Empréstimos

Como fazer empréstimo na Caixa com nome sujo

Sabia que é possível fazer empréstimo na Caixa com nome sujo? Isso mesmo, veja agora mesmo como solicitar o empréstimo mesmo estando negativado.

Anúncios

por Heloisa Trindade

Publicado em 25/02/2021

Empréstimo na Caixa com nome sujo

Empréstimo na Caixa com nome sujo (Imagem: foregon)
Empréstimo na Caixa com nome sujo (Imagem: foregon)

Fazer empréstimo na Caixa com nome sujo é uma possibilidade que poucos conhecem. Isso porque pouco se fala sobre o assunto. Grande parte das pessoas acredita que o status de negativado as impede de fazer qualquer coisa.

No entanto, isso está longe de ser verdade. Apesar de mais complicado, esse rótulo não significa o fim da sua autonomia financeira. Dessa forma, é fundamental que este tema seja mais disseminado.

Portanto, este post vai te ajudar a entender mais sobre ele. Aqui, você vai aprender como fazer empréstimo na Caixa com nome sujo. Veja como existem soluções até onde se menos imagina.

Anúncios

Empréstimo na Caixa com nome sujo sem consulta CPF

Empréstimo Caixa sem consulta CPF (Imagem: fdr)
Empréstimo Caixa sem consulta CPF (Imagem: fdr)

Atualmente, existem cerca de 60 milhões de brasileiros com nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito. O SPC e Serasa são os principais exemplos deste último.

Para se ter uma ideia mais clara, é interessante falar sobre o número de pessoas com CPF negativado. Ele representa em torno de 40% dos consumidores brasileiros.

Sem dúvidas, esse índice altíssimo prejudica diretamente o comércio, já que a aprovação de compras é mais difícil. Então, boa parte das pessoas não conseguem solicitar crédito.

Isso vale tanto para cartões quanto para empréstimos. Assim, as instituições financeiras consultam o histórico de pagamento de cada consumidor antes de aprovar qualquer coisa.

Essa é uma estratégia para se proteger de eventuais prejuízos. No entanto, nem tudo está perdido para quem tem o status de negativado. Caso você esteja precisando de dinheiro, existem formas de conseguir mais facilmente.

Desse modo, a Caixa disponibiliza 3 formas de empréstimo. Ainda, nenhuma delas faz consulta em Serasa e SPC. Os próximos tópicos vão descrever mais sobre cada um deles.

1- Penhor

Penhor (Imagem: Ederluiz)
Penhor (Imagem: Ederluiz)

Essa é portanto uma das linhas de crédito com menores taxas que existem. É uma das alternativas mais interessantes para fazer empréstimo na Caixa com nome sujo.

O penhor permite que você saia com seu dinheiro na hora. Confira alguns pontos importantes sobre ele.

  • Objetos negociados: Você pode penhorar diversos objetos. Joias, metais nobres, pérolas, diamantes e relógios são apenas alguns exemplos. Agora, fique atento, pois estes bens precisam ser originais e com valor devidamente reconhecido.
  • Exclusões: Não são aceitos como garantia elementos feitos de ouro com teor menor que 12 quilates. Isso exceto quando eles possuírem algum adorno de valor histórico ou artístico.
  • Percentual: O valor do empréstimo corresponde a uma determinada porcentagem do valor do bem. No caso, ela não pode ser maior que 85%. Porém, a Caixa está estudando subir para 90%.
  • Empréstimo: Uma das condições do penhor são os limites de empréstimo. Então, você só pode solicitar valores entre R$ 50 e R$ 100 mil.
  • Documentação: Você só precisa levar seu bem ao banco. Ainda, deve apresentar seu CPF com status regular na Receita Federal. Por último, é necessário a carteira de identidade e um comprovante de residência.
  • Encargos: A taxa de juros varia de acordo com o penhor. Então, o micropenhor possui um valor de 2% mensal. Já o normal, tem uma taxa de 2,459% ao mês. Além disso, é importante ficar atento na contratação e renovação da penhora. Isso porque são cobrados os seguintes encargos.
  1. Tarifa de risco (0,6% em cima do valor do bem);
  2. Tarifa de avaliação e renovação (0,30% a cada 30 dias em cima do valor do empréstimo);
  3. Seguro (0,055% por mês em cima do valor da avaliação).

Anúncios

Empréstimo consignado FGTS

Empréstimo consignado FGTS (Imagem: jornalcontabil)
Empréstimo consignado FGTS (Imagem: jornalcontabil)

Nesta modalidade, a parcela do valor que foi emprestado é descontada na sua folha de pagamento. Também, é uma das alternativas para fazer empréstimo na Caixa com nome sujo.

Aqui, você tem juros bem mais baixos. Afinal, o risco que o banco corre aqui também é pequeno. Além disso, no fim do período previsto para o pagamento, esse último se torna mais barato.

Desse modo, o consignado FGTS é bastante procurado quando o objetivo é quitar dívidas grandes. Ele funciona por meio do desconto automático. Então, seu salário caiu na conta e o pagamento do empréstimo já é feito em seguida.

Agora, é importante saber de uma coisa. Para conseguir essa linha de crédito, seu saldo do FGTS precisa cobrir todo o valor que você solicitou. No entanto, isso também inclui os juros e as tarifas envolvidas na transação.

Tudo isso tem que ser menor do que o valor que você tem na sua conta. Caso contrário, é mais indicado procurar outra modalidade. Além disso, o empréstimo precisa ter um juros de até 3,5% ao mês. Essa é a taxa máxima.

Quanto a parcela, ela não pode ser maior do que 30% do seu salário. É uma das formas que a Caixa tem de se proteger de possíveis prejuízos financeiros. Ainda, você precisa considerar uma questão.

Dessa forma, imagine que foi demitido por justa causa. Sendo assim, não terá direito ao saque do FGTS. Portanto, esse é um risco que se corre. Caso decida optar por essa alternativa, fique ciente de algumas regras.

Primeiro, você deve ter convênio de consignado ativo com a Caixa. Ainda, seu salário deve ser recebido em uma conta corrente neste banco. Por último, se suas dívidas são altas, vale sim a pena considerar essa opção.

Empréstimo consignado Caixa

Empréstimo consignado Caixa (Imagem: navarrocorretorabh)
Empréstimo consignado Caixa (Imagem: navarrocorretorabh)

Este tipo de empréstimo está disponível para aposentados e pensionistas do INSS. Ainda, servidores que tenham algum órgão empregador conveniado diretamente com a Caixa podem solicitar essa alternativa.

Por fim, funcionários de empresas vinculadas com o banco estão aptos para esta modalidade. Além disso, saiba que aqui, você não precisa ser correntista.

No entanto, se você tem conta salário no banco, tem alguns benefícios especiais. Assim, é possível contratar o crédito pessoal com condições mais abrangentes.

Por essa razão, muitos optam por essa forma de empréstimo na Caixa com nome sujo. Com relação às taxas de juros, elas são umas das mais competitivas hoje no mercado. Confira logo abaixo.

  • Empréstimo consignado INSS: 1,45% a.m. ou 18,89% a.a.;
  • Linha de crédito consignado privado: 1,27% a.m. ou 16,41% a.a.;
  • Empréstimo consignado público: 1,17% a.m. ou 14,93% a.a..

Um ponto que você precisa se atentar é o prazo de pagamento nessa modalidade. Assim, servidores públicos federais têm 96 meses para quitar todo seu débito.

Já quem é beneficiário do INSS tem um período de 84 meses para resolver suas pendências. Por último, funcionários de empresas privadas possuem um tempo menor, de 48 meses.

Agora, esses são os prazos limites. No entanto, você pode ficar à vontade para quitar tudo em menos tempo. Porém, é importante ter cuidado. Afinal, nesse caso, as parcelas descontadas serão mais altas.

Entenda que aqui todos os pagamentos são fixos e as parcelas possuem valores iguais. Esse padrão permanece do início ao fim do contrato. Para firmar um consignado Caixa, você tem 4 alternativas.

1- Pela plataforma Agora SIM.

2- Pelo internet banking.

3- Através de correspondentes Caixa AQUI ou ainda, por autorizados.

4- Por meio de uma agência ou através dos canais de atendimento.

Como solicitar empréstimo na Caixa com nome sujo

Como solicitar empréstimo na Caixa com nome sujo (Imagem: gpsdanoticia)
Como solicitar empréstimo na Caixa com nome sujo (Imagem: gpsdanoticia)

Ao contrário do que muitos pensam, esse não é um procedimento complicado. Claro, você precisa sempre estar atento às condições impostas.

No entanto, empréstimo na Caixa com nome sujo é mais simples do que parece. Então, confira alguns tópicos que são necessários para firmar um acordo desse tipo.

Como saber se o meu nome está sujo?

Não há vergonha nenhuma em passar por um aperto financeiro e ficar com o nome sujo. Mas, muitas vezes, você pode não saber se esse é o seu caso. Descubra agora!

1- Estabeleça qual linha de crédito é mais interessante para seu caso

Estabeleça qual linha de crédito é mais interessante para seu caso(Imagem: comocomprarumapartamento)
Estabeleça qual linha de crédito é mais interessante para seu caso(Imagem: comocomprarumapartamento)

Essa é a primeira coisa a fazer depois de procurar uma agência da Caixa ou loja conveniada. Escolher a modalidade de crédito é um passo muito importante.

Lembre dos citados acima. Cada um possui suas particularidades. Então, invista um tempo analisando elas e vendo quais se adequam às suas necessidades.

Desse modo, você não se arrepende do futuro. Ainda, não corre risco de deixar de aproveitar algum benefício interessante. Feita essa escolha, é hora de preparar a documentação. Assim, separe RG, CPF, comprovante de residência e por aí vai.

2- Aguarde a análise do seu pedido

Aguarde a análise do seu pedido (Imagem: fiveacts)
Aguarde a análise do seu pedido (Imagem: fiveacts)

Depois da solicitação, a Caixa vai precisar de um período para analisar a proposta. Isso independe do tipo de crédito que você escolheu. Só após esse tempo é que o banco dará uma resposta, podendo ela ser positiva ou não.

Também, fique atento aos requisitos para poder pedir esse auxílio. São eles: ser maior de 18 anos, não ser inadimplente e provar capacidade de pagamento.

3- Fique sempre ligado nos prazos de vencimento

Fique sempre ligado nos prazos de vencimento (Imagem: flaticon)
Fique sempre ligado nos prazos de vencimento (Imagem: flaticon)

Imagine que seu pedido foi aprovado. Então, você deve se dirigir até o local para assinar o acordo e receber o dinheiro. Assim, é nessa hora que os boletos serão entregues.

Desse modo, fique ligado no prazo de vencimento de cada parcela. É a melhor forma de evitar fazer outra dívida.

Quais as vantagens de fazer um empréstimo com o nome sujo?

Quais as vantagens de fazer um empréstimo com o nome sujo (Imagem: bxblue)
Quais as vantagens de fazer um empréstimo com o nome sujo (Imagem: bxblue)

Fazer um empréstimo na Caixa com nome sujo pode trazer algumas vantagens. Primeiro que você conta com uma taxa de juros pré-fixada.

Ela sempre será feita com base na data da contratação. Sendo assim, não haverá alterações durante o pagamento. Outro ponto interessante é sobre o IOF. Ele também é cobrado na hora em que se firma o acordo.

Sem falar que não há cobrança de tarifa de cadastro nem de boleto algum. Dentro deste cenário, conheça abaixo outros benefícios que você pode ter acesso.

1- Maior praticidade

Maior praticidade (Imagem: rondonialeiloes)
Maior praticidade (Imagem: rondonialeiloes)

Um empréstimo desse tipo pode ter vários pormenores. No entanto, o maior deles sempre será a burocracia. Aqui, todo o procedimento de solicitação e análise é muito mais simples.

Ainda, as modalidades funcionam para qualquer pessoa. Tudo sem a necessidade de ser um cliente da Caixa. Portanto, praticidade é o que define o processo de pedir um empréstimo nesse banco.

2- Conveniência

Conveniência (Imagem: Critica)
Conveniência (Imagem: Critica)

Esse tipo de serviço pode ser feito em qualquer agência. Além disso, lojas de turismo credenciadas também estão aptas para tal. Dessa forma, você pode ir ao local mais próximo da sua residência. Nada de se deslocar muito para obter o dinheiro necessário.

3- Facilidade na hora do pagamento

Facilidade na hora do pagamento (Imagem: Ecommercenapratica)
Facilidade na hora do pagamento (Imagem: Ecommercenapratica)

Tudo funciona de maneira simples. Assim, o que você tem que fazer é apenas respeitar os limites de contratação. Efetuando o pagamento nas datas corretas, você não deve ter nenhum problema.

Vale a pena pedir empréstimo na Caixa com nome sujo?

Vale a pena pedir empréstimo na Caixa com nome sujo(Imagem: Prefeituramunicipaldelages)
Vale a pena pedir empréstimo na Caixa com nome sujo(Imagem: Prefeituramunicipaldelages)

A resposta é depende. De fato, você tem uma série de possibilidades. Então, se souber aproveitá-las ao máximo, vale sim a pena fazer um empréstimo. Uma dica é sempre analisar muito bem cada modalidade.

Veja o que cada uma pode te proporcionar. Afinal, não são todas que vão corresponder às suas necessidades. Além disso, busque conversar com o credor.

Juntos, vocês podem chegar a um acordo mais interessante para ambas as partes. A Caixa é uma instituição bem versátil. Dessa forma, você não deve ter problemas em conseguir alguns benefícios.

Daí a importância de se fazer um empréstimo pessoalmente. No caso da opção online, ela também vale a pena. No entanto, saiba que as alternativas lá dispostas são bem mais automáticas.

Assim, talvez não dê para conseguir descontos ou algo do tipo. Em contrapartida, você não precisa se deslocar.

Então, é possível concluir que todas as opções são interessantes. A sua realidade é que vai ser o fator determinante para escolher a ideal.

Conclusão

Conclusão (Imagem: Portalcontabeis)
Conclusão (Imagem: Portalcontabeis)

Agora você já é um verdadeiro expert no assunto. Lembre-se de cada modalidade aqui citada. Ainda, considere os benefícios em se fazer esse tipo de acordo.

Independente do seu objetivo final, uma ajuda dessas pode te ajudar a chegar lá. Isso principalmente se você quiser quitar suas dívidas. São muitas opções e oportunidades que podem ser aproveitadas.

Além disso, não esqueça que aqui, a burocracia é bem menor. Afinal estar negativado te impede de muitas coisas. No caso da Caixa, isso não é um fator limitante para conseguir ajuda.

Por fim, você já sabe como fazer um empréstimo na Caixa com nome sujo. Agora é sua vez. Use este post para te ajudar a fazer a escolha certa. Não perca mais tempo e vá em busca dos seus sonhos.

Como solicitar o cartão Caixa Simples

Chegou a tão sonhada hora de saber como solicitar o seu cartão Caixa Simples, ótima opção para quem tem nome sujo.

Sobre o autor

Heloisa Trindade

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Conheça o programa Jovem Aprendiz Assaí

Conheça o programa Jovem Aprendiz Assaí para jovens a partir dos 18 anos, com carga horária de 4 a 6 horas e vários benefícios. Confira!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão BMG Multi

O cartão BMG Multi é exclusivo para aposentados e pensionistas do INSS. Quer saber como solicitar o seu? Confira neste artigo!

Continue lendo
content

Conheça o empréstimo pessoal Americanas

Conheça o empréstimo pessoal Americanas que tem até 70 dias para pagar e taxa de juros reduzida. Confira aqui todas as vantagens dessa linha de crédito.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça a conta à ordem EuroBic Particulares

Conheça a conta à ordem EuroBic Particulares, que não tem restrições e permite fazer créditos, solicitar cartões, contratar seguros e muito mais. Veja como ela funciona no post abaixo.

Continue lendo
content

Conheça a conta à ordem Bankinter Jovens

Com isenção em comissões e cartão e crédito disponível, a conta Bankinter Jovens é ideal para quem está entrando na vida adulta. Saiba mais sobre ela no post a seguir.

Continue lendo
content

Como abrir conta na corretora BitcoinToYou

Abra sua conta na corretora BitcoinToYou por meio do site, faça o depósito inicial e invista nas principais moedas digitais. Saiba como ter sua conta e fazer depósitos no post abaixo.

Continue lendo