Educação Financeira

5 opções de empréstimos para quitar contrato com juros abusivos

Veja quais as 5 melhores opções de empréstimo para quitar dívidas com juros abusivos e melhorar sua vida financeira de vez!

por

Heloisa Trindade

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Contrato com juros abusivos? Saiba o que fazer!

Contrato com juros abusivos? Saiba o que fazer!
(Imagem: Juri Descomplica JusBrasil)

Quem nunca se sentiu tentado a fechar um contrato que parecia imperdível, mas por fim tinha juros abusivos? Às vezes o vendedor é tão habilidoso que consegue transformar suas propostas furadas em oportunidades imperdíveis, levando qualquer um que não esteja atento a cada detalhe à perdição.

Está cada vez mais normal que os consumidores sejam vítimas de empresas que cobram juros abusivos em seus contratos de empréstimo aparentemente “atrativos”. E além dos juros abusivos, existem uma série de outras armadilhas que podem ser encontradas em contratos bancários.

Além de estar atento a cada detalhe do que está sendo dito pelo vendedor, você precisa ler o contrato e cada cláusula com atenção ou até mesmo solicitar uma ação Revisional de Contrato.

Aqui você vai ficar sabendo dessas e outras informações importantes para não cair em juros abusivos. Além de saber o que fazer, como quitar o contrato, você vai conseguir identificar se os juros que você está pagando no seu empréstimo são abusivos. No final vamos te mostrar 5 opções de empréstimos para quitar esses contratos, para que você escolha o ideal para sua necessidade. Continue com a gente para acompanhar todos os detalhes.

E se você já estiver com problemas no pagamento de juros abusivos, fique tranquilo pois iremos te ajudar a sair dessa de uma vez por todas, basta continuar com a gente. 

O que são juros abusivos?

O que são juros abusivos? (Imagem: sangiogoadvogados)

Segundo dados de 2020 do Banco Central, o cheque especial, por exemplo, pode chegar a uma taxa de juros de 318,7% ao ano, enquanto o rotativo do cartão de crédito fica em cerca de 300,3%. Isso acontece pois as linhas de crédito ofertadas no Brasil são conhecidas principalmente por seus juros abusivos.

Em muitos casos os brasileiros pedem empréstimo para pagar suas contas e dívidas com o cartão de crédito (que possui uma das maiores taxas de juros), mas nada pode ser pior que ter que pagar juros altos e até abusivos duas vezes mais.

São cada vez mais empresas querendo de fornecer empréstimo, cada uma com uma proposta mais atrativa que a outra, mas o que acontece no final é você preso no pagamento de juros extremamente altos.

Por isso, é muito importante saber identificar quando a cobrança de juros é mais elevada do que o normal, saber fazer o cálculo das taxas e conhecer os principais cenários em que práticas abusivas correm. Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre o que são juros abusivos.

Entenda o que são juros

Entenda o que são juros (Imagem: Blog.Focalise)

Juro nada mais é do que uma remuneração cobrada em cima do valor de um empréstimo de dinheiro. Ou seja, quando você pede dinheiro emprestado a alguma instituição financeira, você vai pagar um valor maior do que pediu e assim as taxas de juros nascem.

Se trata de um percentual cobrado sobre o valor emprestado (taxa de juros) e elas existem porque quem empresta um dinheiro assume um risco de a quantia atrasar ou até mesmo que não seja recebida de volta. Dessa forma, quem empresta precisa ter a certeza de que sairá ganhando, pois o empréstimo também pode fazer com que a empresa deixe de ganhar rendimentos em investimentos, por exemplo.

O empréstimo é, portanto, um negócio que precisa valer o risco para quem cede o montante. Quem paga por esse risco é o tomador do empréstimo, na forma de juros.

Entenda o que são juros abusivos

Entenda o que são juros abusivos (Imagem: InfoMoney)

Abusivo significa “excessivo” que resulta de uma situação injusta, incorreta, indevida, imprópria. Quando a taxa de juros é abusiva significa dizer que ela é cobrada muito além do que deveria ser normal, constrangendo o consumidor e o transformando em vítima de uma injustiça.

Pode-se dizer que juros abusivos estão sendo cobrados no seu contrato quando o juro é muito maior que o necessário para cobrir o risco do empréstimo. Quando a cobrança está muito mais alta que a média prevista pelo Banco Central ou infringe o Código de Defesa do Consumidor, significa dizer que você está sendo vítima de cobranças abusivas.

Nesses casos, o cliente pode sair dessa situação optando por pagar os juros de outra instituição que seja mais em conta, levando sua dívida para outra empresa.

Como identificar juros abusivos no seu contrato de crédito?

Como identificar juros abusivos no seu contrato de crédito?
(Imagem: Marquesnovaes.Jusbrasil)

Não existe um padrão que defina quais juros são abusivos e quais não são. Mas desconfie se as taxas forem muito mais altas que a média do mercado. Então, antes de contratar um empréstimo esteja sempre atento aos valores da concorrência e pesquise com calma para sair pagando o menor valor possível.

Uma boa alternativa para se manter informado e evitar essas práticas abusivas é você consultar a média das instituições financeiras no site do Banco Central. Através dele, é possível então descobrir o valor médio dos juros aplicados em cada tipo de empréstimo.

Porém ainda assim você pode estar se perguntando “como identificar juros abusivos no meu contrato?” Um bom exemplo é o financiamento de automóveis que é recorrentemente acusado de possuir taxas abusivas de juros.

Na tabela do Banco Central conferimos que na modalidade de aquisição de veículos geralmente as taxas variam entre 0,74% e 0,36% ao mês. Porém a maior parte aplica juros entre 1,5% e 3%. Consegue distinguir? Esse é um bom comparativo para entender se o que estão cobrando a você destoa muito do mercado.

Pensando em facilitar pra você saber se está pagando ou não taxas abusivas de juros, separamos um pequeno comparativo.

  • Cheque especial – 318,7% ao ano
  • Rotativo do cartão de crédito – 300,3% ao ano
  • Parcelamento do cartão de crédito – 175,2% ao ano
  • Crédito pessoal – 119,5% ao ano
  • Empréstimo com garantia de veículo (Creditas) – 17,88% ao ano
  • Opção de empréstimo consignado privado (Creditas) – 16,06%
  • Empréstimo com garantia de imóvel (Creditas) – 11,88% ao ano

Casos comuns de cobranças abusivas

Casos comuns de cobranças abusivas (Imagem: ContextoExato)

Saiba agora os casos mais comuns de cobranças abusivas de juros:

  • Juros abusivos no financiamento de veículos: são responsáveis por parte considerável do endividamento das famílias brasileiras. Muitas vezes, existe um grande sonho de adquirir esse bem. Porém, as taxas de juros são muito altas. Fazendo então com que o valor do carro, no fim, passe a ter um valor muito maior do que o original.
  • Cobrança abusiva de juros no cartão de crédito: os juros de cartão de crédito são os mais altos do mercado. A taxa de juros pode chegar a 300% ao ano, enquanto o parcelamento do cartão de crédito alcança 175% ao ano.

Vale ressaltar então que, se atrapalhar e comprar mais do que você pode pagar com o cartão de crédito e depois não conseguir pagar o valor total da fatura pode ser um caminho difícil de percorrer.

Portanto, cuidado também com a divisão do pagamento em muitas vezes, pois isso pode te dar a falsa ilusão de que o produto não custou tão caro assim. Mas todo mês sua renda estará comprometida para quitação do valor que você parcelou e ao somar todas as parcelas de diversas compras você pode se surpreender com o valor final.

  • Taxas abusivas em empréstimos consignados: a lei do empréstimo consignado define então que a taxa de juros a ser paga no mês é de 2,08% no empréstimo consignado público. Já no privado não existe um limite preestabelecido, ou seja, a taxa de juros varia de empresa para empresa.

Mas é obrigatório que o credor informe ao cliente o custo total da operação, além dos prazos de pagamento, antes da contratação do empréstimo.

O que fazer em caso de juros abusivos?

O que fazer em caso de juros abusivos? (Imagem: MaisCredit)

Agora que você sabe identificar juros abusivos saiba como lidar com eles.

A ação Revisional de Crédito é perfeita para contornar essa situação. Pois, se trata de um processo pelo qual a revisão de todas as cláusulas é solicitada judicialmente, sendo revisados sob um parecer técnico valores referente a taxas e juros.

Esse pedido de revisão contratual atua diretamente na análise das cláusulas por meio de cálculos de juros abusivos e demais irregularidades cometidas pelo banco contratado. Dessa forma será comprovado matematicamente se as cláusulas são abusivas e prejudiciais ao consumidor, de modo que o valor da dívida seja reduzido.

Além de ter o valor reduzido o consumidor também a devolução em dobro dos valores cobrados de forma indevida. Sendo possível em alguns casos recorrer à indenização por danos morais diante das cobranças abusivas. Pois essa conduta abusiva da instituição financeira é configurada como de má-fé.

Também é válido ressaltar que a vítima pode entrar com uma ação mesmo estando com parcelas do empréstimo atrasadas. Pois, o direito de entrar com a ação revisional é adquirido desde o momento que você assina o contrato com a instituição. Bastando, portanto, que haja anormalidades no contrato.

Como quitar contrato com juros abusivos?

Como quitar contrato com juros abusivos? (Imagem: CahsMe)

Aqui você vai saber como quitar o seu contrato com juros abusivos, mas não estamos falando de pedir outro empréstimo e se enrolar ainda mais nas dívidas e taxas de juros.

Mas, sim efetuando a portabilidade de crédito, uma opção para você que não quer trocar de instituição financeira mesmo após fechar o contrato do empréstimo.

A opção da portabilidade de crédito ajuda quem quer trocar uma dívida cara por outra mais barata. Por exemplo, quando as taxas de juros do seu banco são maiores do que as da concorrência, você pode então optar por transferir essa dívida para a de outro banco. Assim, você consegue diminuir seu custo com juros por uma opção mais barata de outra instituição.

Você pode então solicitar a portabilidade de crédito a qualquer momento, alegando o motivo da mudança como qualidade no atendimento ou taxas de juros mais atrativas. Essa opção é pouco conhecida pela população e serve para gerar mais competitividade entre as instituições financeiras e melhorar as propostas para os consumidores.

5 opções de empréstimos para quitar contrato com juros abusivos

5 opções de empréstimos para quitar contrato com juros abusivos (Imagem: Xerpa)

Então, agora vamos te mostrar quais as 5 melhores opções de empréstimo para quitar contrato com juros abusivos. Continue, portanto, com a gente e confira as instituições com valores mais em conta do mercado.

Conteúdo Recomendado

Cuidado com golpe do empréstimo consignado

Se você está negativado e precisa de um empréstimo, veja agora as dicas parta não cair em um golpe e conseguir o dinheiro que precisa

Creditas

Creditas (Imagem: Creditas)

A Creditas está entre as melhores opções de crédito pessoal, pois contém juros mais baratos. Entretanto isso acontece porque a empresa solicita algum bem como forma de garantia, sendo uma casa ou um veículo.

Portanto, as taxas de juros são a partir de 0,75% ao mês com garantia de um imóvel e taxas de 1,49% ao mês tendo um veículo como garantia.

Lendico

Lendico (Imagem: FinTech)

A Lenda é uma das principais opções para você que quer contratar um empréstimo online. Essa empresa oferece taxas de juros a partir de 3,2% ao mês, o que é favorável.

Além disso, você pode fazer simulações e verificar detalhes sobre o empréstimo como número de parcelas e os juros, tudo através do site. O que te permite mais comodidade e praticidade de acessar essas informações a hora que quiser.

Dependendo da análise de crédito você pode solicitar de R$ 2.500,00 a R$ 50.000,00 reais de empréstimo para várias finalidades, pois os valores são flexíveis, podendo pagar em até 36 vezes.

Geru

Geru (Imagem: SeuCréditoDigital)

A Geru também foge de burocracias e também oferece valores que vão de R$ 2.000,00 até R$ 50.000,00 reais. Você pode pagar em até 36 vezes e as taxas de juros vão de 2% a 8,2% dependendo da análise de crédito.

Além disso, o dinheiro fica disponível em até 1 dia útil, com isso você pode sacar o valor em um banco ou correspondente bancário, com rapidez e facilidade.

Just

Just (Imagem: Konkero)

Na Just você pode pedir um empréstimo pessoal com ou sem garantia de bens, variando nas taxas de juros. Funciona assim: com garantia de veículo as taxas vão de 1,95% até 3,34% já sem garantia, o máximo de juros cobrado é até 10% ao mês, tudo dependendo da análise de crédito.

SuperSim

SuperSim (Imagem: Utua)

Na SuperSim você realiza o seu empréstimo de forma 100% online e a empresa promete o dinheiro na sua conta em até 30 minutos. O valor então está entre R$ 500,00 e R$ 2.500,00 reais podendo parcelar entre 4 a 12 vezes.

Neste caso também é possível realizar empréstimo com garantia de celular ou sem garantia, sendo cobrado no máximo juros de até 20,11% variando com a análise de crédito.

Pronto, agora você tem todas as informações importantes para buscar as melhores opções de empréstimos para quitar dívidas com juros abusivos e ajustar sua vida financeira.

Conteúdo Recomendado

Como não pagar mais contas em atraso

Se você quer aprender a deixar de pagar as contas em atraso e mudar sua vida financeira, veja agora mesmo essas dicas que temos para você

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Cartões

Conheça o cartão de crédito do Banco Pan

O Banco Pan é uma empresa que, atualmente, oferece diversos serviços, que vão desde produtos a, até mesmo, soluções financeiras.

por

Gustavo Cezar

Publicado em

| Atualizado em

Características cartão banco Pan

Então, se você não sabe nada sobre o cartão banco Pan, continue lendo o artigo e descubra suas principais características e vantagens.

O Banco Pan, assistindo ao aumento da demanda, decidiu fazer um cartão de crédito que conseguisse, mantendo uma boa qualidade, o maior número de pessoas.

O cartão, por ser relativamente novo no mercado, possui diversas características e vantagens que, atualmente, são consideradas como novas e bem desenvolvidas.

Primeiro de tudo, o cartão oferece a possibilidade de participar, caso o cliente queira, em um programa de recompensas, criado pelo próprio banco, chamado PAN Mais.

Com esse programa, será possível receber pontos, que são ganhos a cada compra feita com o cartão, e, em seguida, trocá-los por produtos ou serviços de outras lojas.

Então, esse é um programa que visa motivar seus clientes a fazer compras em lojas com o cartão para receber pontos e, depois disso, trocá-los por coisas do interesse do consumidor.

Além disso, o cartão oferece diversos descontos na hora de fazer compras.

Então, você terá a oportunidade de receber descontos, tanto para lojas físicas quanto onlines, para comprar produtos no melhor preço possível.

Essas são apenas algumas das principais características e vantagens do cartão.

Portanto, se você quiser conhecê-las melhor, continue por aqui e descubra por que o cartão do Banco Pan é um dos melhores do Brasil.

Confira, a seguir, uma tabela mostrando os principais pontos do cartão.

Taxa de anuidadeDepende do tipo do cartão
BandeiraVisa ou Mastercard
CoberturaDepende do tipo do cartão
Renda mínimaDepende do tipo do cartão
BenefíciosPAN Mais; Ofertas; Mastercard Surpreenda; Vai de Visa etc.
Características cartão banco Pan

Vantagens do cartão de crédito do Banco Pan

Como dito, o cartão oferece diversas vantagens aos seus clientes.

Então, veja, em seguida, os principais benefícios do cartão.

Aplicativo

Com o avanço da internet, muitas empresas precisaram se adaptar às novidades que surgiam. E isso não foi diferente com o Banco Pan.

Então, eles criaram este aplicativo com a finalidade de dar aos seus usuários um melhor serviço e, também, uma maior mobilidade.

O aplicativo está disponível na Google Play e na App Store. Portanto, todos os usuários do Android e da IOS terão acesso a ele.

Você pode, com o cartão, monitorar todo o seu dinheiro em tempo real, bem como controlar todas as funções de seu cartão e todas as suas faturas.

Portanto, um dos melhores pontos do cartão é a possibilidade de você baixar o aplicativo da empresa e, com ele, gerir todo o seu dinheiro e todas as suas finanças.

Bandeira Visa e Mastercard

Outro fator muito positivo do cartão são suas bandeiras, a Visa e a Mastercard. 

Atualmente, se você tiver uma dessas duas bandeiras, é muito provável que você tenha acesso a basicamente todas as lojas e estabelecimentos do Brasil e, até mesmo, do mundo.

Então, ambas as bandeiras são uma porta de entrada para você comprar todos os produtos e serviços do seu interesse.

Pensou que as vantagens que você recebe por usar essas bandeiras tinham acabado? Essa ainda não é nem a melhor parte!

Conforme foi dito, tanto a bandeira Visa quanto a Mastercard oferecem aos seus clientes um programa muito vantajoso e benéfico. 

A bandeira Mastercard oferece o programa Mastercard Surpreenda, que tem como finalidade a troca de pontos, que são ganhos a cada compra, por qualquer tipo de produto disponível na loja.

Então, quanto mais dinheiro você gasta utilizando o cartão do banco Pan, mais pontos você ganha e, por conseguinte, mais produtos você recebe “em troca”.

A bandeira Visa, por sua vez, oferece o programa Vai de Visa, que possui o mesmo esquema que o programa da bandeira Mastercard.

O programa Vai de Visa, assim como o Mastercard Surpreenda, possui o objetivo de fazer seus consumidores gastarem mais dinheiro com o cartão do banco para, depois disso, receber seus pontos e, conforme os for acumulando, gastá-los em outros produtos.

Afinal, o cartão do Banco Pan requer o pagamento de anuidade? 

Antes de tudo, aqui está a resposta: depende.

O pagamento da taxa anual varia de acordo com o seu cartão escolhido. Ou seja, você terá que pagar anuidade se o cartão que você escolheu pedir.

Tudo bem, vamos ver, em seguida, as opções de cartão que pedem a taxa e, também, os que não a requerem.

  • Cartão Básico: esse cartão não pede a taxa de anuidade e, para fazê-lo, é necessário que o usuário ganhe, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Zero Anuidade: não é exigido a taxa de anuidade e, para fazê-lo, deve-se ganhar, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Internacional: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$20,00 reais e, para fazê-lo, deve-se ganhar, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Gold: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$29,16 e, para fazê-lo, deve-se ganhar, no mínimo, R$2.500,00 reais ao mês.
  • Cartão Platinum: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$41,66 e, para fazê-lo, deve-se ganhar, no mínimo, uma renda de R$5.000,00 reais.

Porém, se você utilizar o programa Use+ Pague Menos, fornecido pelo cartão, você conseguirá zerar a anuidade do cartão Internacional, do cartão Gold e, também, do cartão Platinum.

Portanto, além de ótimas opções de cartão, você pode, até mesmo, zerar a taxa de anuidade do seu cartão.

É um benefício muito bom, não é mesmo?

Porém, os benefícios ainda não acabaram!

Demais benefícios do cartão

O cartão fornece, além de todos os benefícios acima listados, diversos recursos e atendimentos, focados, dessa vez, especialmente no cliente.

Primeiramente, é possível, utilizando o cartão, fazer investimentos. Ou seja, você poderá fazer seus aportes, com a frequência que quiser, por meio do cartão do banco.

Além disso, você consegue, por incrível que pareça, financiar seu veículo. Tudo isso usando o cartão de crédito do Banco Pan e sendo um cliente da empresa!

Também, você tem acesso, utilizando o cartão, a uma conta totalmente digital, que, consequentemente, não requer que o cliente pague uma taxa mensal ou algo do tipo.

Por fim, o cartão fornece outros serviços que são, também, muito benéficos aos seus clientes, como, por exemplo: empréstimo consignado; cartão consignado; consórcio etc.

Pronto! Essas são as principais vantagens do cartão. Vamos, agora, conhecer todos os tipos de cartão que o Banco Pan oferece!

Quais são os tipos de cartão que o Banco Pan oferece?

O cartão oferece vários tipos de cartões. Dentre eles, encontram-se os seguintes modelos: Cartão Zero Anuidade, mais conhecido como Cartão Básico; Cartão Internacional; Cartão Gold; Cartão Platinum; Cartão Consignado.

Agora, confira as características de cada tipo de cartão:

  • Cartão Zero Anuidade: essa é a opção mais básica entre os cartões fornecidos pelo Banco Pan.

Com este cartão, o cliente fica isento de pagar a taxa anual, ou seja, ele não será obrigado a pagar uma taxa, uma vez ao ano, para usar o cartão.

Também, o cartão oferece cobertura internacional. Então, você poderá comprar produtos e serviços do seu interesse que só podem ser encontrados em países do exterior.

Por fim, você pode, com o cartão, fazer saques emergenciais, parcelamento em, até mesmo, 18x e, também, solicitar vários cartões adicionais.

É uma boa, não é verdade?

  • Cartão Internacional: este cartão, diferentemente do último, requer do cliente o pagamento de uma taxa anual.

Essa taxa é, atualmente, R$20,00 reais mensais.

Porém, como já foi dito, se você fizer parte do programa Use+ Pague Menos, não será mais preciso que você pague essa taxa anual. Ou seja, você vai estar livre dela!

Além disso, você participa do programa Pan Mais, que faz um esquema de recompensas aos seus clientes.

Com esse programa, você ganha 1,2 pontos caso você tenha gastado, usando o cartão, no mínimo U$1,00 dólar.

Esse programa é o famoso cashback (“Dinheiro de volta”), que faz com que você troque uma certa quantia de pontos por produtos disponíveis na loja. 

  • Cartão Gold: a mensalidade deste cartão é, diferentemente do outro, R$29,16 reais.

Participando do programa Pan Mais, você não precisará pagar a taxa de anuidade que ele exige.

No entanto, é preciso, para fazer o cartão, ter uma renda de, no mínimo, R$2.500,00 reais.

  • Cartão Platinum: esse cartão requer uma taxa de anuidade um pouco mais alta.

É requerido que o cliente pague, por mês, uma taxa de R$41,66 reais.

Porém, participando do programa Use+ Pague Menos, você fica isento de pagar essa taxa.

Para fazer o cartão, é necessário que você ganhe uma renda mensal de, no mínimo, R$5.000,00 reais.

Por fim, você participa, também, do programa de cashback do cartão, que, por sinal, é muito bom.

  • Cartão Consignado: Se você está com o nome sujo, ou também, com crédito negativo, esta é a melhor opção de cartão para você.

Esse cartão permite que você tenha acesso a 2x o valor do seu salário.

Então, ele é uma boa opção para quem não consegue ter uma renda estável.

Peça já o seu!

Se você gostou do cartão e de suas vantagens, clique no botão abaixo e descubra como solicitar o seu.

Continuar Lendo

Em Alta