Educação Financeira

Fiz acordo do cartão: posso voltar a usar?

Será que fazer um acordo pode bloquear o uso do seu cartão? E o que acontece se o acordo do cartão de crédito for quebrado? Se você está com essas dúvidas, confira neste post o que realmente pode acontecer ao fazer um acordo!

Anúncios

por Leticia Jordão

16/06/2022 | Atualizado em 17/06/2022

Veja se o uso do cartão está liberado durante o acordo!

Saiba o que acontece com o uso do cartão de crédito durante um acordo. Fonte: Adobe Stock.
Saiba o que acontece com o uso do cartão de crédito durante um acordo. Fonte: Adobe Stock.

Muitos brasileiros acabam contraindo dívidas no seu cartão de crédito que, com o tempo, se tornam impossíveis de pagar. Para reverter essa situação, muitos optam por realizar um acordo com o cartão de crédito.

Ao fazer isso, o banco ou a instituição financeira consegue oferecer algumas vantagens para a pessoa conseguir quitar a dívida. Descontos nos juros e um prazo mais amigável são alguns pontos positivos que é possível conseguir ao fazer um acordo.

Dois cartões de créditos segurados por uma mão masculina com uma loja no fundo.

Passo a passo para tirar o nome do vermelho!

Veja dicas para conseguir quitar as suas dívidas e poder ter uma vida financeira mais tranquila e saudável!

Porém, é importante ter cuidado com esse tipo de operação e tentar ao máximo realizar os pagamentos nos prazos determinados. No artigo a seguir, você saberá como um acordo do cartão de crédito é feito e se você corre o risco de perder seu cartão ao fazê-lo.

Duas pessoas sentadas com uma mesa cheia de papéis a sua frente.

Confira 5 dicas para você planejar suas finanças!

Descubra como você pode iniciar o seu controle financeiro para conseguir pagar todas as suas contas sempre em dia!

Anúncios

Quando faz acordo perde o cartão?

Descubra o que acontece com seu cartão de crédito ao fazer um acordo. Fonte: Pexels.
Descubra o que acontece com seu cartão de crédito ao fazer um acordo. Fonte: Pexels.

O simples ato de fazer um acordo do cartão de crédito para quitação de dívidas não faz com que você perca totalmente o cartão. Ao seguir o acordo e realizar os pagamentos nos prazos solicitados, poderá usar seu cartão de crédito normalmente.

Mas, caso você venha a descumprir com os requisitos do acordo, como não realizar o pagamento, você corre o risco de perder o cartão. Junto dele, também se perde as vantagens que você conseguiu obter ao realizar o acordo.

Além disso, esse endividamento pode fazer com que seu nome seja incluído no cadastro de inadimplência e fique sujo na praça. E com um nome sujo, as suas finanças ficam prejudicadas.

Nesse cenário, torna-se mais difícil que você tenha acesso a produtos financeiros. Itens como acesso a crédito, fazer um crediário ou então emitir um cartão em outro banco, podem ser mais complicados de conseguir.

Devido a isso, é fundamental tentar cumprir com os prazos e valores estipulados para não sofrer com as desvantagens.

Como fazer acordo do cartão de crédito?

Para fazer um acordo, você pode entrar em contato com a central de atendimento da instituição financeira ou diretamente com o banco para conhecer as formas disponíveis de quitação de dívida.

Ao fazer isso, eles apresentarão a você propostas com o valor mensal a ser pago, os juros aplicados e o prazo para o pagamento. Aqui, é importante que você analise bem e veja se a proposta se encaixa no seu orçamento para você pagar tranquilamente.

Outra forma de realizar o acordo do cartão de crédito pode ser feito no site Serasa Limpa Nome. No portal, você pode consultar as dívidas ativas do seu CPF e conferir as ofertas disponíveis para negociação.

Dessa forma, você consegue visualizar o valor inicial da dívida, os juros aplicados, os descontos que você pode ter, entre outras informações sobre ela. Assim, você conseguirá tomar uma escolha mais tranquila sobre a forma que você pode quitar a dívida.

Após conferir as informações, você pode escolher a melhor oferta para você. Aqui, é possível definir se será a vista ou parcelado, a quantidade de parcelas e a melhor data de vencimento.

Feito isso, você pode fechar o acordo pelo portal e gerar os boletos para realizar o pagamento total da dívida. Caso tenha escolhido parcelar, você precisará gerar um boleto todos os meses até quitar a dívida. 

Anúncios

O que considerar na hora de fazer o acordo?

Veja os principais pontos para se observar no seu acordo. Fonte: Unsplash.
Veja os principais pontos para se observar no seu acordo. Fonte: Unsplash.

Quando você for realizar um acordo com o cartão de crédito, é interessante analisar muito bem a sua situação financeira antes de iniciar o contato. Assim, você poderá definir um orçamento, com o valor mensal que você consegue dispor para quitar a dívida.

Além disso, quando entrar em contato com o banco ou instituição financeira, é fundamental saber negociar a dívida. Ao saber o valor mensal que você pode arcar, será mais fácil comunicar isso ao banco e chegar a um acordo que caiba no seu bolso.

E caso os juros aplicados pelo cartão de crédito no momento do acordo estejam muito altos, vale a pena pesquisar alternativas. Existem outras opções no mercado que deixam a dívida mais barata e permite que você consiga quitá-la.

Além disso, é importante ler o contrato e verificar se ele contém somente o que foi conversado e acordado previamente.

O que acontece se quebrar o acordo do cartão?

Não pagar a dívida ou simplesmente atrasar o pagamento da mesma, pode gerar uma quebra de contrato com o cartão de crédito. Neste cenário, a sua dívida permanece ativa, e você ainda corre o risco de:

  • perder os descontos obtidos durante o acordo;
  • comprometer a sua pontuação de crédito;
  • entrar no cadastro de inadimplentes;
  • perder o seu cartão de crédito.

Geralmente, essa quebra de contrato ocorre quando não é mais possível pagar o valor das parcelas. Aqui é comum os casos em que a pessoa descobre que a dívida não está mais ligada ao seu nome. Isso faz ela não finalizar o pagamento da mesma.

De qualquer forma, uma quebra de contrato pode acarretar diversos problemas financeiros para você. Com o seu nome sujo, você perde a oportunidade de realizar empréstimos, ter cartões de crédito de outras instituições ou bancos ou ter um limite maior.

Por conta disso, sempre recomenda-se manter o acordo e tentar quitar a dívida. Uma prática que pode ajudar você com isso é pagar uma dívida de cada vez, e não todas ao mesmo tempo.

Para ajudar você nessa escolha, confira a seguir dicas imperdíveis de como escolher a primeira dívida a ser negociada. Confira!

Saiba qual dívida quitar primeiro!

Aprenda a escolher qual das suas dívidas deve ser negociada primeiro e confira dicas para realizar um bom acordo!

Sobre o autor

Leticia Jordão

Olá! Sou formada em Marketing e acabei descobrindo minha paixão na área de produção de conteúdo! Hoje eu possuo experiência escrevendo sobre marketing digital e finanças pessoais onde sempre foco em entregar a informação que o público mais precisa.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Como consultar seguro desemprego 2022

Você sabe como consultar o seguro desemprego? No artigo de hoje, vamos te mostrar o passo a passo para consultar. Leia agora e confira!

Continue lendo
content

5 boas práticas sobre parcelamento do cartão de crédito

Que tal saber como funciona o parcelamento do cartão de crédito e o que fazer para não comprometer sua renda? Então, clique aqui e confira!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Cartão de crédito El Dorado: como funciona

Muitas lojas no Brasil e exterior fornecem cartões para seus clientes terem mais facilidade na hora das compras. Uma dessas lojas é a El Dorado Furniture. Conheça o cartão El Dorado e veja as condições que ele oferece.

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão de crédito MB Pleno

Quer um cartão de crédito que te ajuda na sua rotina financeira e, ainda, aprova na hora? Então, você precisa conhecer o cartão de crédito MB Pleno. Confira!

Continue lendo
content

Como solicitar cartão Santander SATA Blue

Veja aqui como solicitar o cartão de crédito Santander SATA Blue e acumular milhas para trocar por passagens aéreas na SATA Azores Airlines ou na TAP.

Continue lendo