Dicas

Como não pagar mais contas em atraso

Se você quer aprender a deixar de pagar as contas em atraso e mudar sua vida financeira, veja agora mesmo essas dicas que temos para você!

por

Heloisa Trindade

Publicado em

ANÚNCIOS

Contas em atraso

Contas em atraso (Imagem: JornalExclusivo)

Muitas pessoas sofrem com diversas contas em atraso.  A realidade econômica do país sem dúvida contribui para tudo isso. Os brasileiros estão tendo que lidar cada dia com uma dificuldade nova.

Desse modo, buscar alternativas para reverter essa situação é essencial. Assim, é possível sair do vermelho e começar a investir em projetos próprios. No entanto, essa é uma tarefa que exige bastante pesquisa e esforço.

Para te ajudar, preparamos esse guia completo. Aqui, você vai saber como se livrar das contas em atraso. Descubra como algumas atitudes podem te deixar mais perto de conseguir sua autonomia financeira.

Como não pagar mais contas em atraso

Como não pagar mais contas em atraso (Imagem: UOL)

Esse é um plano difícil para quem já está endividado. Agora, sem dúvidas existem alternativas interessantes para chegar nesse patamar. Então, primeiro de tudo, você precisa ter noção do seu estado financeiro. Só depois é possível tomar alguma decisão.

Mais pra frente, você vai ficar por dentro de dicas infalíveis para te livrar dessa situação. Logo, verá que existem alguns elementos que estão sempre se repetindo. Para se livrar dos atrasos, é necessário preveni-los.

Descubra como manter suas contas em dia

Descubra como manter suas contas em dia (Imagem: Pinterest)

A palavra-chave é organização. Você precisa saber de cara todos os seus débitos. Não será possível pagar tudo em dia se nem se lembra o que deve. Portanto, faça um esquema completo das suas finanças.

No começo, se você já está endividado, se organizar não vai ser fácil. No entanto, não desanime. Tenha em mente que o resultado final sempre compensa todo o esforço.

Conteúdo Recomendado

5 dicas para iniciar seu controle financeiro

Há algumas formas de se iniciar o planejamento financeiro, inclusive, aplicativos que poderão te ajudar nesse processo! Confira as dicas imperdíveis que separamos para vo

Por que é importante não pagar contas em atraso?

Por que é importante manter suas contas em dia? (Imagem: Organizze)

Já ouviu o termo bola de neve? Quando se tem contas em atraso, você entra em um universo caótico. Então, sempre estará devendo e pode dar adeus à tranquilidade. Ficar endividado mexe em todos os aspectos da sua vida, tanto pessoal quanto profissional.

Sendo assim, vamos às consequências de se encontrar nessa situação. Perceba que elas são exatamente os motivos para tentar se livrar desse status.

1- Estresse emocional

1- Estresse emocional (Imagem: Telavita)

Imagine saber que está devendo e não pensar em nenhuma solução eficiente para sair dessa. O estresse e ansiedade que isso causa é absurdo. Então, você fica cansado o tempo inteiro, buscando possibilidades.

2- Sem credibilidade

2- Sem credibilidade (Imagem: CollbusinessNews)

Ninguém confia em alguém que está endividado. Isso principalmente quando se fala de bancos e instituições financeiras. Assim, conseguir uma linha de crédito é muito mais complicado que o normal.

3- Sem perspectiva de futuro

3- Sem perspectiva de futuro (Imagem: DecepçõesCorporativas)

Quando se está preso em algo não dá para seguir em frente, certo? No caso da dívida, a lógica é a mesma. Desse modo, não tem como pensar em projetos futuros se o seu presente está um caos completo.

O que acontece se você ficar com as contas em atraso?

O que acontece se você ficar com as contas em atraso? (Imagem: Exame)

Fora o que já foi citado logo acima, você não consegue crescer financeiramente. Então, sempre terá um problema para resolver.

Assim, aquele sonho de ter uma vida melhor, pode esquecer. No entanto, calma. Nós vamos te dar soluções práticas para não ter mais contas em atraso. Com elas, tudo vai ficar mais leve, acredite.

Dicas para não pagar mais contas em atraso

Dicas para não pagar mais contas em atraso
(Imagem: ParceirosdoFuturo)

Muitas pessoas acreditam que depois que atrasou uma conta, não dá mais para reverter a situação. No entanto, elas não poderiam estar mais enganadas. Existem sim alternativas que podem te ajudar a sair dessa bola de neve.

Claro, nem todas funcionam da mesma forma para todo mundo. Afinal, cada um possui sua própria realidade. Então, foi pensando nisso, que trouxemos várias opções. Dessa forma, tudo que você precisa fazer é escolher aquelas que acha que podem surtir mais efeito.

Perceba que as dicas abaixo estão esquematizadas quase que como um passo a passo. Mesmo assim, isso não é problema caso só queira usar algumas delas. Logo, veja só.

Crie um planejamento financeiro

Crie um planejamento financeiro (Imagem: F360)

A primeira coisa que você precisa entender é que sem planejamento nada vai para frente. Não importa se já está endividado ou busca evitar esse cenário. A organização é um fator determinante para o seu sucesso financeiro. Pode procurar, ninguém bem sucedido chegou nesse status trabalhando com bagunça.

Portanto, leve muito a sério essa etapa. Uma coisa que você pode fazer é elencar todas as suas dívidas. Então, pegue aqueles débitos que são recorrentes, como o IPVA. Registre cada um deles que comprometem sua renda mensal.

Assim, com a data à vista, fica mais fácil reservar o dinheiro que você precisa. Além disso, isso te ajuda a não ser pego de surpresa. Acredite, essa é uma das piores coisas que pode acontecer.

Claro, isso e não ter verba para arcar com o necessário. Dessa forma, por mais que possa parecer complicado no começo, não desista do planejamento. Pense que se você não está acostumado a uma tarefa, é óbvio que ela será mais difícil.

No entanto, o tempo resolve esse problema facilmente. Ainda mais para frente, você vai conhecer algumas ferramentas que vão deixar esse processo mais rápido e interessante de se fazer.

Renegocie dívidas antigas

Renegocie dívidas antigas (Imagem: Foregon)

Sabe aquelas contas em atraso que são bem antigas e que ainda não conseguiu pagar? Você pode lidar com eles de uma forma mais prática. Então, siga esses 3 passos abaixo e veja como resolver esse tipo de problema é sim possível.

1- Todos seus cálculos devem ser realistas

1- Todos seus cálculos devem ser realistas (Imagem: SunoResearch)

Coloque toda sua renda no papel. Daí, subtraia os gastos essenciais e veja quais dos supérfluos podem ser cortados. Você precisa fazer isso antes de entrar em contato com o banco. Isso porque esse último vai te lançar uma proposta.

Desse modo, se você não conhece sua realidade financeira, não pode assinar nenhum acordo. Aliás, até pode, mas vai sair prejudicado no final das contas.

2- Estude o contrato

2- Estude o contrato (Imagem: PublicitáriosCriativos)

Pegue o contrato da sua dívida e leia. Veja se não há nenhuma irregularidade. Acredite, as chances de encontrar algo errado são mais altas do que você imagina.

Assim, caso isso aconteça, não hesite em denunciar aos órgãos de defesa do consumidor. Dessa forma, você pode ser capaz de melhorar as condições de pagamento.

3- Entre em contato com o banco

3- Entre em contato com o banco (Imagem: Direitos)

Agora, digamos que você não encontrou nenhuma falha no seu contrato antigo. Sendo assim, é hora de entrar em contato com o banco. Ao explicar sua situação, vão te lançar uma proposta. Ela deve vir com melhores condições de quitação.

No entanto, não acha que precisa assinar o novo acordo logo de cara, muito pelo contrário. O ideal é que você peça um prazo para analisar ele com calma. Ainda, se achar viável, chegue com uma contraproposta.

Assim, entenda que essa não é a hora de ser tímido. Só dessa forma você consegue soluções melhores e mais eficientes para seu bolso.

Crie uma lista de compras de supermercado

Crie uma lista de compras de supermercado (Imagem: IdeiasDecor)

Um grande costume do brasileiro é não fazer lista para ir às compras de casa. O supermercado está cheio de opções. Desse modo, se você não for ciente do que precisa comprar, já era. Então, vai acabar se perdendo e gastando mais do que devia.

Portanto, antes de sair de casa, olhe todo seu estoque de mantimentos. Em seguida, faça uma lista de tudo que está faltando. Além disso, você pode elencar os produtos por ordem de prioridade. Assim, caso tenha um teto para gastar, é mais fácil não ultrapassá-lo.

Agora vem a parte difícil, não se renda às tentações. Como dito, lá você vai encontrar uma diversidade de coisas. Dessa forma, tente ser o mais fiel possível a sua lista.

No entanto, não exagere. A dica é para te fazer economizar e não se privar de coisas essenciais. Lembre-se que, na dúvida, o equilíbrio é sempre a melhor solução. Em resumo, tenha consciência daquilo que pode consumir.

Além disso, alguns especialistas em finanças dizem que fazer uma compra por mês é um erro. Isso porque você vai acabar comprando coisas desnecessárias ou que vão sobrar. Logo, eles aconselham que a cada semana, o estoque de mantimentos seja renovado. Assim, você só compra o que vai usar e evita desperdícios.

Cuidado com contas em atraso do cartão de crédito

Cuidado com o cartão de crédito (Imagem: MeuTudo)

Esse é um dos grandes causadores do endividamento e das contas em atraso. O cartão de crédito é tido como um vilão por muita gente. De fato, ele pode sim ter esse papel. No entanto, isso não é uma regra. O perigo do cartão é que você pode usar mais do que tem disponível. Ou seja, é possível passar aquele limite.

Então, quando isso acontece, você tem que lidar com juros em cima de juros. Aí pronto, tem-se uma outra bola de neve. Portanto, é importante entender que você pode sim usar essa ferramenta. No caso, só é necessário planejamento.

Muitas pessoas alegam que ela é vantajosa porque não se precisa andar com dinheiro. Isso é sim verdade. Em contrapartida, alguns profissionais trazem uma outra visão interessante. Eles afirmam que quando você está com o dinheiro em mãos, é mais fácil ter controle.

Isso porque tem-se noção de que ele está indo embora ao comprar algo. No caso do cartão, essa sensação não acontece.  Desse modo, para usar esse último existe uma dica útil, não parcele.

Só compre aquilo que você vai conseguir pagar logo de uma vez. Isso vale principalmente para quem já está com dívidas atrasadas. Além disso, sempre respeite o seu limite. Porém, se acha que não consegue fazer isso, não tem jeito.

Aposente um pouco essa ferramenta. Quando estiver livre de débitos antigos, quem sabe você não voltará a usá-la?

Crie uma planilha de gastos ou utilize um app para não pagar contas em atraso

Crie uma planilha de gastos ou utilize um app (Imagem: TechTudo)

Lembra que falamos do planejamento mais acima? Agora é hora de conhecer algumas ferramentas que vão te ajudar a colocar ele em prática. Então, a planilha é sem dúvidas a opção mais clássica.

Ainda, existem diversos modelos prontos na internet, de modo que você nem precisa criar uma nova. No entanto, alguns aplicativos são bem interessantes também, veja só alguns deles.

1- Finance

1- Finance (Imagem: Pinterest)

Essa é uma ferramenta completa. Com ela, você registra toda sua movimentação financeira de forma simples. Além disso, é possível cadastrar suas contas parceladas. Dessa forma, você não esquece a data de nenhuma delas. Então, feito o pagamento, é só dar baixa no app. Ele mesmo vai atualizar seu saldo.

2- Boleto pago

2- Boleto pago (Imagem: MacMagazine

Um aplicativo ideal para quem tem contas em atraso. O Boleto Pago recalcula o valor da sua dívida. Assim, ele toma como base o valor da taxa de juros e o tempo do vencimento. No entanto, não é só isso. Ele te avisa das contas que estão chegando perto da data de pagamento.

3- Mobills

3- Mobills (Imagem: ShowMetech)

Uma forma eficiente e simples de gerenciar toda sua vida financeira. Ainda, o Mobills te fornece gráficos e relatórios específicos. Desse modo, você consegue analisar a fundo como estão indo suas finanças. Por último, ele manda e-mails te lembrando dos pagamentos que devem ser efetuados.

4- Money Lover

4- Money Lover (Imagem: TechTudo)

Ele também desempenha esse papel de prestação de contas. No entanto, ele tem um diferencial. O Money Lover te permite usar sua lista de contatos para gerar um arquivo com credores e devedores. Ainda, é ideal para quem curte viajar. Isso porque ele tem um conversor de moedas.

Coloque as contas em débito automático

Coloque as contas em débito automático (Imagem: IDEC)

Essa é uma forma de não atrasar suas contas. No entanto, ela requer muito cuidado. Então, se você está devendo, é melhor ter calma com essa dica. Dessa forma, não é recomendado colocar tudo em débito automático. Isso porque pode ser que no fim do mês você fique sem dinheiro.

Sendo assim, uma alternativa é ir aos poucos. Cadastre primeiro as contas que são essenciais. Água, luz, plano de saúde e internet são bons exemplos. Ao mesmo tempo, coloque em prática as outras dicas desse artigo. Isso porque elas vão te ajudar a se organizar.

Logo, quando estiver conseguindo resolver sua situação financeira, aí sim pode deixar tudo no débito automático. Com isso, você garante que nada mais vai ficar atrasado. Claro, sempre se assegurando que seu dinheiro é o bastante.

O débito automático é uma ferramenta muito interessante. Desse modo, ele é bom em te ajudar a ter controle dos gastos. Com cuidado, vale muito a pena ser usado.

Pague as contas essenciais primeiro

Pague as contas essenciais primeiro (Imagem: Economirna)

Lembre-se do débito automático. Dê prioridade sempre aquilo que é fundamental para sua qualidade de vida. Sem isso, você nem vai conseguir se livrar dos outros débitos. Pegue a lista de dívidas e coloque metas para resolver as mais importantes.

Feito isso, o resto fica mais fácil. Pronto, agora você já sabe muito bem como não pagar mais contas em atraso. Agora é sua vez. Use as dicas deste artigo e vá em busca de melhorar sua vida financeira.

Conteúdo Recomendado

Qual o papel do crédito na sua vida financeira?

Crédito é um produto financeiro que pode fazer diferença em sua vida. Em nosso artigo vai saber os tipos e como utilizar de maneira saudável

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Cartões

SX: Saiba tudo sobre o novo cartão do Santander

Com o PIX, novo sistema de pagamentos ligado ao Banco Central, o Santander inova e reinventa o antigo Santander Free. Saiba tudo sobre o novo produto Santander SX!

por

Senhor Panda

Publicado em

| Atualizado em

O Santander ouviu os pedidos!

Atentos ao momento, no dia 16 de novembro foi lançado um produto especialmente para quem quer conquistar o primeiro cartão de crédito e está em busca do acordo mais vantajoso: o Santander SX, que, entre os destaques, possui a maior facilidade para aprovação e a adaptação da demanda ao novo sistema PIX.

Aliás, o Santander foi o primeiro banco a oferecer uma plataforma própria para este novo sistema de pagamentos.

Para melhorar, SX também tem o diferencial de ofertar a possibilidade de pagamento, transferências e recebimento de dinheiro com flexibilidade de dez (10) dias por mês, sem juros, com o limite da conta.

Como forma de apresentar o produto ao público, a empresa espanhola contou com a memória afetiva do “Faz o 21!”, da Embratel, e introduziu a atriz Ana Paula Andrósio convidando: “Faz um SX!"

Nascido para substituir os cartões Santander Free, a nova linha vem para ser um cartão do dia a dia.

Dessa forma, acompanha as tendências do mercado e apresenta a tecnologia contactless, que permite o pagamento por aproximação.

Mas afinal, quais as outras diferenças oferecidas pelo SX?

Renda MínimaR$ 500 para correntistas
R$ 1.045 para não correntistas
AnuidadeR$ 399 reais ou 12x de R$33,25 Isento se aderir ao sistema PIX Isento com gasto mínimo de R$ 100
BandeirasVisa e Mastercard
BenefíciosPontos esfera além de descontos em lojas parceiras
Tipo de coberturaInternacional
Tabela de beneĒcios

O cartão é emitido através das bandeiras Visa e Mastercard Gold. Além disso, possui uma anuidade de R$ 399 para o titular (ou R$ 33,25 por mês) e um valor de R$ 200 para cada dependente ou conta adicional.

No entanto, a empresa inova também ao oferecer uma nova vantagem ao consumidor: sempre que o valor da fatura for igual ou maior a R$ 100, a parcela mensal da anuidade deixará de ser cobrada.

Quem sonha com um novo financiamento ou até em adquirir um console da nova geração agora vê o objetivo mais próximo da realidade

O cartão não demanda conta no banco Santander, mas oferece uma boa opção para ter anuidade gratuita permanente: basta virar correntista Santander e cadastrar seus dados como chave PIX do cartão.

É importante ressaltar que os cartões antigos não deixarão de existir. Não há alteração alguma no funcionamento deles.

A mudança mais significativa é que, ao solicitar a troca, a bandeira será substituída pela versão Gold. Ainda, ao ser solicitada uma segunda via do cartão Santander Free, uma versão SX será enviada ao usuário.

Aos interessados no cadastro, o banco ainda disponibilizou uma promoção para atrair o público: a SX do Milhão, onde um milhão de reais será sorteado aos cadastrados. E o melhor disso tudo é que para os donos do atual Santander Free, basta se cadastrar no SX para concorrer e conseguir a isenção!

Quer saber mais sobre o Santander SX e tudo que ele oferece? Clique aqui e leia mais!

Mas atenção: o período de inscrição vai até dia 31 de janeiro de 2021. Portanto, corra ao site de inscrição e faça parte!

O Pix

Com a introdução do sistema PIX nas transações nacionais, a população terá uma nova opção de pagamento contando com economia, privacidade e praticidade. Além, claro, dos modelos tradicionais — DOC, TED, cheques etc.

Tudo será feito de maneira instantânea, levando no máximo 10 segundos entre o envio e o recebimento do dinheiro. Dessa forma, não é mais preciso esperar longos dias (feriados, fins de semana, dias úteis) para ter a grana na conta.

E não é só isso: o tipo de funcionamento também mudou. Agora a disponibilidade é de 24 horas por dia, todos os dias da semana. Assim, quem quiser realizar uma operação na manhã de sábado, não precisará mais esperar até segunda-feira para ter a conclusão.

Continuar Lendo

Em Alta