Educação Financeira

O oposto de guardar dinheiro é gastar dinheiro?

É preciso entender como e quando gastar dinheiro e guardar dinheiro sem que isso se torne prejudicial às suas finanças. Clique e saiba mais!

Anúncios

por Aline Saes

Publicado em 31/05/2021

Devo poupar ou gastar meu dinheiro?

Devo poupar ou gastar meu dinheiro?
Devo poupar ou gastar meu dinheiro?

Uma grande dúvida que a maioria das pessoas tem quando o assunto é finanças pessoais se relaciona com o equilíbrio entre gastar dinheiro e guardar dinheiro. Ou seja, muitas ainda não sabem muito bem quando fazer um ou outro, e nem de que forma fazer as duas coisas ao mesmo tempo!

Pois nós sabemos que é muito difícil atualmente resistir aos impulsos consumistas de gastar dinheiro sem pensar no futuro. Mas também há quem não consiga aproveitar lazer e entretenimento porque acha que precisa guardar dinheiro a todo custo, o tempo todo.

Mas não é bem assim! Pois é bem possível atingir um equilíbrio saudável entre as duas coisas, melhorando todo o gerenciamento das suas finanças. Então, se você também sofre com essas dúvidas sobre gastos e reserva de dinheiro, não se preocupe mais!

Assim, basta continuar sua leitura e conferir tudo o que trouxemos de informações para você sobre isso! Pois vai ficar muito mais fácil entender quando é preciso guardar dinheiro e quando é possível gastar dinheiro.

Então, fique com a gente e descubra mais! Vamos lá?

Anúncios

O que é guardar dinheiro?

O que é guardar dinheiro?
O que é guardar dinheiro?

Nós guardamos dinheiro quando conseguimos fazer uma reserva financeira. Ou seja, quando pegamos uma parte da nossa renda mensal e a guardamos de alguma forma, seja na poupança, fundos de investimento, ativos de investimento em renda fixa, etc.

Assim, afirmamos sempre aqui no Senhor Panda como é importante se planejar financeiramente para conseguir guardar dinheiro e fazer uma reserva financeira de emergência. 

Mas também é possível guardar dinheiro pensando em investir, ou mesmo em um gasto a longo e médio prazo que você deseja muito fazer. Ou seja, guardar dinheiro é poupar uma parte da sua renda, fazendo um planejamento para isso, todos os meses com um objetivo para isso.

Entretanto, há quem acabe se empolgando na hora de planejar como vai poupar seu dinheiro, e até quem tenha vício em guardar. Assim, o que era para ser positivo acaba se tornando um hábito nada saudável.

Pois nem só de guardar dinheiro as pessoas vivem, não é mesmo? Então, que tal a gente entender um pouco mais sobre o que é gastar dinheiro? Mas seriam eles coisas opostas?

Vamos descobrir a seguir!

O que é e como fazer uma reserva de emergência?

Você sabe o que é e qual a importância de criar uma reserva de emergência? Saiba agora e não fique no vermelho

O que é gastar dinheiro?

image

Basicamente, um momento de gastar dinheiro é quando você está usando sua renda mensal para consumir serviços ou produtos que não são essenciais. Ou seja, após você quitar suas dívidas, contas e outras despesas essenciais como alimentação, educação, saúde, etc.

Então, quando você já supriu todas as necessidades essenciais mas ainda está usando a sua renda, você está gastando dinheiro extra. Assim, gastar dinheiro é aquele momento de prazer em adquirir algo novo, um lazer, um prazer do cotidiano.

Mas é claro que é impossível viver sem gastar com essas coisas, não é mesmo? Pois todos nós sabemos que não tem como passar a vida apenas economizando e gastando dinheiro com o essencial.

O problema começa quando o ato de gastar dinheiro se torna algo automático e sem pensar. Assim, por exemplo, se você começa a prejudicar o seu orçamento mensal com seus gastos extras, você já está levando o ato de gastar a um nível que não é mais saudável para você.

Anúncios

E então: é a mesma coisa?

Agora que já falamos um pouco sobre o que é essencialmente o ato de gastar dinheiro e guardar dinheiro, vem a pergunta principal: eles são a mesma coisa, ou opostos? Bem, basicamente, são coisas que se conectam.

Mas não são nem a mesma coisa e nem essencialmente opostos. Pois você pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo, de maneira equilibrada e sem excessos. Por exemplo, não se torne um poupador tão rígido que deixe de curtir as coisas boas e prazerosas que somente ao gastar dinheiro podemos adquirir.

Uma viagem, roupas novas, um jantar em um restaurante novo. Tudo isso faz parte do nosso cotidiano e dos pequenos prazeres da vida. Mas, não se pode pecar pelo excesso, não é mesmo?

Assim, nem tanto gastar e nem tanto guardar, mas ambos e de maneira eficiente e planejada. Ou seja, não se torne mão de vaca demais e nem mão aberta demais, entende? Pois é preciso uma dose de prazer e de responsabilidade, na mesma medida.

Então, quando for gastar, faça isso com consciência de quando isso não será prejudicial para suas finanças. Ademais, da mesma maneira tenha consciência de quando estiver exagerando tanto nos cortes de gastos para guardar dinheiro, que já não aproveita as coisas que gostava de fazer e de comprar antes.

Mas se esse equilíbrio ainda ficou complexo de entender na prática, não se preocupe. Pois vamos falar detalhadamente de quando se deve gastar dinheiro e quando guardar, para que fique mais simples de entender.

Então, continue com a gente e descubra!

Quando gastar dinheiro?

Aqui no Senhor Panda gostamos de falar sobre como é importante investir em sua própria educação financeira. Dessa forma, você tem o controle do seu orçamento e começa a tomar melhores decisões em relação ao seu dinheiro.

Então, a maneira como você gasta a sua renda mensal também é diretamente afetada pela sua organização e planejamento financeiro. Ou seja, a sua educação financeira influencia os seus hábitos na hora de gastar, e de que maneira eles evoluem ao longo do tempo.

Pois é! Nós mudamos, e nossos hábitos ao gastar dinheiro também. Então, vamos entender quando e de que maneira devemos pensar nossos gastos para gerenciar o dinheiro da melhor forma, sem cair em dívidas ou ficarmos negativados, não é mesmo?

Saiba suas prioridades

Quando for pensar em gastar, tenha em mente quais são suas prioridades no momento. Pois, às vezes, aquela promoção de camisetas está realmente muito boa, mas a sua prioridade é gastar no conserto do carro.

Basicamente, concentre sua atenção, energia, e seus gastos, no que é mais importante no momento. Mas não estou falando dos gastos essenciais, e sim daqueles que, após o essencial, são a prioridade.

Então, no exemplo que demos, pode até ser que a pessoa precise de camisetas novas, mas o carro estar funcionando corretamente é uma prioridade maior para ela. Entendeu? Assim, recomendamos que separe um momento para organizar suas prioridades sempre que perceber que está gastando muito.

Frequência e valor

Observe com que frequência você gasta com as mesmas coisas, e qual é o valor. Assim, vai perceber quando é a hora de cortar determinados gastos e começar a controlar melhor o seu dinheiro.

Controle financeiro

Por último, gaste seu dinheiro com controle financeiro. Ou seja, você consegue gastar dinheiro de maneira organizada e com controle, curtindo experiências e lazer, compras, etc, mas sem perder a noção e acumular dívidas perigosas.

Ok, já entendemos bem quando e como gastar dinheiro de maneira eficiente e saudável. Mas e quando guardar? Pois continue lendo e saiba mais.

Quando guardar dinheiro?

Para quem gosta de gastar, é essencial que também tenha a responsabilidade de gerenciar bem a forma como guarda dinheiro. Pois é, não adianta apenas controlar seus gastos, é preciso ter um bom entendimento de quando guardar também.

Mas como? Bem, basicamente a educação financeira vai lhe ajudar com isso, através de um bom planejamento. Pois dessa forma você consegue se entender, saber qual é o seu perfil de gastos, o quanto entra e o quanto sai.

Assim, defina metas para as suas economias, objetivos para o dinheiro que está guardando. Pois é só uma reserva de emergência, ou é para comprar um carro, pagar uma universidade? E por aí vai.

Pois quando guardar dinheiro se torna algo que faz sentido para a gente, por ter um fim específico, fica mais fácil e até prazeroso começar a guardar. Ademais, pense sempre no futuro, no seu eu futuro.

Então, como você se vê daqui a 20 ou 30 anos? Pois pode parecer bobagem, mas é preciso ter o cuidado de pensar na sua situação futura, que depende diretamente das suas decisões de agora em relação ao seu dinheiro.

Assim, pense em tudo isso, se faça um bom planejamento financeiro para o seu presente, entendendo como guardar dinheiro para o seu futuro. Pode parecer complexo, mas não é! E pode ter certeza que você vai ficar grato lá na frente. 

Como encontrar um equilíbrio entre guardar e gastar dinheiro?

Como encontrar um equilíbrio entre guardar e gastar dinheiro?
Como encontrar um equilíbrio entre guardar e gastar dinheiro?

Como dissemos, guardar dinheiro e gastar dinheiro não são coisas opostas e nem iguais. Mas ambas dependem da sua educação financeira e dedicação a si mesmo! Ou seja, é preciso refletir e entender melhor a sua relação com o dinheiro.

Pois somente assim será possível entrar em equilíbrio entre os gastos e as economias. Assim, aprenda sobre a sua realidade financeira, reveja a forma como gasta dinheiro, mas também não crie ansiedade excessiva sobre a necessidade de guardar dinheiro.

Ou seja, tenha o controle sobre o seu orçamento, tenha limites claros para seus gastos, crie metas e saiba ter prioridades com o seu dinheiro. Assim, vai conseguir ir ajustando o seu orçamento doméstico, enquanto equilibra seus gastos e economias todos os meses.

Então, o gerenciamento das suas finanças através desse tipo de planejamento vai se tornando cada vez mais um hábito em seu cotidiano. Assim, não desista, dedique-se a você e a sua rotina com o dinheiro, e vai colher os frutos no seu dia-a-dia e também no futuro!

Mas lembre-se: a educação financeira é a chave para encontrar esse equilíbrio, sem ela, fica muito complicado entender a sua relação com o dinheiro. Então, não deixe para depois e comece a investir em si mesmo e no seu conhecimento sobre finanças ainda hoje.

Assim, confira nosso conteúdo aqui no portal Senhor Panda, pois com certeza você vai encontrar um artigo para lhe ajudar nos assuntos de gastos e economias de dinheiro, certo? Então, esperamos ter ajudado e até logo!

Como não desperdiçar dinheiro em 2021?

Está cansado de desperdiçar dinheiro e ver a vida afundar? Então veja 5 dicas importantes para evitar ficar no vermelho em 2021.

Sobre o autor

Aline Saes

Mestre em História Social pela USP. É escritora autônoma para variados assuntos. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Empréstimo pessoal Meu Tudo: o que é e como funciona

O empréstimo Meu Tudo conta com taxas reduzidas a partir de 1,29% ao mês e é ideal para quem está negativado. Confira mais aqui!

Continue lendo
content

Cursos grátis do Google: como se inscrever

Você quer melhorar o seu currículo? Então, conheça neste post 10 opções de cursos grátis do Google online que podem alavancar sua carreira.

Continue lendo
content

Financiamento com score baixo em 2022

Financiar uma casa ou um veículo é um sonho para muita gente. Mas como fazer financiamento com score baixo? Vamos te mostrar neste artigo!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça o Crédito Pessoal Abanca

Quer para si um crédito de até 75.000€ a 84 meses com taxa fixa durante todo esse tempo? Se sim, conheça o Crédito Pessoal Abanca e aproveite as suas vantagens. Confira!

Continue lendo
content

Cartão de crédito Pan Mastercard Internacional: como funciona

Conheça o cartão Pan Mastercard Internacional e descubra suas vantagens, como o programa Pan Mais. Além disso, o cartão é emitido pelo Banco Pan e tem cobertura internacional. Confira mais detalhes aqui!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Unibanco Atitude

Se você mora em Portugal, que tal solicitar o cartão Unibanco Atitude? Ele oferece muitas vantagens para os clientes, como programa de pontos, programa de cashback, pagamento por aproximação e isenção de anuidade. Leia o nosso post e confira o processo de solicitação.

Continue lendo