Educação Financeira

Metas financeiras: confira dicas para definir as suas para 2023

A definição de metas para o próximo ano pode ser mais fácil do que você imagina! Neste artigo ensinamos a você a definir metas atingíveis para melhorar suas finanças!

Anúncios

Em apenas 4 passos você já consegue definir metas realistas

Confira as dicas para definir suas metas! Fonte: Pexels.
Confira as dicas para definir suas metas! Fonte: Pexels.

Com o final do ano chegando, muita gente já começa a ficar inspirada e define diversas metas financeiras diferentes para o ano que está por vir.

Mas, devido a animação do momento, muitas das nossas metas acabam só ficando no papel, e no final do ano percebemos que temos uma lista de itens que não realizamos.

Como melhorar sua relação com o dinheiro

Esse pode ser o primeiro passo para ter um controle financeiro sólido. Saiba mais aqui.

No entanto, para evitar que esse cenário se repita no próximo ano, o que acha de aprender a como definir metas financeiras claras, objetivas e que sejam mais realistas?

Por mais que não pareça ser possível, você pode sim criar metas financeiras melhores que façam você tirá-las do papel. Mas, para saber como fazer isso, é preciso começar do começo e entender melhor o conceito de metas.

Então, continue a leitura e saiba tudo sobre este assunto.

O que são metas financeiras?

Entenda a fundo o significado desse termo. Fonte: Pexels.
Entenda a fundo o significado desse termo. Fonte: Pexels.

Antes de tudo, é fundamental que você entenda a definição de metas, já que muitas pessoas acabam confundindo ela com os objetivos. 

E, por mais que eles sejam parecidos e relacionados, o primeiro passo para criar metas financeiras atingíveis é entender a diferença entre eles.

Sendo assim, uma meta financeira são ações que você vai implementar ao longo do ano para atingir um objetivo financeiro. Já o objetivo, é algo que você quer alcançar.

Por exemplo, “ter uma renda extra” é um objetivo, já “buscar trabalhos para fazer em casa” é uma meta relacionada a esse objetivo.

Sendo assim, as metas financeiras são ações que você quer fazer para que as finanças do seu próximo ano fiquem mais organizadas e garantam uma vida tranquila.

Como ganhar renda extra online?

Confira 5 opções bacanas para você ter renda extra em 2023 sem sair de casa!

Por que é importante definir as metas financeiras?

A saber, o povo brasileiro é o que mais está endividado. Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), cerca de 78% das famílias brasileiras estão com dívidas a vencer.

Nesse cenário, já podemos ter uma ideia do que acontece quando você não cuida das suas finanças e não possui um controle ou planejamento financeiro.

Sem isso, as pessoas não têm uma visão ampla das suas finanças e podem seguir tomando decisões financeiras bem ruins devido a falta de planejamento.

Dessa forma, elas podem entrar em empréstimos com juros altos, gastar mais do que recebem e fazer dívidas com o cartão de crédito que se tornam impraticáveis de pagar depois.

Sendo assim, para evitar esse cenário e ter mais qualidade de vida, o ideal é começar a se organizar financeiramente para não tomar mais decisões ruins.

E para isso, o ideal é começar definindo metas financeiras que ajudem a manter você na linha e deixem suas finanças mais saudáveis.

Como definir metas financeiras para 2023?

Veja como pode ser fácil criar suas metas! Fonte: Pexels.
Veja como pode ser fácil criar suas metas! Fonte: Pexels.

Definir metas financeiras é o primeiro passo para ter suas finanças pessoais mais equilibradas e trabalhando a seu favor.

Sendo assim, para ajudar você com isso, separamos abaixo 4 passos que podem orientar e ajudar você na hora de definir suas metas financeiras para 2023!

1. Faça um levantamento das suas finanças

Em primeiro lugar, comece fazendo um levantamento das suas finanças. Afinal de contas, não tem como você definir novas metas sem saber qual é a sua real situação financeira.

Assim, ao fazer isso, você poderá criar metas mais realistas que sejam fáceis de atingir.

Dessa forma, ao fazer o levantamento, é interessante que você comece analisando no seu extrato bancário todas as entradas e as saídas de dinheiro.

Além disso, também confira possíveis dívidas em aberto, atrasos de pagamento e qualquer outro problema financeiro que pode virar uma bola de neve no futuro.

Por fim, confira também suas contas fixas e como é a situação delas, se estão todas pagas em dia ou se tem alguma com atraso.

Ao conferir essas informações, você começará a ter uma noção de como sua vida financeira está atualmente para assim começar a definir metas financeiras atingíveis.

Para conseguir ter uma visualização melhor, pode ser interessante adicionar as informações sobre suas finanças em um caderno, planilha ou aplicativo para assim ter sempre acesso às informações necessárias.

2. Pense em soluções para seus problemas

Depois de ter feito um bom levantamento, você já deve ter identificado alguns problemas financeiros. Uma dívida em aberto com juros altos ou até um parcelamento de cartão que fez a fatura ficar ainda mais alta.

Sendo assim, ao perceber esses itens, você já pode começar a traçar soluções para acabar com esses problemas.

Por exemplo, uma dívida em aberto com juros altos pode ser resolvida ao entrar em contato com o banco e fazer uma renegociação de dívidas. 

Já o cartão de crédito, você pode analisar se consegue pagar ou se pode ser interessante encontrar um empréstimo com juros mais baixos que os aplicados na fatura.

Dessa forma, você já pode começar a anotar algumas soluções para seus problemas para assim conseguir resolvê-los.

3. Comece a definir metas realistas

Até aqui você pôde analisar os cenários financeiros atuais, identificar os principais problemas e pensar em soluções para eles.

Dessa forma, ao ter feito isso você já conseguirá definir metas financeiras realistas de forma natural!

Isso acontece porque você não sentou e simplesmente começou a definir metas para si. Você primeiro analisou sua vida atual para depois definir metas.

Assim, as metas que você definir vão ser naturalmente mais realistas e podem ser mais fácil de ser alcançadas!

Para exemplificar, caso você tenha uma dívida em aberto, pode definir como metas as seguintes ações:

  • Entrar em contato com a instituição financeira X para negociar;
  • Pesquisar bancos que podem renegociar a dívida com juros baixos;
  • Ver possíveis cortes nos gastos para ter mais dinheiro para quitar a dívida;
  • Encontrar trabalhos extras para ter uma renda a mais para quitar a dívida.

Viu só? Com uma simples análise do seu momento atual, já é possível definir diversas metas financeiras para o próximo ano que são mais fáceis de alcançar!

E para melhorar ainda mais, pode ser interessante adicionar um prazo para suas metas. Assim, você terá um senso maior de urgência sobre ela e poderá ficar mais motivado para conclui-la.

4. Acompanhe periodicamente

Em resumo, não basta só definir as metas e deixá-las guardadas em um caderno fechado.

Depois de defini-las, chegou o momento de se organizar para colocá-las em prática.

Para isso, uma boa atividade que você pode fazer é definir uma frequência para acompanhar o andamento de cada meta.

Por exemplo, você pode acompanhar suas metas uma vez na semana, quinzenalmente e até mensalmente. O importante é adicionar um dia e horário na sua agenda para trabalhar ativamente na sua meta.

Assim, você pode acompanhar o andamento dela e ver o que está funcionando e o que não está. Dessa forma, você pode criar planos de ação para fazer com que sua meta seja alcançada até o final do ano.

Por outro lado, se quiser usar ferramentas de finanças pessoais para ajudar nessa tarefa, acesse o conteúdo recomendado abaixo e confira as opções.

7 ferramentas de finanças pessoais

Confira as ferramentas que ajudam você a se organizar financeiramente!

Sobre o autor  /  Leticia Jordão

Olá! Sou formada em Marketing e acabei descobrindo minha paixão na área de produção de conteúdo! Hoje eu possuo experiência escrevendo sobre marketing digital e finanças pessoais onde sempre foco em entregar a informação que o público mais precisa.

Revisado por  /  Junior Aguiar

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Conheça os cursos gratuitos Veduca

Conheça os cursos gratuitos Veduca e se surpreenda com as suas vantagens, como cursos online sem custo, opção de certificado e muito mais.

Continue lendo
content

Como solicitar o empréstimo Empresarial Itaú

O empréstimo empresarial Itaú oferece condições especiais de pagamento! Quer saber como solicitar? Leia este post e confira!

Continue lendo
content

O PicPay é seguro?

Descubra aqui se o PicPay é seguro e qual é a reputação do aplicativo de acordo com as avaliações dos usuários no site do Reclame Aqui.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Crédito Pessoal ActivoBank: o que é?

Quer um crédito multiuso? Então, conheça a oferta do ActivoBank em que você financia até 75.000€ com reembolso em até 7 anos e juros competitivos. Saiba mais a seguir!

Continue lendo
content

Conheça o consórcio Itaú

No post de hoje falaremos sobre o consórcio Itaú. Com ele, o sonho de possuir uma casa própria ou um automóvel fica cada vez mais perto. Ficou interessado? Continue a leitura. e saiba tudo sobre este produto financeiro.

Continue lendo
content

Por que você teve um empréstimo negado?

Teve um empréstimo negado? Descubra quais são os motivos que jusiticam esse acontecimento aqui.

Continue lendo