Educação Financeira

Como manter o equilíbrio financeiro em 2021

Um bom equilíbrio financeiro é gastar menos do que se ganha. Tudo com educação financeira, planejamento e corte de gastos. Confira mais!

por

Aline Saes

Publicado em

ANÚNCIOS

Saiba como manter suas contas em dia

Saiba como manter suas contas em dia

Você sabe o que é planejamento financeiro? Pois ele é uma ferramenta essencial para a sua vida. Com ele é possível ter uma boa organização das suas finanças, seu orçamento doméstico, gastos, dívidas, etc. E tudo isso faz parte de um planejamento que é responsável pelo seu equilíbrio financeiro estar bom em 2021.

Assim, nós sabemos que garantir um bom planejamento e organização em sua vida financeira pode fazer toda a diferença na forma como você aproveita seu dinheiro e também em como vive. A pior coisa é mal iniciar um ano e já estar coberto de dívidas e estressado sobre como vai pagar, certo?

Então, reunimos neste artigo uma série de informações e dicas para incentivar um bom equilíbrio financeiro. Gostou? Então continue lendo pois nós vamos lhe ajudar a ter um ano diferentes e se sentir mais tranquilo com seus gastos e investimentos. Vamos lá!

O que é ter equilíbrio financeiro?

Basicamente, ter um bom equilíbrio financeiro é não gastar mais do que recebe. Ou seja, você mantém suas finanças pessoais em equilíbrio entre o que entra com sua renda mensal, e o que sai em gastos. Assim, quem evita o endividamento, está com as contas em dia e CPF sem restrições, atingiu um bom equilíbrio financeiro.

Ademais, quem está com as finanças em real equilíbrio consegue ter segurança para fazer reservas de dinheiro e até investir. Portanto, que tal conferir nossas dicas de como manter sua vida financeira em equilíbrio? Pois basta continuar sua leitura.

Como manter o equilíbrio da vida financeira?

Muitas pessoas não conseguem atingir um bom equilíbrio financeiro pois evitam o planejamento financeiro por motivos errados, como:

  • Achar que é complicado;
  • Pensar que é preciso ser um especialista para saber se organizar bem;
  • Acreditar que o planejamento financeiro não faz diferença de verdade;
  • Ver o planejamento financeiro como algo que só quem tem muito dinheiro precisa fazer.
  • Pensar que apenas quem está endividado precisa se planejar financeiramente.

E isso tudo está bem longe da realidade! Então tome as rédeas da forma como usa seu dinheiro. Entenda que a falta de planejamento é a principal causa do endividamento e da sua conta estar sempre no vermelho. Vamos mudar isso?

A principal maneira de sair desse círculo vicioso dos gastos, dívidas e da conta no vermelho é apenas através do planejamento financeiro. E para lhe ajudar, vamos começar trazendo algumas dicas de como começar o ano sem dívidas e ainda sair do vermelho em 2021. 

Até aqui você já conseguiu entender que a chave para uma mudança na forma como gasta e como investe seu dinheiro está no planejamento financeiro. Mas existem muitas ações que podem ser feitas, antes, durante e após o planejamento e que podem fazer toda a diferença!

Então nós trazemos e explicamos uma a uma as principais dicas para sair do endividamento, melhorar sua relação com o dinheiro e fugir das dívidas neste ano. Continue lendo e entenda como!

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro

Então, de maneira bem geral, para conseguir ter um bom equilíbrio financeiro, tudo começa através do seu planejamento financeiro.  Assim, para fazer isso você precisará:

  • Organizar seu orçamento doméstico;
  • Ter uma boa noção de como está seu score de crédito;
  • Saber a sua situação em relação a dívidas, tanto quitadas quanto em aberto;
  • Anotar seus gastos recorrentes e os circunstanciais, de longo prazo e curto prazo;
  • Enfim, realizar uma boa organização das suas finanças pessoais.

Dessa forma, será muito mais fácil e simples atingir uma boa saúde financeira em sua vida. Assim, você vai viver com menos estresse em relação ao seu dinheiro e suas despesas e gastos. E quem não quer viver com mais tranquilidade e equilíbrio financeiro, não é?

Conteúdo Recomendado

Como organizar suas finanças passo a passo

Organizar suas finanças pode até parecer uma tarefa simples, no entanto, é um afazer muito importante, já que a falta de organização deste pode gerar problemas seríssimos

Objetivos 

Saiba o que você pretende alcançar a partir da administração das suas finanças. E podem ser metas de longo, médio ou curto prazo.

Então, de maneira resumida, para ter boas equilíbrio financeiro com o seu planejamento, você precisa de metas bem claras, como:

  • Controlar o que entra e do que sai;
  • Estabelecer prioridades realistas;
  • Pensar em quais hábitos e atitudes devem mudar;
  • E mantenha-se sempre firme às suas metas financeiras, pense em como vai sentir quando conseguir aquilo que tanto deseja!

Reserva de emergência

Reserva de emergência

Para quem pretende fugir das dívidas de vez e alcançar o tão esperado equilíbrio financeiro, a atitude essencial de mudança deve ser começar a guardar dinheiro. Não tem melhor forma de equilibrar as suas finanças.

Agora que você fez todo o seu pré-planejamento e já começou a se planejar financeiramente em 2021 de forma mais organizada, vai ficar mais fácil saber de que forma você conseguirá guardar dinheiro.

Pois o planejamento te guia em como gastar menos, sobrando assim mais dinheiro para suas economias. E claro que quanto menos dívidas em aberto para pagar, mais dinheiro pode ser economizado ao longo do tempo.

Dessa forma, você começa a formar uma reserva de emergência no caso de alguma dívida não esperada aparecer. E para aproveitar bem essa reserva, você deve aprender mais sobre investimentos e fazer esse dinheiro render mais.

Confira algumas opções de investimentos que não exigem um valor inicial alto:

  • CDB (Crédito de Depósito Bancário), com valor inicial variável de um banco para o outro;
  • Tesouro Direto;
  • Fundos de investimentos, alguns permitem iniciar o investimento com valores muito baixos - como 50 reais;

Então, priorize seu equilíbrio financeiro através de uma reserva de emergência. Pesquise mais sobre finanças e faça seu dinheiro render mais e trazer segurança.

Quitação de dívidas

Não deixe as dívidas se acumularem e virarem uma grande bagunça e uma bola de neve, se for necessário negocie a dívida. Mas nisso o planejamento financeiro irá lhe ajudar.

Pois com a lista de seus gastos e de suas dívidas em mãos, separe aquelas que podem ser negociadas, quais podem ser quitadas, etc. Também procure trocar dívidas mais caras por opções mais baratas, assim você consegue um melhor equilíbrio financeiro enquanto paga suas dívidas.

Por exemplo, sai mais caro se endividar com o uso do cheque especial do que através do empréstimo consignado. É bom ficar de olho nesses pequenos detalhes que podem fazer toda a diferença.

Então:

  • Troque dívidas “mais caras” por similares que são “mais baratas”;
  • Verifique a taxa de juros para cada tipo de dívida;
  • Negocie as dívidas que não pode quitar de uma vez;

Cuidado com o cartão de crédito

E quem entende de organização de finanças e preza por um bom equilíbrio financeiro já sabe: compras a prazo com o cartão de crédito são grandes vilãs.

Pois as compras em muitas parcelas sempre vão facilitar que você perca o controle de suas finanças, principalmente se você já não está se organizando e não tem ideia do quanto ganha e de quanto gasta.

Então, evite sempre que possível parcelamentos. Principalmente os parcelamentos muito longos e com taxas de juros embutidas. Pois pode parecer pouco, mas a longo prazo o que vai pagar de juros pode ser bem alto.

Mas imagine que maravilha se todo esse dinheiro gasto em parcelamentos e taxas, você pudesse aplicar de outra forma mais rentável? Pois é assim que você deve pensar para manter o seu equilíbrio financeiro em dia.

Então:

  • Procure comprar sempre à vista;
  • E use o máximo que puder a opção débito, para não perder a noção dos seus gastos e ultrapassar o valor que ganha mensalmente;
  • Mas caso precise parcelar, procure por opções a curto prazo e sem taxas de juros;
  • Porém, em caso de extrema necessidade de parcelamentos longos, mantenha um controle sobre esse gasto, que se tornará mensal. 
  • Portanto, adicione as parcelas em seu planejamento financeiro, e não esqueça de que vai ter esse gasto por um certo tempo. Assim, precisa equilibrar os gastos em outras áreas.

E aí, o que achou? Pois pode parecer bobo, mas essas pequenas atitudes ao realizar compras e gastos farão toda a diferença para equilibrar as suas finanças pessoais!

Cuidado com o crédito rotativo

O crédito rotativo pode parecer uma boa opção para aliviar as dificuldades financeiras na hora de pagar sua fatura do cartão de crédito. Mas não se engane, ele irá prejudicar muito o seu equilíbrio financeiro em 2021.

Basicamente, o rotativo é aquele tipo de crédito que a instituição financeira lhe oferece a opção de pagar uma parte do valor da fatura, e parcelar o resto nas faturas seguintes.

E isso pode lhe dar a falsa impressão de alívio e pagamento da dívida, certo? Mas no final, a depender de quantas parcelas você precise dividir a sua fatura atual, você pode acabar se afundando em taxas de juros e criando mais dívidas no longo prazo.

Pois todo o valor restante da sua fatura terá uma taxa de juros sobre ele. Ou seja, quanto mais parcelas, maior fica o valor final que você irá pagar à instituição que te fornece o crédito.

Portanto, evite parcelar sua fatura do cartão de crédito! 

Mas e quem já está no rotativo?

Mas para quem já está no rotativo, é interessante pensar em:

  • Ter sempre uma exata noção de quanto você está pagando de juros e qual será o valor final a ser pago pela fatura que parcelou;
  • Adicione esse valor ao seu planejamento financeiro, para que possa reequilibrar suas finanças de modo que consiga arcar com essas parcelas e juros;
  • E em caso de realmente não dar conta de quitar o rotativo, você deve negociar a sua dívida com a instituição financeira;
  • Também, em último caso existe a opção de analisar um empréstimo com taxas de juros menores do que a do rotativo do cartão, e realizar uma solicitação. Pois se o empréstimo contar com taxas menores, vale mais quitar a dívida do rotativo primeiro.

Então, esperamos que esteja claro que a melhor estratégia para um equilíbrio financeiro é sempre evitar a todo custo cair no crédito rotativo. Assim, você perde menos dinheiro e ainda ganha mais tranquilidade, não é mesmo?

Corte de gastos

Você analisou seu padrão de gastos, suas dívidas e suas atitudes que precisa mudar ainda em 2021, certo? E um dos principais vilões do equilíbrio financeiro é o gasto por impulso. 

Pois muitas vezes são aquelas compras impulsivas online, em apps, coisas que no final nem precisávamos realmente.

Mas é claro que você não precisa deixar de gastar e se privar de pequenos prazeres. Entretanto faça isso consciente e priorizando o seu equilíbrio financeiro.

Ou seja, antes de fazer aquele gasto impulsivo, pense bem em duas coisas:

  • O gasto é realmente necessário no momento?
  • Eu tenho como pagar por isso agora ou no futuro?

Para um bom planejamento financeiro, principalmente para quem está endividado, é essencial cortar os gastos desnecessários onde puder. E não estamos falando apenas de diminuir as compras e as viagens.

É preciso reduzir os custos no dia-a-dia, tanto em casa quanto na rua. 

Corte gastos em casa

Em casa você pode:

  • Ver quais as contas de casa mais caras e de que forma podem ser diminuídas;
  • Observar gastos com aparelhos ligados sem necessidade ou durante muito tempo;

Por exemplo, se a conta de água estiver muito alta, procure tomar banhos mais rápidos e fechar sempre as torneiras ao escovar os dentes e ao lavar a louça. No caso de uma conta de luz alta, você pode apagar luzes acesas sem necessidade e desligar aparelhos eletrônicos que não precisam estar ligados na tomada o tempo todo.

Corte gastos fora de casa

Já em relação aos gastos fora de casa, você pode:

  • Avaliar os gastos com deslocamento, como o carro, combustível, transporte público, apps de transporte, etc;
  • Refletir sobre gastos com alimentação fora de casa, como restaurantes, pedidos de entrega e compras de mercado.

Sobre os gastos com deslocamento, repense se é realmente viável manter um carro, ou adquirir um novo. Para quem gasta muito com apps de transporte, pode tentar começar a usar mais o transporte público, por exemplo.

Você pode refazer sua lista de compras e encontrar produtos de marcas mais baratas, ou retirar produtos que não são realmente necessários. Também pode diminuir a ida a restaurantes e o uso de apps de entrega de comida.

Dessa forma, você irá entender onde estão os gastos que podem estar te prejudicando totalmente despercebidos. Eles podem parecer inocentes à primeira vista, mas no longo prazo são muito perigosos. Fique sempre de olho nos gastos supérfluos.

Otimização de recursos financeiros

Otimização de recursos financeiros

Caso esteja difícil chegar ao final do mês com um bom equilíbrio financeiro, você pode tentar otimizar seus recursos através de uma renda extra.

Pois existem muitas atividades autônomas e freelancer que podem trazer uma renda extra todo o mês. Assim, mesmo que seja pouco, a renda extra no longo prazo pode fazer muita diferença para manter um bom equilíbrio financeiro! 

Então, aqui vão algumas ideias para uma renda extra:

  • Revenda de produtos;
  • Artesanato;
  • Trabalho freelancer;
  • Motorista de aplicativo;
  • Entregador de aplicativo;
  • Brechós de roupas e artigos usados;
  • Utilizar aplicativos de cashback em suas compras.

Educação financeira

Educação financeira

Neste caso, você está precisando melhorar sua organização financeira pessoal. Ou seja, são suas finanças domésticas e gastos pessoais e familiares que entram no seu planejamento financeiro.

Mas tudo isso só será possível através do conhecimento que tiver sobre educação financeira. Pois somente com esses conhecimentos você saberá tomar decisões que lhe ajudem a manter suas finanças em equilíbrio até o final do mês.

Assim, o que se leva em conta para um bom equilíbrio financeiro pessoal é a forma como você organiza seus gastos e suas dívidas, em relação à sua renda. Ou seja, basicamente não perde o controle, e não deixa sair mais dinheiro do que entra. 

E também seus possíveis investimentos em instituições financeiras. Pois quem quer saúde financeira pessoal, segue uma boa organização e não perde o controle do seu dinheiro, mesmo que esteja distribuído em várias áreas.

Ou seja, quem conhece de educação financeira também tem maiores possibilidades de ter um melhor equilíbrio financeiro. Portanto, invista em você e comece a entender mais sobre suas finanças pessoais ainda em 2021.

Conteúdo Recomendado

Você conhece o seu perfil financeiro?

Perfil financeiro é um fator essencial para entender como você se relaciona com o dinheiro e define metas e objetivos. Clique e saiba mais!

Mestre em História Social pela USP. É escritora autônoma para variados assuntos. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa.

Cartões

Conheça o cartão de crédito do Banco Pan

O Banco Pan é uma empresa que, atualmente, oferece diversos serviços, que vão desde produtos a, até mesmo, soluções financeiras.

por

Gustavo Cezar

Publicado em

| Atualizado em

Características cartão banco Pan

Então, se você não sabe nada sobre o cartão banco Pan, continue lendo o artigo e descubra suas principais características e vantagens.

O Banco Pan, assistindo ao aumento da demanda, decidiu fazer um cartão de crédito que conseguisse, mantendo uma boa qualidade, o maior número de pessoas.

O cartão, por ser relativamente novo no mercado, possui diversas características e vantagens que, atualmente, são consideradas como novas e bem desenvolvidas.

Primeiro de tudo, o cartão oferece a possibilidade de participar, caso o cliente queira, em um programa de recompensas, criado pelo próprio banco, chamado PAN Mais.

Com esse programa, será possível receber pontos, que são ganhos a cada compra feita com o cartão, e, em seguida, trocá-los por produtos ou serviços de outras lojas.

Então, esse é um programa que visa motivar seus clientes a fazer compras em lojas com o cartão para receber pontos e, depois disso, trocá-los por coisas do interesse do consumidor.

Além disso, o cartão oferece diversos descontos na hora de fazer compras.

Então, você terá a oportunidade de receber descontos, tanto para lojas físicas quanto onlines, para comprar produtos no melhor preço possível.

Essas são apenas algumas das principais características e vantagens do cartão.

Portanto, se você quiser conhecê-las melhor, continue por aqui e descubra por que o cartão do Banco Pan é um dos melhores do Brasil.

Confira, a seguir, uma tabela mostrando os principais pontos do cartão.

Taxa de anuidadeDepende do tipo do cartão
BandeiraVisa ou Mastercard
CoberturaDepende do tipo do cartão
Renda mínimaDepende do tipo do cartão
BenefíciosPAN Mais; Ofertas; Mastercard Surpreenda; Vai de Visa etc.
Características cartão banco Pan

Vantagens do cartão de crédito do Banco Pan

Como dito, o cartão oferece diversas vantagens aos seus clientes.

Então, veja, em seguida, os principais benefícios do cartão.

Aplicativo

Com o avanço da internet, muitas empresas precisaram se adaptar às novidades que surgiam. E isso não foi diferente com o Banco Pan.

Então, eles criaram este aplicativo com a finalidade de dar aos seus usuários um melhor serviço e, também, uma maior mobilidade.

O aplicativo está disponível na Google Play e na App Store. Portanto, todos os usuários do Android e da IOS terão acesso a ele.

Você pode, com o cartão, monitorar todo o seu dinheiro em tempo real, bem como controlar todas as funções de seu cartão e todas as suas faturas.

Portanto, um dos melhores pontos do cartão é a possibilidade de você baixar o aplicativo da empresa e, com ele, gerir todo o seu dinheiro e todas as suas finanças.

Bandeira Visa e Mastercard

Outro fator muito positivo do cartão são suas bandeiras, a Visa e a Mastercard. 

Atualmente, se você tiver uma dessas duas bandeiras, é muito provável que você tenha acesso a basicamente todas as lojas e estabelecimentos do Brasil e, até mesmo, do mundo.

Então, ambas as bandeiras são uma porta de entrada para você comprar todos os produtos e serviços do seu interesse.

Pensou que as vantagens que você recebe por usar essas bandeiras tinham acabado? Essa ainda não é nem a melhor parte!

Conforme foi dito, tanto a bandeira Visa quanto a Mastercard oferecem aos seus clientes um programa muito vantajoso e benéfico. 

A bandeira Mastercard oferece o programa Mastercard Surpreenda, que tem como finalidade a troca de pontos, que são ganhos a cada compra, por qualquer tipo de produto disponível na loja.

Então, quanto mais dinheiro você gasta utilizando o cartão do banco Pan, mais pontos você ganha e, por conseguinte, mais produtos você recebe “em troca”.

A bandeira Visa, por sua vez, oferece o programa Vai de Visa, que possui o mesmo esquema que o programa da bandeira Mastercard.

O programa Vai de Visa, assim como o Mastercard Surpreenda, possui o objetivo de fazer seus consumidores gastarem mais dinheiro com o cartão do banco para, depois disso, receber seus pontos e, conforme os for acumulando, gastá-los em outros produtos.

Afinal, o cartão do Banco Pan requer o pagamento de anuidade? 

Antes de tudo, aqui está a resposta: depende.

O pagamento da taxa anual varia de acordo com o seu cartão escolhido. Ou seja, você terá que pagar anuidade se o cartão que você escolheu pedir.

Tudo bem, vamos ver, em seguida, as opções de cartão que pedem a taxa e, também, os que não a requerem.

  • Cartão Básico: esse cartão não pede a taxa de anuidade e, para fazê-lo, é necessário que o usuário ganhe, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Zero Anuidade: não é exigido a taxa de anuidade e, para fazê-lo, deve-se ganhar, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Internacional: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$20,00 reais e, para fazê-lo, deve-se ganhar, pelo menos, um salário mínimo.
  • Cartão Gold: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$29,16 e, para fazê-lo, deve-se ganhar, no mínimo, R$2.500,00 reais ao mês.
  • Cartão Platinum: requer uma taxa de anuidade de 12x de R$41,66 e, para fazê-lo, deve-se ganhar, no mínimo, uma renda de R$5.000,00 reais.

Porém, se você utilizar o programa Use+ Pague Menos, fornecido pelo cartão, você conseguirá zerar a anuidade do cartão Internacional, do cartão Gold e, também, do cartão Platinum.

Portanto, além de ótimas opções de cartão, você pode, até mesmo, zerar a taxa de anuidade do seu cartão.

É um benefício muito bom, não é mesmo?

Porém, os benefícios ainda não acabaram!

Demais benefícios do cartão

O cartão fornece, além de todos os benefícios acima listados, diversos recursos e atendimentos, focados, dessa vez, especialmente no cliente.

Primeiramente, é possível, utilizando o cartão, fazer investimentos. Ou seja, você poderá fazer seus aportes, com a frequência que quiser, por meio do cartão do banco.

Além disso, você consegue, por incrível que pareça, financiar seu veículo. Tudo isso usando o cartão de crédito do Banco Pan e sendo um cliente da empresa!

Também, você tem acesso, utilizando o cartão, a uma conta totalmente digital, que, consequentemente, não requer que o cliente pague uma taxa mensal ou algo do tipo.

Por fim, o cartão fornece outros serviços que são, também, muito benéficos aos seus clientes, como, por exemplo: empréstimo consignado; cartão consignado; consórcio etc.

Pronto! Essas são as principais vantagens do cartão. Vamos, agora, conhecer todos os tipos de cartão que o Banco Pan oferece!

Quais são os tipos de cartão que o Banco Pan oferece?

O cartão oferece vários tipos de cartões. Dentre eles, encontram-se os seguintes modelos: Cartão Zero Anuidade, mais conhecido como Cartão Básico; Cartão Internacional; Cartão Gold; Cartão Platinum; Cartão Consignado.

Agora, confira as características de cada tipo de cartão:

  • Cartão Zero Anuidade: essa é a opção mais básica entre os cartões fornecidos pelo Banco Pan.

Com este cartão, o cliente fica isento de pagar a taxa anual, ou seja, ele não será obrigado a pagar uma taxa, uma vez ao ano, para usar o cartão.

Também, o cartão oferece cobertura internacional. Então, você poderá comprar produtos e serviços do seu interesse que só podem ser encontrados em países do exterior.

Por fim, você pode, com o cartão, fazer saques emergenciais, parcelamento em, até mesmo, 18x e, também, solicitar vários cartões adicionais.

É uma boa, não é verdade?

  • Cartão Internacional: este cartão, diferentemente do último, requer do cliente o pagamento de uma taxa anual.

Essa taxa é, atualmente, R$20,00 reais mensais.

Porém, como já foi dito, se você fizer parte do programa Use+ Pague Menos, não será mais preciso que você pague essa taxa anual. Ou seja, você vai estar livre dela!

Além disso, você participa do programa Pan Mais, que faz um esquema de recompensas aos seus clientes.

Com esse programa, você ganha 1,2 pontos caso você tenha gastado, usando o cartão, no mínimo U$1,00 dólar.

Esse programa é o famoso cashback (“Dinheiro de volta”), que faz com que você troque uma certa quantia de pontos por produtos disponíveis na loja. 

  • Cartão Gold: a mensalidade deste cartão é, diferentemente do outro, R$29,16 reais.

Participando do programa Pan Mais, você não precisará pagar a taxa de anuidade que ele exige.

No entanto, é preciso, para fazer o cartão, ter uma renda de, no mínimo, R$2.500,00 reais.

  • Cartão Platinum: esse cartão requer uma taxa de anuidade um pouco mais alta.

É requerido que o cliente pague, por mês, uma taxa de R$41,66 reais.

Porém, participando do programa Use+ Pague Menos, você fica isento de pagar essa taxa.

Para fazer o cartão, é necessário que você ganhe uma renda mensal de, no mínimo, R$5.000,00 reais.

Por fim, você participa, também, do programa de cashback do cartão, que, por sinal, é muito bom.

  • Cartão Consignado: Se você está com o nome sujo, ou também, com crédito negativo, esta é a melhor opção de cartão para você.

Esse cartão permite que você tenha acesso a 2x o valor do seu salário.

Então, ele é uma boa opção para quem não consegue ter uma renda estável.

Peça já o seu!

Se você gostou do cartão e de suas vantagens, clique no botão abaixo e descubra como solicitar o seu.

Continuar Lendo

Em Alta