Educação Financeira

Hiperinflação, deflação e inflação: compreenda as diferenças

Hiperinflação, deflação e inflação ajudam a indicar a saúde da economia de um país e dizem muito sobre o poder de compra dos consumidores. Quer saber mais sobre esses indicadores? Então, continue a leitura e confira!

Anúncios

Veja como esses indicadores influenciam suas finanças

Saiba o que acontece quando esses indicadores estão altos. Fonte: Pexels.
Saiba o que acontece quando esses indicadores estão altos. Fonte: Pexels.

Se você quer entender mais sobre o que está acontecendo na sua vida financeira, pode ser interessante começar a conhecer melhor o significado dos termos deflação e inflação.

Os dois termos são indicadores econômicos usados para medir a saúde financeira da economia de um país, cidade ou estado.

Vilões do seu planejamento financeiro

Conheça 4 itens que podem atrapalhar seus planos.

A partir deles, é possível saber se agora é um bom momento para realizar empréstimos ou para fazer compras maiores. Também pode mostrar se estamos em um momento de muita desemprego e com a renda mensal menor.

Por isso, se você pensa em realizar uma ação financeira grande, como um financiamento ou empréstimo, é fundamental conhecer o que significa hiperinflação, deflação e inflação. Neste artigo, você conhecerá mais sobre estes termos. Confira!

O que é inflação?

Este indicador mostra quando os preços estão subindo muito. Fonte: Pexels.
Este indicador mostra quando os preços estão subindo muito. Fonte: Pexels.

Vamos começar conhecendo mais sobre a inflação, que é um termo muito falado e que tem o seu significado um pouco mais conhecido pelo povo brasileiro, já que esse indicador é muito mostrado na mídia.

Sendo assim, a inflação é um evento onde ocorre uma alta generalizada nos preços de produtos e serviços. A partir dessa alta, as pessoas acabam perdendo um pouco seu poder de compra por precisar adicionar mais dinheiro para adquirir certos itens.

Os motivos que fazem a inflação subir são muitos, mas aqui podemos destacar três fatores principais que influenciam neste indicador econômico.

Em primeiro lugar, temos as ações do governo. Assim, quando eles realizam gastos públicos sem um bom planejamento, pode ser necessário aumentar o valor de impostos para cobrir a dívida. Isso faz com que os produtos fiquem mais caros.

Em segundo lugar, tem o aumento no custo da produção de produtos. Isso faz com que o produto final acabe tendo seu valor aumentado para suprir esses gastos, fazendo o consumidor pagar mais.

Por fim, o terceiro fator que faz com que a inflação suba é a baixa produção de bens, que acaba ocasionando um desequilíbrio na relação entre oferta e demanda.  

Nesse sentido, quando as pessoas têm uma necessidade maior de comprar um produto que tem a sua produção prejudicada, o valor desse produto tende a subir.

Um exemplo desse cenário é em relação ao automóvel, que durante a pandemia acabou ficando mais caro devido a baixa produção do item.

Como a inflação impacta suas finanças?

Saiba o que é inflação e como ela pode prejudicar suas finanças.

O que é deflação?

Agora que você já sabe o que é inflação, é comum pensar que a deflação pode ser um movimento contrário dela ou até um pouco mais  benéfico. Mas, na realidade, a deflação é um fenômeno econômico negativo para as pessoas.

Sendo assim, a deflação acontece quando existe uma queda no valor de produtos e serviços no mercado. No entanto, essa queda geralmente é ocasionada quando não existem muitos consumidores para comprar aquele determinado produto.

Dessa forma, as empresas que produzem os bens acabam precisando demitir funcionários e deixar o valor dos produtos mais baixos para conseguir ter algum resultado de venda.

Porém, esse movimento acaba gerando uma alta taxa de desemprego, o que afeta diretamente a renda mensal das famílias e faz com que elas parem de consumir tanto, já que não possuem o dinheiro para pagar.

A deflação geralmente pode ocorrer quando existe uma baixa movimentação da moeda no país, fazendo com que o dinheiro circulando seja menor.

Assim, as pessoas não compram tanto e as empresas não conseguem investir em seus negócios.

O que é hiperinflação?

Por fim, o último indicador econômico que precisamos conhecer melhor é a hiperinflação, que pelo nome já é possível saber que ela significa uma inflação mais exagerada.

Sendo assim, a hiperinflação acontece quando o preço de produtos e serviços acaba subindo de forma muito rápida e fora do controle.

Dessa forma, a hiperinflação faz com que a moeda do país acabe sendo desvalorizada e o poder de compra das pessoas se torne muito menor devido aos altos preços.

Qual a diferença entre hiperinflação, deflação e inflação?

Saiba diferenciar os três termos. Fonte: Pexels.
Saiba diferenciar os três termos. Fonte: Pexels.

Em resumo, após conhecer um pouco melhor sobre a definição de cada um dos indicadores econômicos, fica até um pouco mais fácil de entender as principais diferenças entre eles.

Diferenças entre deflação e inflação

A principal diferença entre a inflação e a deflação é que uma delas provoca um preço maior nos produtos e a outra faz com que os mesmos produtos fiquem com preços menores devido à baixa demanda do mercado.

Nos dois modelos o consumidor acaba perdendo um pouco seu poder de compra. Sendo assim, na inflação ele não consegue comprar devido aos valores altos e na deflação ele não consegue comprar devido à falta de renda.

Dessa forma, esses dois indicadores acabam gerando um cenário econômico ruim tanto para quem compra quanto para quem vende.  

Nesse sentido, podemos observar que no cenário de uma inflação, as empresas até podem receber mais, porém também precisam gastar mais dinheiro na hora de investir no negócio.

Já no caso da deflação, as empresas não conseguem investir mais em seus negócios pela falta de dinheiro, o que faz com que elas precisem cortar custos e diminuir o valor de vendas dos produtos fazendo com que o lucro seja muito menor.

Diferenças entre hiperinflação e deflação

Agora, olhando para esses dois indicadores econômicos, podemos ver que a diferença entre eles são bem parecidas com as indicadas no tópico anterior.

Sendo assim, a principal diferença entre a hiperinflação e a deflação é que existe um aumento muito rápido nos preços dos produtos fazendo com que o público perca o poder de compra.

Já na deflação, acontece uma queda no preço dos produtos, porém não de forma rápida e sim um pouco mais devagar.

Diferenças entre hiperinflação e inflação

Por fim, a principal diferença entre esses dois indicadores econômicos é o tempo que eles podem acontecer.

Aqui já sabemos que a hiperinflação ocorre de forma muito rápida e exagerada provocando uma desvalorização da moeda. Nesse sentido, quando ela acontece, existem poucas ações que podemos fazer para evitá-la.

Já no caso da inflação, ela acontece de uma forma um pouco mais devagar e conseguimos enxergar esse movimento acontecendo no mercado financeiro.

Dessa forma, apesar da inflação subir o valor dos produtos e essa variação ocorrer de forma devagar, ela permite que o setor público consiga implantar ações para fazer com que ela não cresça tanto.

Se você curtiu entender melhor a diferença entre inflação, deflação e hiperinflação, pode ser super interessante continuar aprendendo mais sobre os principais indicadores da nossa economia.

Sendo assim, outro indicador bem legal para você conhecer é o PIB, que pode ajudar a entender se a economia está indo bem ou mal. Então, leia o conteúdo recomendado abaixo para conferir.

O que é PIB e para que serve?

Veja como o PIB pode influenciar a sua qualidade de vida.

Sobre o autor  /  Leticia Jordão

Olá! Sou formada em Marketing e acabei descobrindo minha paixão na área de produção de conteúdo! Hoje eu possuo experiência escrevendo sobre marketing digital e finanças pessoais onde sempre foco em entregar a informação que o público mais precisa.

Revisado por  /  Junior Aguiar

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Cartão de crédito Caixa Mulher: o que é o Caixa Mulher?

O Caixa Mulher é um programa criado pela Caixa Econômica Federal. Ele oferece cartão de crédito e é cheio de benefícios. Saiba mais aqui!

Continue lendo
content

Review cartão Bradesco DIN 2021

Veja nossa review do cartão Bradesco DIN e confira todas as vantagens deste cartão que aceita negativados. Confira mais aqui!

Continue lendo
content

5 dicas para iniciar seu controle financeiro

Há algumas formas de se iniciar o planejamento financeiro, por isso, daremos 5 dicas para iniciar seu controle financeiro.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como receber Aposentadoria por Invalidez

Caso você esteja com alguma doença ou teve um acidente de trabalho, saiba que pode receber a aposentadoria por invalidez neste período. Veja, em seguida, como pedir.

Continue lendo
content

Os 15 brasileiros ricos que perderam quase tudo

É preciso ter cuidado ao ganhar muito dinheiro para não gastar à altura. Descubra quem são os 15 brasileiros ricos que perderam quase tudo.

Continue lendo
content

Governo anuncia a concessão do benefício Auxílio Brasil a um novo grupo de brasileiros

Como forma de amparar uma parte da população brasileira em estado de vulnerabilidade social, o Governo Federal e o Ministério da Cidadania anunciaram a inclusão de mulheres grávidas no benefício Auxílio Brasil. Veja mais aqui!

Continue lendo