Dinheiro

Como negociar dívidas Caixa?

Tem dívidas com a Caixa e não sabe o que fazer? Aprenda agora como negociar dívidas com a Caixa e sair de vez do vermelho!

Anúncios

por Heloisa Trindade

23/02/2021 | Atualizado em 24/02/2021

Negociar dívidas Caixa

Negociar dívidas Caixa (Imagem: Caixa)
Negociar dívidas Caixa (Imagem: Caixa)

Muitas pessoas buscam formas de negociar dívidas Caixa. Isso porque o cenário econômico está cada vez mais complicado. Assim, surge a necessidade de amenizar os débitos.

No entanto, nem todo mundo sabe como fazer isso. Portanto, é essencial que esse assunto seja mais discutido. Só então, é possível chegar em soluções concretas para o problema.

Desse modo então, o intuito deste artigo é te ajudar nesse processo. Aqui, você vai saber tudo sobre como negociar dívidas Caixa. Veja como as coisas podem ser mais práticas do que se imagina.

Anúncios

A importância de negociar seus débitos

A importância de negociar seus débitos (Imagem: Pixabay)
A importância de negociar seus débitos (Imagem: Pixabay)

A negociação é então um esquema voltado para ajudar as pessoas que estão em uma situação mais complicada. É através dele que você consegue reduzir sua dívida.

Assim, ele engloba um conjunto de estratégias e propostas realizadas entre o credor e o endividado. Portanto, essa é a melhor alternativa para quem busca sair do vermelho e alcançar uma boa autonomia financeira.

É comum encontrar pessoas que acreditam que depois de um tempo sua dívida vai sumir. No entanto, não é bem assim que as coisas funcionam. As instituições financeiras sempre serão capazes de averiguar sua real situação.

Portanto, essa história de “deixar tudo para lá” nunca é uma boa ideia. Pode ser que você sequer consiga obter uma linha de crédito, por exemplo. Assim, o ideal é tentar resolver o problema.

A negociação portanto pode ser bem prática. Porém, ela requer que você esteja bem atento a diversos pontos importantes. São eles que vão classificar uma proposta como interessante ou não.

Os próximos tópicos vão explicar melhor que elementos são esses. Veja como você deve encarar esse processo e que aspectos devem ser mais relevantes.

Entendendo sua atual situação financeira

Entendendo sua atual situação financeira (Imagem: Pixabay)
Entendendo sua atual situação financeira (Imagem: Pixabay)

Esse é um dos pontos mais importantes para negociar dívidas Caixa. Nenhuma negociação será bem sucedida se você não estiver ciente da sua condição financeira.

Depois de entender isso é que se livra de cometer possíveis erros, como assumir um compromisso que não conseguirá cumprir. Desse modo, invista um bom tempo fazendo um esquema geral das suas finanças.

Uma dica é optar por uma planilha de custos. Assim, você deve separar os gastos fixos. Claro, todos sempre devem ser classificados como supérfluos ou essenciais.

Em seguida, dê atenção a sua renda. Quanto você recebe por mês? Ainda, caso receba algum dinheiro extra, também é importante colocar nessa avaliação.

Apesar de um pouco trabalhosa, ela vale então muito a pena. Com isso, você será capaz de separar as propostas boas das ruins. Sem falar que com esse planejamento em mãos, é possível até mesmo lançar alternativas para os credores.

Contudo, não tem como pular esse primeiro passo. Caso o faça, as chances de se cometer um erro são muito altas.

Anúncios

As dívidas mais caras devem ser seus primeiros alvos

As dívidas mais caras devem ser seus primeiros alvos (Imagem: Pixabay)
As dívidas mais caras devem ser seus primeiros alvos (Imagem: Pixabay)

Lembre que quanto maior uma dívida, maiores serão os juros em cima dela. Essa relação diretamente proporcional pode te prejudicar bastante. Dessa forma, sempre dê mais atenção a esse tipo de débito.

Uma dica é elencar todas as suas pendências. Em seguida, classifique-as em ordem de prioridade. No entanto, é importante ressaltar uma coisa. Todas as dívidas devem ser quitadas.

Muitas pessoas acreditam que ao pagar as maiores, as outras vão deixando de ter importância. Isso não só é um equívoco como pode também trazer danos ao seu status financeiro.

Portanto, monte um esquema em que seja possível se livrar de todos os débitos. A diferença é que ao fazer isso em ordem de prioridade, você economiza.

Os juros são sempre os piores inimigos dos devedores. Então, não os negligencie de forma alguma.

Negociar dívidas Caixa: conversar com os credores faz toda a diferença

Negociar dívidas Caixa: conversar com os credores faz toda a diferença (Imagem: Pixabay)
Negociar dívidas Caixa: conversar com os credores faz toda a diferença (Imagem: Pixabay)

Essa é a melhor alternativa para você e o banco chegarem em um denominador em comum. No entanto, não será possível conversar com o credor, sem ter feito o planejamento citado acima.

Digamos que você já tem total noção da sua realidade financeira. No entanto, ao entrar em contato com a instituição, ela apresentou uma proposta nada interessante.

Nesse caso, é hora de retrucar e lançar novas alternativas. A conversa nesse ponto da negociação é essencial. Lembre-se que ambas as partes estão em busca de resolver a questão. Dessa forma, é necessário que elas estejam igualmente empenhadas nessa atividade.

Portanto, ao se deparar com um cenário desfavorável, fique tranquilo. Peça um tempo para analisar o acordo. Em seguida, vá elencando algumas mudanças que o tornaria mais vantajoso para você.

Assim, apresente uma nova proposta à instituição. Isso demonstra que de fato há a intenção de quitar dívidas Caixa. Sem falar que mostra que você está ciente dos seus direitos e deveres.

Desse modo, o mediador não tem a menor chance de tentar tirar vantagem da situação. Em resumo, não tenha medo de pedir para alterar o acordo. Faça isso quantas vezes achar necessário.

Tudo precisa se encaixar dentro da sua realidade. Então, qualquer coisa fora dela lhe trará ainda mais dor de cabeça.

Apoio na hora da negociação é sempre importante

Apoio na hora da negociação é sempre importante (Imagem: Estação Litoral SP)
Apoio na hora da negociação é sempre importante (Imagem: Estação Litoral SP)

Não ache que você precisa conduzir esse processo sozinho. Existem inúmeras instituições que oferecem o amparo necessário para passar pela etapa de negociação.

Elas são chamadas de órgãos de proteção ao crédito e de defesa do consumidor. O SPC e a Serasa são os principais exemplos de integrantes desse grupo.

Assim, através deles é possível consultar todas as duas dívidas que estão dispostas no banco de dados. Também, você pode conferir contatos e canais de atendimento do credor.

Isso sem falar das soluções digitais que cada plataforma oferece. Portanto, não ignore tudo o que elas podem fazer durante esse processo de negociação. Além disso, você pode tirar dúvidas sobre um determinado acordo.

Não é novidade para ninguém que contratos costumam ter vários termos de difícil compreensão. Isso faz com que seja necessário muito cuidado antes de firmar qualquer coisa.

Por isso, é interessante ter um local onde você pode se atualizar sobre o que significa os pormenores de cada proposta. Dessa forma, negociar sozinho é muito mais complicado e totalmente desnecessário.

Negociar dívidas Caixa: encontre a melhor forma de conduzir esse processo

Negociar dívidas Caixa: encontre a melhor forma de conduzir esse processo (Imagem: Google Imagens)
Negociar dívidas Caixa: encontre a melhor forma de conduzir esse processo (Imagem: Google Imagens)

Geralmente, os credores sugerem valores e número de parcelas. No entanto, isso não é uma regra. Ao lançar uma proposta, você pode sim sugerir quanto gostaria de pagar por mês. Claro, tudo baseado no seu esquema financeiro.

Além disso, você pode fazer várias simulações de crédito para negociar dívidas Caixa. Isso ajuda a encontrar alternativas mais interessantes, com juros menores.

Agora, imagine que você não conseguiu chegar em um acordo com o credor original. Nesse caso, não precisa ficar preocupado. Existe uma opção chamada portabilidade de crédito.

Essa é uma prática muito popular dentro do mercado financeiro. Então, ela consiste em transferir uma dívida de uma instituição para outra. É uma forma muito inteligente de conseguir parcelas e juros mais baixos.

Assim, você troca um débito caro por um menos dispendioso. Essa tática permite que se livrar dessas pendências de forma mais rápida. Além disso, a portabilidade traz outro benefício.

Você pode concentrar todas suas dívidas em um só contrato. Isso permite que seja mais fácil ter um controle financeiro. Ainda, evita ter de pagar mais de uma taxa de acordo e reduz as burocracias por trás das negociações.

É como se tudo ficasse em um pacote só. Portanto, vale muito a pena considerar essa alternativa.

Como negociar dívidas Caixa: conheça as soluções

Como negociar dívidas Caixa: conheça as soluções (Imagem: Ivo Barbosa)
Como negociar dívidas Caixa: conheça as soluções (Imagem: Ivo Barbosa)

Agora, é hora de conhecer as opções que a Caixa disponibiliza para seus usuários negociarem os débitos. Inclusive, ela promete limpar seu nome em até 5 dias úteis. Veja como existem várias oportunidades que podem ser aproveitadas.

1 – Negociar dívidas

Negociar dívidas (Imagem: Lei do Inquilino)
Negociar dívidas (Imagem: Lei do Inquilino)

Esse é um ambiente totalmente virtual da Caixa. Aqui, é possível consultar seus débitos e empréstimos, financiamentos e cartões de crédito. Além disso, você consegue analisar as opções ofertadas para que sua situação atual seja regularizada.

Utilizar o Negociar dívidas Caixa é muito simples e não requer qualquer esforço. Toda a plataforma é bem intuitiva. Desse modo, você dificilmente terá dificuldades ao acessá-la. Confira agora, o passo a passo para tal.

Acessando o sistema

Acessando o sistema (Imagem: Welesson Oliveira)
Acessando o sistema (Imagem: Welesson Oliveira)

Ao entrar na plataforma, você deve inserir alguns dados pessoais. No entanto, não se preocupe, é um processo rápido. Caso já possua um cadastro, podem aparecer informações que necessitam ser atualizadas.

Então, se seu telefone não é mais o mesmo, é necessário alterar. Isso vale para e-mail e todos os outros dados. Essa mudança deve ser feita junto à sua agência de relacionamento. Assim, não deixe de fazer isso. É muito importante que a Caixa tenha seus dados corretos.

Analisando seus contratos

Acessando o sistema (Imagem: Pixabay)
Acessando o sistema (Imagem: Pixabay)

Feita a etapa de identificação, você pode conferir seus contratos. Dessa forma, os que estiverem atrasados devem ser negociados. No entanto, para isso, eles precisam estar de acordo com algumas condições.

Essas últimas são previstas para esse tipo de canal. Basicamente, deve haver uma entrada mínima de 10% sobre o valor total do débito. O saldo devedor restante só pode ser de até R$ 30 mil. Ainda, não há garantia real.

Regularizando suas pendências

Regularizando suas pendências (Imagem: vieiraxavieradvogados)
Regularizando suas pendências (Imagem: vieiraxavieradvogados)

Aqui, você deve selecionar uma data de pagamento da entrada e a quantidade de parcelas desejadas para negociar sua dívida com o banco. Então, o boleto é gerado na mesma hora.

Já os próximos, serão todos enviados para seu endereço previamente cadastrado. Por isso que suas informações precisam estar sempre atualizadas. Pronto, depois disso é só cumprir com o acordo e se livrar da dívida.

2- Aplicativos Caixa

Aplicativos Caixa (Imagem: Plantão Enfoca)
Aplicativos Caixa (Imagem: Plantão Enfoca)

A instituição disponibiliza mais de um aplicativo para que você possa acessar e encontrar as soluções que precisa. O mais interessante é que eles funcionam 24 horas durante os 7 dias da semana.

Além disso, eles funcionam tanto em Android quanto em iOS. Assim, você não fica limitado a um tipo de dispositivo.

Agora, confira que aplicativos são esses. Perceba que para escolher o ideal, é necessário levar em consideração o tipo de débito. Cada um deles executa os seguintes serviços.

App Habitação Caixa

  • Emissão de 2º via de boleto;
  • Inclusão de suas prestações para a opção de débito em conta;
  • Uso do FGTS para amortiza suas prestações em até 80%. Isso pelos próximos 12 meses;
  • Alteração de datas de vencimento.

App Cartões Caixa

  • Emissão de 2º via de boleto;
  • Alteração nas datas de vencimento;
  • Parcelamento de fatura em atraso. Isso a qualquer momento independente do débito;
  • Simulação de acordo em até 96 meses. Todas antes do vencimento da fatura;
  • Geração de carta de quitação de acordos;
  • Acompanhamento da evolução dos seus débitos;
  • Consulta e acompanhamento da sua fatura;
  • Negociação de pendências mesmo sem ter o cartão em mãos.

3- WhatsApp Caixa

Whatsapp Caixa (Imagem: Pixabay)
Whatsapp Caixa (Imagem: Pixabay)

Essa alternativa é para quem possui um contrato atrasado há mais de 30 dias. O WhatsApp dispõe de especialistas em negociação de dívidas. Assim, juntos, vocês podem discutir as melhores opções.

É uma forma prática de resolver essa questão. Isso principalmente caso prefira um contato mais rápido e direto.

4- Redes Sociais

Redes Sociais (Imagem: Pixabay)
Redes Sociais (Imagem: Pixabay)

Portanto aqui, você consegue negociar seus débitos e emitir segunda via de boletos. Ainda, é possível escolher em qual rede social deseja fazer as operações acima. As opções são, Twitter e o Messenger do Facebook.

Então, é possível conversar sobre suas pendências habitacionais ou comerciais. No entanto, fique atento aos horários de atendimento. Ainda que aconteçam via internet, ele só acontece de segunda a sexta, de 8h às 20h.

5- Centrais Telefônicas

Centrais Telefônicas (Imagem: VulcaNet)
Centrais Telefônicas (Imagem: VulcaNet)

Essa opção é para pessoas que preferem resolver suas pendências por meio de ligação. Assim, você tem acesso a mais de um contato, todos funcionando em horário comercial.

Desse modo, o atendimento é direcionado e você não perde horas no telefone. Portanto é uma das alternativas mais usadas hoje em dia. Então, caso goste de conversar pessoalmente, mas não consiga, a ligação pode resolver o problema.

6- Opções para empresas

Opções para empresas (Imagem: Jus Brasil)
Opções para empresas (Imagem: Jus Brasil)

Porém caso sua preocupação seja com dívidas da sua empresa, fique tranquilo. A Caixa possui gerentes de relacionamentos prontos para discutir a negociação. Além disso, ela permite que você trate desse assunto através dos seguintes canais.

  • WhatsApp, no período de segunda a sexta;
  • Chatbot, também de segunda a sexta.

Conclusão

Conclusão (Imagem: Fintech)
Conclusão (Imagem: Fintech)

Por fim, você já sabe tudo sobre como negociar dívidas Caixa. Portanto agora é sua vez! Use todas as informações colocadas aqui e vá em busca de regularizar sua situação financeira. Aproveite e veja como solicitar empréstimo mesmo estando negativado para limpar seu nome!

Como solicitar Empréstimo pessoal para negativado

Está precisando de dinheiro urgente mas está com o nome sujo? Fique tranquilo! Saiba mais sobre empréstimo para negativado lendo o texto na íntegra.

Sobre o autor

Heloisa Trindade

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Mais vantagens do Empréstimo Credjet

Que o empréstimo Credjet tem várias vantagens, isso não há dúvidas. Se você ainda não as conhece, então é a hora de saber mais a respeito.

Continue lendo
content

Cartão Superdigital ou Cartão Proteste: qual escolher?

Quer escolher entre cartão Superdigital ou Cartão Proteste? Pois ambos possuem bandeira Mastercard e ofertas exclusivas para você! Confira!

Continue lendo
content

Empréstimo online Egoncred: o que é o Egoncred?

Você já conhece o empréstimo online Egoncred? Não? Então continue a leitura, pois vamos te contar tudo sobre este empréstimo! Confira!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça o crédito imobiliário Creditú

Afinal de contas, o que é o Creditú e como ele pode te ajudar na realização do sonho da casa própria? É sobre isso que falamos aqui, veja!

Continue lendo
content

Auxílio Brasil cartão novo: o que mudou?

Se você ainda tem dúvidas sobre o Auxílio Brasil cartão novo, a hora de esclarecê-las é agora! Leia o post e entenda tudo sobre o assunto.

Continue lendo