quitar a dívida. Uma prática que pode ajudar você com isso é pagar uma dívida de cada vez, e não todas ao mesmo tempo.

Para ajudar você nessa escolha, confira a seguir dicas imperdíveis de como escolher a primeira dívida a ser negociada. Confira!

Saiba qual dívida quitar primeiro!

Aprenda a escolher qual das suas dívidas deve ser negociada primeiro e confira dicas para realizar um bom acordo!

Sobre o autor

Leticia Jordão

Olá! Sou formada em Marketing e acabei descobrindo minha paixão na área de produção de conteúdo! Hoje eu possuo experiência escrevendo sobre marketing digital e finanças pessoais onde sempre foco em entregar a informação que o público mais precisa.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Se torne beneficiário do Auxílio Brasil

Saiba como se tornar beneficiário do Auxílio Brasil e quais as novas exigências de acordo com o novo decreto do Governo Federal. Confira!

Continue lendo
content

Cartão Trigg online: com cobertura internacional e cashback

Descubra o que o cartão Trigg online consegue oferecer para você e como é possível ter uma coleção de cartões divertidos com ele!

Continue lendo
content

As 30 fotos épicas para quem gosta de viagem (e detalhe: tiradas por brasileiros!)

Você gosta de buscar inspirações fotográficas para quando for viajar? Se sim, então confira agora as 30 fotos épicas para quem gosta de viagem.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça a Conta à Ordem do Banco CTT

Com a conta à ordem do CTT, você pode solicitar cartão de débito, fazer transferências interbancárias e não paga pela manutenção. Saiba mais sobre este serviço agora mesmo!

Continue lendo
content

Conheça o empréstimo Zema

Conheça o empréstimo Zema, com Taxa de juros a partir de 3,99% ao mês e parcelamento em até 72x.

Continue lendo
content

Citibank Ultima Infinite viaje com mais benefícios e segurança em 2022

Se você tem uma renda mínima de US$ 350.000,00 e vive viajando, o Citibank Ultima Infinite pode ser um excelente cartão para você. Leia o post e entenda mais sobre este produto financeiro!

Continue lendo