Finanças

Cheque especial x Cartão de Crédito: qual a melhor opção?

Quer ver a comparação entre cartão de crédito e cheque especial para saber escolher? Então veja todos os detalhes que separamos para você

Anúncios

por Heloisa Trindade

Publicado em 05/04/2021

Cheque especial x Cartão de Crédito: saiba qual escolher

Cheque especial x Cartão de Crédito: saiba qual escolher (Imagem: Foregon)
Cheque especial x Cartão de Crédito: saiba qual escolher (Imagem: Foregon)

Quase todo mundo já fez dívidas e se complicou na hora de pagar, isso porque mais de 60 milhões de brasileiros começaram 2020 endividados. E você não quer aumentar esse número em 2021, não é? Para isso, nesses momentos é preciso ficar atento para não se endividar ainda mais.

E qual a melhor opção para pagar as dívidas? Algumas pessoas optam pelo rotativo do cartão, já outras consideram o cheque especial para pagar as dívidas.

Mas afinal, qual é a melhor opção para quitar suas dívidas nesses momentos: o cheque especial ou o rotativo do cartão de crédito? Em qual dessas opções você perde menos dinheiro nos juros?

Os juros brasileiros são os mais caros do mercado, por isso todo cuidado é pouco. Vale conferir as taxas de ambas modalidades. Também importantes mudanças foram feitas de uns anos pra cá que influenciam muito na melhor decisão que você irá tomar.

Parece uma escolha difícil já que as duas opções são famosas por seus altos juros. Mas aqui você se mantém atualizado sobre tudo do mundo financeiro, então fique tranquilo, pois você não vai sair sem uma solução. Confira!

Anúncios

O que é e como funciona o cheque especial?

O que é e como funciona o cheque especial? (Imagem: Foregon)
O que é e como funciona o cheque especial? (Imagem: Foregon)

Entender como funciona o cheque especial é muito importante, pois 52% dos brasileiros entraram na lista de inadimplência por conta dessa linha de crédito. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

E mesmo perigosa, essa modalidade é a mais acessada pela população, isso se deve à facilidade de contratação e acesso facilitado dos consumidores. Por isso, muitas vezes o cheque especial é usado para complementar a renda mensal, para emergências e também para continuar consumindo quando já não há mais saldo em conta.

O que é cheque especial?

O que é cheque especial? (Imagem: FDR)
O que é cheque especial? (Imagem: FDR)

O cheque especial ou limite pré-aprovado é uma linha de crédito que o banco disponibiliza sem você ter solicitado, a partir da abertura da sua conta corrente.

Ele funciona como um empréstimo embora o processo de avaliação e confirmação do benefício do cheque especial não seja tão complexo e burocrático como o de empréstimo. Geralmente é usado para momentos de aperto financeiro como uma solução rápida.

Também conhecido por vários outros nomes, o cheque especial além de se chamar limite pré-aprovado, é conhecido como LIS e cheque azul.

Anúncios

Como funciona o cheque especial?

Como funciona o cheque especial? (Imagem: FDR)
Como funciona o cheque especial? (Imagem: FDR)

Basicamente, ele funciona como um empréstimo automático. Isso acontece quando o cliente usa todo o dinheiro da sua conta e assim o banco disponibiliza um valor pré-aprovado para que ele não deixe de consumir. E como qualquer outro empréstimo, o cliente paga a mais pelo uso do montando.

Por exemplo, se você tem 200 reais na sua conta e precisa pagar um valor de 250 do boleto, aí entra a opção do cheque especial. Nesse caso você pode optar por usar 50 reais do seu cheque especial, mas claro pagando posteriormente com juros assim que entrar dinheiro na conta.

Quase parecido com um empréstimo, o cheque especial funciona de forma que ao optar por essa modalidade, a pessoa não recebe um contrato detalhado com todas as taxas e encargos financeiros que serão cobrados. Sendo uma opção prática e rápida de ser solicitada, por isso você corre o risco de contratar sem antes fazer um planejamento.

O limite do cheque especial é definido pela sua instituição financeira, consideradas as informações básicas dos clientes. Geralmente apenas a renda mensal e o histórico de pagamento realizados na instituição são levados em consideração.  E essa facilidade é o motivo principal dos juros do cheque especial serem os maiores do mercado.

O que é e como funciona o crédito rotativo do cartão de crédito?

O que é e como funciona o crédito rotativo do cartão de crédito? (Imagem: Foregon)
O que é e como funciona o crédito rotativo do cartão de crédito? (Imagem: Foregon)

O cartão de crédito é um ótimo apoio financeiro, podemos parcelar itens caros em muitos meses de pagamento, além disso sair de casa sem dinheiro. Porém essa modalidade pode ser um tanto perigosa se você não souber ter disciplina nas suas contas.

A partir do momento que você não paga o valor total da sua fatura no fim do mês, é aí que os seus problemas começam. Se não houver disciplina, suas dívidas podem virar uma bola de neve por conta das taxas de atraso e juros, geralmente muito altos, que o cartão cobra. Ficando cada vez mais difícil de pagar.

Pagamento mínimo do cartão de crédito vale a pena?

Se você usa cartão de crédito e se aperta na hora de pagar a fatura, veja se realmente vale a pena pagar o mínimo. Leia o texto na íntegra!

O que é rotativo do cartão

O que é rotativo do cartão (Imagem: Campo Grande News)
O que é rotativo do cartão (Imagem: Campo Grande News)

O rotativo é, portanto, um tipo de crédito que pode ser oferecido aos clientes de cartão de crédito que não conseguem pagar a fatura por inteiro – ou seja, o valor total dela. 

Quando a pessoa paga uma quantia menor que o total da fatura, o valor restante entra na fatura seguinte – e sobre este valor em aberto são cobrados juros. Basicamente entrar no rotativo significa dizer que o cliente está pagando juros sobre o valor que não conseguiu quitar.

Por isso, quando você paga o valor mínimo, por exemplo, o restante da fatura entra automaticamente no rotativo do cartão.

E mais uma vez então, os juros do rotativo estão entre os mais caros do mercado, por isso, tome muito cuidado e escolha sempre pagar sua fatura no valor total e sem atrasar.

Como funciona o rotativo do cartão?

Como funciona o rotativo do cartão? (Imagem: Valor Investe - O globo)
Como funciona o rotativo do cartão? (Imagem: Valor Investe – O globo)

Com as novas regras de cartão de crédito estabelecidas em abril de 2017, só é possível usar o rotativo do cartão uma vez por mês. Isso porque o Conselho Monetário Nacional (CMN) exige dos bancos a obrigatoriedade de transferir essa dívida para o crédito parcelado, que é uma opção de juros menores.

O rotativo parece inocente, quando você olha a fatura e vê que pode pagar um valor mínimo quase ínfimo e que não vai afetar o seu bolso, parece a alternativa correta numa dificuldade financeira. Mas a verdade é que se você não for um consumidor que se informa e não fizer uma pesquisa antes sobre as consequências desse pagamento mínimo, tudo isso pode te levar a uma emboscada

Pra você ter uma ideia, a taxa média do rotativo é divulgada todo mês pelo Banco Central. No mês de março de 2019, por exemplo, a porcentagem chegou a 298,6% ao ano. Por isso, faça o possível para não entrar no crédito rotativo e evite se meter em mais dívidas.

Quais as taxas de juros do cheque especial e do cartão de crédito?

Quais as taxas de juros do cheque especial e do cartão de crédito? (Imagem: Foregon)
Quais as taxas de juros do cheque especial e do cartão de crédito? (Imagem: Foregon)

Nada melhor então que avaliar a melhor opção para o seu bolso com base nas taxas juros. Acompanhe agora os detalhes sobre o aumento ou redução de juros nas taxas do rotativo ou cheque especial.

No ano de 2019, houve uma importante redução da taxa de juros do cheque especial. Que era de 312,6% no início do ano, mas que terminou em 302,5% em dezembro, ou seja, uma redução de 10,2%. Além disso, a regra criada pelo Banco Central no fim de novembro impôs o limite de 8% de juros ao mês no cheque especial.

Já no rotativo do cartão de crédito, ao contrário do cheque especial, houve uma alta na taxa de juros também no ano de 2019. Os juros subiram 33,5%, atingindo 318,9% ao ano, contra 285,4% no final do ano de 2018. Esse aumento fez com que a taxa de juros do rotativo se tornasse a mais alta dentre as modalidades de crédito oferecidas pelas instituições financeiras.

Já no que diz respeito a taxa de rotativo leve que é a do pagamento mínimo da fatura do cartão, houve um aumento de 19,1%. A taxa no fim de 2018 estava em 268%, já no fim de 2019 a marca registrada foi de 287,1%

Quais as diferenças entre cheque especial e crédito rotativo?

Quais as diferenças entre cheque especial e crédito rotativo? (Imagem: banco BV)
Quais as diferenças entre cheque especial e crédito rotativo? (Imagem: banco BV)

Ao saber o significado de cada um dos termos, acredito que tenha ficado difícil escolher qual o pior dos dois. Esses créditos que parecem inocentes podem te levar à inadimplência se você não tiver cuidado. Mas ainda sim vamos te mostrar qual a melhor opção para a sua necessidade.

Você já sabe que as duas modalidades possuem juros altos e existem outras modalidades de crédito mais em conta no mercado. Mas afinal, qual modalidade vale mais a pena apesar dos pesares?

Cheque especial x crédito rotativo

Cheque especial x crédito rotativo (Imagem: Canção Nova)
Cheque especial x crédito rotativo (Imagem: Canção Nova)

Você deve estar surpreso com a exorbitância do valor dos juros nessas duas modalidades. E embora você esteja surpreso com os aumentos da taxa de juros do rotativo, o cheque especial ainda assim não é a melhor opção. Isso porque os dois são os grandes vilões dessa história.

Por isso a gente não recomenda você entrar em nenhum dos dois, pois o risco de cair em maus lençóis é quase certo. Mas é claro, se você estiver confiante de que vai conseguir pagar os juros com tranquilidade e quer optar por uma modalidade rápida e automática, vá pelos juros mais baixos e utilize o cheque especial.

Porém, se você quer conhecer outras modalidades que cobrem menos juros, agora vamos te mostrar as oportunidades que tem de pagar juros menores em outras linhas de crédito.

  • Parcelamento do cartão de crédito: ao invés de entrar no rotativo o usuário pode optar pelo parcelamento do saldo que ficou em aberto na sua fatura. Essa modalidade possui taxas de 175,2% ao ano.
  • Crédito pessoal: este é um tipo de empréstimo que bancos e instituições financeiras disponibilizam a seus clientes. A aquisição pode ser feita por meio de análise da conta, como a renda do usuário. A taxa de juros é de 119,5% ao ano.
  • Crédito consignado privado: esta é uma modalidade de empréstimo, que tem as parcelas descontadas diretamente da folha de pagamento do funcionário. Possui taxa de juros de 16,6%.
  • Empréstimo com garantia de veículo: colocando o seu veículo como garantia do empréstimo, você consegue taxas muito baixas de juros de 12,5%.
  • Empréstimo com garantia de imóvel: nesse caso é o seu imóvel que entra na roda de fogo, mas com isso você consegue juros ainda mais baixos, por volta de 9,4%.

Quando usar o cheque especial?

Quando usar o cheque especial? (Imagem: Foregon)
Quando usar o cheque especial? (Imagem: Foregon)

Tire suas próprias conclusões, depois de ler esse artigo até aqui, ainda vale a pena usar o crédito especial para pagar suas dívidas?

A resposta é simples: corra para bem longe! Ainda que você passe por alguma situação de descontrole ou crise financeira e precise pedir um empréstimo para quitar as dívidas, procure uma instituição que ofereça um crédito mais barato.

Não vale a pena se enrolar em uma dívida que pode vir a se tornar uma bola de neve somente por ser uma alternativa prática e rápida. O cheque especial pode parecer prático, mas basta que você contrate para os problemas começarem.

E no fim você estará trocando uma dívida cara por outra mais cara ainda. No entanto, o melhor a se fazer nesse momento é ter controle financeiro e dinheiro guardado. Pois só assim você consegue se planejar para não depender do banco, afinal ninguém gosta de pagar juros.

Antes de gastar indevidamente tenha o hábito de guardar uma quantia todo fim do mês para um fundo de emergência. Cuide do seu dinheiro e se prepare para não ser pego desprevenido nos imprevistos.

Quando usar o cartão de crédito

Quando usar o cartão de crédito (Imagem: Foregon)
Quando usar o cartão de crédito (Imagem: Foregon)

O cartão de crédito é uma mão na roda pra vida financeira, mas que precisa ser tratado com seriedade e muita responsabilidade. Quando se trata de dinheiro não se pode brincar, por isso, não atrase suas faturas, pague sempre em dia e gaste apenas o que você ganha, nada além disso.

Portanto, o cartão de crédito só deve ser usado quando você não tem condições de pagar à vista. Por isso, opte por sempre colocar suas compras nas menores parcelas possíveis ou passar o cartão em sua opção à vista.

Pois quando você parcela uma compra em 10 ou 12 vezes você está comprometendo parte da sua renda por um período de um ano ou pouco menos disso. Mas e se nesse meio tempo sua geladeira quebrar? Vai ser possível arcar com as dívidas?

Portanto, o cartão de crédito é uma opção que deve facilitar a sua vida em uma necessidade e não complicá-la mais ainda. Portanto, utilize com responsabilidade.

Empréstimo com cheque: como funciona?

Quer emprestar um valor mas não sabe como fazer? Saiba que é possível fazer empréstimo com cheque. Veja com funciona e suas vantagens

 

 

 

 

Sobre o autor

Heloisa Trindade

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

7 opções de cartão de crédito para autônomo

Conseguir um cartão de crédito para autônomo pode ser difícil na hora de comprovar a renda. Veja agora 7 opções que facilitam esse processo!

Continue lendo
content

Financiamento Balaroti ou Financiamento Bradesco Reforma: qual o melhor?

Conheça o financiamento Balaroti ou financiamento Bradesco Reforma e entenda qual o ideal para você realizar sua reforma. Saiba mais aqui!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão de crédito Original Mastercard

Descubra como fazer o pedido de solicitação do cartão Original, que vem, a cada dia, crescendo no mercado digital e você precisa conhecer.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

9 empresas de empréstimo online para 2022

Se você precisa de um auxílio financeiro para começar o próximo ano fora do vermelho, vamos te ajudar! Confira aqui as 9 melhores empresas de empréstimo online e melhore a sua situação financeira hoje mesmo!

Continue lendo
content

Como abrir conta à ordem Millennium Serviços Mínimos

A conta à ordem de Serviços Mínimos do banco Millennium permite acessar todos os serviços bancários que são essenciais para a gestão das finanças no dia-a-dia e tem comissão de manutenção muito baixa. Veja aqui como fazer a sua.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito BRBCARD

O cartão de crédito pré-pago BRBCARD é nacional com bandeira Visa. Ele pode ser adquirido por pessoas negativadas, já que não há consulta aos órgãos de proteção ao crédito. Quer saber mais? Então, leia este post e confira!

Continue lendo