Empréstimos

Como funciona a portabilidade de crédito?

Não sabe como negociar e diminuir os juros de uma dívida ativa? Conheça a portabilidade de crédito e equilibre sua vida financeira outra vez!

Anúncios

por Heloisa Trindade

Publicado em 10/02/2021

Entenda o que é portabilidade de crédito

Como funciona a portabilidade de crédito? (Imagem: Melhor taxa)
Como funciona a portabilidade de crédito? (Imagem: Melhor taxa)

A portabilidade de crédito é uma das operações de crédito mais interessantes para quem busca autonomia financeira. Isso vale inclusive, para pessoas que possuem o “nome sujo”. No entanto pouco se fala sobre o que ela é e de tudo o que pode fazer.

Dessa forma, o objetivo deste artigo é te deixar por dentro de tudo sobre o assunto. Veja como essa é uma excelente alternativa para realizar suas transações.

Anúncios

O que é a portabilidade de crédito?

O que é a portabilidade de crédito? (Imagem: Ana Maria - Uol)
O que é a portabilidade de crédito? (Imagem: Ana Maria – Uol)

Esse termo se refere à transferência de algo. No caso, ela te ajuda a trocar uma dívida cara por uma mais barata. Vamos pegar por exemplo as taxas de juros do seu banco.

Digamos que elas estão bem mais altas que a de outros concorrentes. Assim, é possível passar essa dívida para outra instituição. Como consequência, você paga um valor menor no final.

Então, você pode fazer isso com empréstimos, financiamentos e por aí vai. É uma quebra de contrato que visa um gasto desnecessário. Agora, se acha que isso é bom demais para ser verdade, calma.

Essa é uma transação devidamente regulamentada pelo Banco Central do Brasil. Além disso, ela pode ser feita por qualquer tipo de pessoa, tanto física quanto jurídica.

Um fato interessante sobre essa operação, é que ela aumentou a competitividade entre os bancos. Afinal, quem possui menor taxa de juros ganha o cliente.

Isso sem dúvida é uma grande vantagem para quem busca economizar. Desse modo, enquanto o mercado compete, você ganha um leque de propostas cada vez mais interessantes.

Além disso, essa não é a única razão pelo qual pessoas buscam a portabilidade de crédito. O atendimento também conta bastante. No entanto, poucos sabem que essa operação pode ser solicitada a qualquer instante.

Os próximos tópicos vão te ensinar como fazer isso. No decorrer da leitura, será possível compreender todas as vantagens envolvidas nesse processo.

Como funciona a portabilidade de crédito?

Veja como funciona a portabilidade de crédito? (Imagem: Pixabay)
Veja como funciona a portabilidade de crédito? (Imagem: Pixabay)

Para saber como é o esquema de funcionamento dessa operação, acompanhe o passo a passo a seguir. Ao decidir que quer transferir o crédito, você precisa ficar atento a alguns pontos importantes. Assim, é mais fácil evitar imprevistos indesejados.

Passo 1

Aqui, é hora de comparar todas as taxas de juros. Para tal, é necessário fazer as devidas simulações em diversas empresas. Claro que, o valor do empréstimo jamais deve variar. Só dessa forma se consegue um cenário mais próximo da realidade.

Além disso, você também deve prestar atenção ao Custo Efetivo Total (CET). Isso tendo em vista que esse último também pode interferir no valor final a ser quitado.

Passo 2

Feito essas comparações, você pode escolher qual o melhor banco para efetuar a transferência. Então, é necessário começar os processos visando esse objetivo. Para isso, solicite alguns dados sobre sua dívida. Veja quais são eles logo abaixo.

  • Número do contrato;
  • Demonstrativo da evolução do saldo devedor;
  • Sistema de pagamento;
  • Saldo devedor atualizado;
  • Taxa de juros anual, tanto nominal quanto efetiva;
  • Modalidade de crédito;
  • Valor de cada prestação;
  • Prazo total e prazo remanescente;
  • Período do último vencimento da transação.

Passo 3

Lembre-se que essa operação é um direito seu. Assim portanto, seu banco tem obrigação de passar as informações acima. Porém, uma empresa não tem o compromisso de aceitar sua transferência.

Desse modo então, converse com ela antes de tudo. O ideal é que o esquema seja vantajoso para ambas as partes. Apresentado os dados necessários, a instituição irá avaliar seu caso. Sendo aprovado, é só começar a portabilidade de crédito.

Anúncios

Existem custos neste tipo de transação?

Existem custos neste tipo de transação? (Imagem: Melhor Taxa)
Existem custos neste tipo de transação? (Imagem: Melhor Taxa)

Essa é uma questão que não há como prever. Cada empresa possui seu mecanismo de funcionamento e políticas próprias. Portanto, a taxa varia entre elas.

Assim, o mais indicado é que você não tome nenhuma decisão sem antes consultar esse ponto. Além disso, não esqueça de avaliar a sua capacidade de pagamento. Então, o recomendado é que ela não seja mais do que 30% do seu salário.

Outro ponto importante é sobre os casos de desistência. A operação pode sim ser cancelada a qualquer instante. No entanto, apenas antes que o novo banco pague a instituição de onde vem a dívida originalmente.

É por essa razão que jamais você deve dar prosseguimento a isso se não tiver certeza. Depois deste período, não é mais possível voltar atrás.

Busque um negócio vantajoso para você

Busque um negócio vantajoso para você (Imagem: Suno Research)
Busque um negócio vantajoso para você (Imagem: Suno Research)

Na hora de escolher uma portabilidade, o passo 1 é portanto o mais importante. Comparar as taxas de juros deve ser sempre sua prioridade. Lembre-se que tudo tem que estar a seu favor.

Depois que decidir, leia o contrato antes de formalizar. Se atente aos mínimos detalhes. Qualquer ponto merece atenção. Isso principalmente quando se fala de possíveis tarifas embutidas.

A portabilidade se refere à aplicação do juro em cima do saldo da conta. Assim, não se tem IOF entrando na equação. Mesmo assim, tudo isso deve ser questionado e esclarecido.

Além disso, em muitos casos não é nem necessário abrir conta no novo banco. Situações de financiamento de veículos são bons exemplos. No entanto, em alguns cenários será preciso realizar esse processo.

É aí que você deve ter cuidado. Fique alerta a taxas cobradas, limite de cheque especial e por aí vai. Muitas pessoas não levam em conta essas questões e acabam se arrependendo futuramente.

Agora, digamos que está tudo certo e sua portabilidade já foi concretizada. Toda a operação de pagamento será conduzida pela nova instituição. A quitação da sua dívida com o banco original será feita entre 5 e 7 dias.

Assim, o dinheiro não vai passar pela sua conta. Dessa forma, nessa transação não há qualquer custo que você deva arcar. Caso seja informado do contrário, é importante entender as razões por trás disso.

Quem pode solicitar a portabilidade de crédito?

Quem pode solicitar a portabilidade de crédito? (Imagem: Foregon)
Quem pode solicitar a portabilidade de crédito? (Imagem: Foregon)

Basicamente qualquer pessoa. Você, como cliente, precisa possuir um empréstimo vigente em uma instituição financeira. Essa última deve estar cadastrada no Sistema Financeiro Nacional, SFN.

Porém, se você possui contrato de leasing, é necessário cuidado. Isso porque existe um prazo mínimo previsto para pedir a portabilidade de crédito.

Também, você pode solicitar essa operação caso possua crédito consignado. É uma alterativa especial para pensionistas, servidores públicos e aposentados. Assim, qualquer trabalhador de carteira assinada pode usufruir dos benefícios que ela oferece.

Bancos que aceitam operações de portabilidade de crédito

Bancos que aceitam operações de portabilidade de crédito (Imagem: Meliuz)
Bancos que aceitam operações de portabilidade de crédito (Imagem: Meliuz)

Existem inúmeras instituições que realizam esse procedimento. Essa diversidade é um fator positivo. Assim, você tem mais opção para escolher a que mais se adequa as suas possibilidades. Conheça agora, algumas delas.

Caixa Econômica Federal

Caixa Econômica Federal (Imagem: Caixa)
Caixa Econômica Federal (Imagem: Caixa)

Esse banco é conhecido por suas taxas e tarifas baixas. Isso sem falar nas excelentes condições ofertadas a cada cliente. É uma boa alternativa para se considerar fazer esse tipo de transação.

Itaú

Itaú (Imagem: Itaú)
Itaú (Imagem: Itaú)

Uma opção perfeita para qualquer pessoa física. O Itaú oferece então diversas condições para quem busca diminuir sua dívida. Além disso, esse banco facilita o procedimento para abertura de contas.

Portanto, se for da sua vontade, não terá nenhum problema quanto a isso. Além disso, essa instituição permite que tudo seja feito virtualmente, sem sair de casa.

Safra

Safra (Imagem: Banco Safra)
Safra (Imagem: Banco Safra)

O Safra é um dos bancos com maiores burocracias para solicitação de portabilidade. Isso já começa no atendimento. Assim, você deve entrar em contato com o gerente ou com a central.

Santander

Santander (Imagem: Santander)
Santander (Imagem: Santander)

Aqui, tem-se uma das alternativas mais interessantes dessa lista. O Santander traz uma inovação muito legal, a possibilidade de troco. Então, você pode refinanciar seu contrato e ainda receber algum dinheiro em cima disso.

Bradesco

Bradesco (Imagem: Bradesco)
Bradesco (Imagem: Bradesco)

Mais um banco que segue o procedimento padrão para solicitantes de portabilidade. Sendo assim, não existem muitas alterações no protocolo. Geralmente, o Bradesco finaliza o processo em até 5 dias úteis.

Banco do Brasil

Banco do Brasil (Imagem: Banco do Brasil)
Banco do Brasil (Imagem: Banco do Brasil)

Aqui, você pode fazer então sua portabilidade de forma totalmente virtual. O aplicativo do banco permite que sejam feitas diversas simulações antes de fechar qualquer acordo.

O Banco do Brasil optou por fazer isso para facilitar o trabalho de ambas as partes envolvidas no processo. Além disso, no momento em que solicita uma portabilidade de crédito, você já é atendido.

Portabilidade de empréstimo consignado

Portabilidade de empréstimo consignado (Imagem: A Crítica)
Portabilidade de empréstimo consignado (Imagem: A Crítica)

Praticamente todos os bancos fazem esse tipo de operação. No entanto, existem outras possibilidades. Portanto, inúmeras Fintechs estão ganhando cada vez mais espaço no mercado. Isso tendo em vista as taxas de juros vantajosas oferecidas.

Independente da sua escolha, saiba que as condições do contrato original jamais devem mudar. Isso inclui saldo devedor, quantidade de parcelas e data de pagamento das mesmas.

As únicas alterações são nos valores a serem quitados. Lembrando que eles devem sempre ser menores que na instituição anterior. Caso contrário, não há vantagem nenhuma envolvida.

Portabilidade de crédito imobiliário

Portabilidade de crédito imobiliário (Imagem: Coopercred Brasil)
Portabilidade de crédito imobiliário (Imagem: Coopercred Brasil)

O mecanismo de funcionamento aqui é praticamente o mesmo do tópico anterior. Porém, essa transação exige ainda mais cuidado com relação aos custos envolvidos. É necessário se atentar as taxas de avaliação do seu imóvel.

Também, os custos da documentação do mesmo devem ser considerados sempre. É comum então pessoas cometerem o erro de negligenciarem esses fatores. O resultado final certamente não é lá muito promissor.

Portabilidade de crédito salário

Portabilidade de crédito salário (Imagem: Wealth Finance)
Portabilidade de crédito salário (Imagem: Wealth Finance)

Essa é uma opção para os funcionários de empresas, tanto públicas quanto privadas. Com ela então, você pode escolher onde quer receber seu salário. Isso dentro das opções bancos existentes.

Ainda, saiba que essa é uma transação automática. Ela pode ocorrer no tempo desejado por você, sem nenhum custo adicional.

Muitas pessoas acham que a portabilidade salário é igual a uma transferência comum feitas entre diferentes instituições. No entanto, isso não é verdade. Afinal, aqui não qualquer cobrança envolvida.

Então, se você quer economizar, essa é uma alternativa excelente. Vale muito a pena considerar aderir essa modalidade de portabilidade de crédito.

Quando fazer a portabilidade de crédito?

Quando fazer a portabilidade de crédito (Imagem: Melhor Taxa)
Quando fazer a portabilidade de crédito (Imagem: Melhor Taxa)

O lado financeiro está constantemente passando por mudanças. Isso afeta bastante a forma como os indivíduos se relacionam com seu dinheiro. Então, nem sempre se está em uma posição confortável.

É nesse momento que faz mais sentido buscar algum tipo de suporte. Assim, você consegue dar um basta nas dívidas, pagando menos. Desse modo, é possível dar prosseguimento com seus projetos pessoais e profissionais.

Infelizmente, poucas pessoas têm total conhecimento do que a portabilidade pode fazer. No entanto, depois desse artigo, você será um expert no assunto. Portanto não hesite em solicitar um auxílio que pode ser determinante no seu sucesso financeiro. Às vezes, é melhor optar por uma portabilidade do que por um “empréstimo comum”.

Afinal, o maior empecilho é o status de negativado. Essa modalidade não te restringe de usufruir benefícios somente por causa dessa condição. É por isso que ela é tão interessante.

Então, se você acha que não tem mais alternativa, fique tranquilo. A portabilidade vai ser o pontapé inicial para “limpar seu nome”. Acredite, é uma ajuda e tanto.

Por último, existem também algumas poucas exceções nas quais essa não é uma boa solução. O próximo tópico vai falar com mais detalhes sobre isso.

Quando não solicitar a portabilidade de Crédito?

Quando não solicitar a portabilidade de Crédito? (Imagem: UOL Economia)
Quando não solicitar a portabilidade de Crédito? (Imagem: UOL Economia)

Esse tipo de transação pode não ser interessante e viável em todos os casos. Antes de firmar qualquer acordo, é essencial avaliar se essa operação realmente compensa.

Para isso, você precisa ter pleno conhecimento do como anda sua dívida. Confira alguns exemplos, em que a portabilidade de crédito pode não ser uma boa ideia:

Proximidade do vencimento do contrato

Proximidade do vencimento do contrato (Imagem: FINX Capital)
Proximidade do vencimento do contrato (Imagem: FINX Capital)

Neste cenário em específico, talvez seja melhor então pensar em um esquema de renegociação com o próprio banco. Contudo, uma outra opção é tentar quitar a dívida de forma antecipada. Talvez seja possível obter um desconto nesse caso.

Além disso, é importante ressaltar um ponto. Todo empréstimo consignado novo precisa ser averbado. Claro que esse não é um processo muito burocrático. No entanto, ele pode ser feito sem a menor necessidade.

Transferência para um banco com taxas mais caras

Transferência para um banco com taxas mais caras (Imagem: Diário de Comércio)
Transferência para um banco com taxas mais caras (Imagem: Diário de Comércio)

Você deve ter percebido então que isso foi reafirmado durante todo o texto. Jamais troque algo caro por uma opção ainda mais dispendiosa. Isso, exceto se, houver algum problema com o primeiro banco.

No mais, não é indicado fazer essa troca. Em momentos de alta inadimplência, isso com certeza irá piorar ainda mais as coisas.

Conclusão

Conclusão (Imagem: Figueiredo advocacia)
Conclusão (Imagem: Figueiredo advocacia)

Por fim então, você já sabe absolutamente tudo sobre portabilidade de crédito. Então agora é sua vez. Portanto lembre-se de cada ponto abordado aqui e busque a melhor solução para seus problemas. Aproveite as melhores oportunidades do mercado.

Sobre o autor

Heloisa Trindade

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Em Alta

content

Como evitar penhora de bens por nome sujo

Se não quer ter problemas com as suas contas, saiba agora mesmo como evitar penhora de bens por nome sujo e voltar com tudo no verde

Continue lendo
content

Cartão LATAM Pass Itaucard Visa Infinite: como funciona

Conheça o cartão LATAM Pass Itaucard Visa Infinite com descontos em viagens, acesso ilimitado as salas VIP LATAM e seguro médico internacional.

Continue lendo
content

Como solicitar o empréstimo Crefisa

Você está negativado e precisa de dinheiro rápido? Então, saiba como solicitar o empréstimo Crefisa sem precisar sair do conforto da sua casa.

Continue lendo

Cartões

Como solicitar o cartão Rappi

O cartão de crédito Rappi oferece 3% de cashback em compras feitas no app para você usar como quiser. Além disso, com ele você tem descontos exclusivos em diversas lojas parceiras. Veja como solicitá-lo aqui!

Cartão Rappi: quanto mais você usa, mais você ganha

Primeiramente, o cartão Rappi apresenta duas alternativas: o cartão RappiCard e o cartão RappiCard Prime. Ademais, ambos os cartões funcionam na modalidade crédito com cobertura Internacional, ou seja, você pode fazer compras online e em qualquer estabelecimento comercial que aceite a bandeira Visa.

Além disso, você pode acompanhar toda a movimentação que é feita no cartão, além de efetuar o pagamento das faturas e resgatar seu cashback pelo aplicativo. Portanto, é só acessar a aba “Rappi Bank” para ter acesso a todas as informações sobre o seu cartão Rappi.

Então, ficou interessado e acha que este é o cartão pra você? Veja aqui como solicitar o seu!

card

Cartão de Crédito

Rappi

Internacional Visa

Descontos exclusivos em lojas parceiras, cobertura Internacional e cashback.

Você será redirecionado para outro site

Solicitar online

A princípio, não é possível fazer a solicitação deste produto pelo site. Porém, você pode acessar a página oficial do cartão Rappi para saber mais sobre este produto financeiro.

Solicitar via telefone

Contudo, também não é possível fazer a solicitação do cartão Rappi pelo telefone. Mas, você pode entrar em contato com o Rappi Bank via WhatsApp através do número (11) 95870 7903 e então tirar suas dúvidas em relação ao produto.

Solicitar pelo aplicativo

Então, é muito fácil solicitar o cartão Rappi pelo aplicativo. Nesse sentido, é só você abrir o app e na página inicial escolher a opção Rappi Bank.

Em seguida, deverá aparecer a oferta do cartão. Então, é só clicar em “quero” e você será direcionado para a próxima página. Depois disso, clique em “solicitar agora”, aceite os termos e condições e envie sua documentação para que seja feita a análise de crédito.

Por fim, é só aguardar. Então, a sua documentação será analisada pela equipe da Rappi e você vai receber uma notificação assim que o cartão for aprovado.  

Cartão Santander SX ou cartão Rappi: qual escolher?

Mas, se mesmo depois de ter acesso a todas essas informações você ainda não sabe se o cartão Rappi é a melhor opção pra você, não tem problema! Sendo assim, que tal conhecer o cartão Santander SX? Confira abaixo a tabela que preparamos pra você comparando os dois produtos.

Cartão Santander SXCartão Rappi
Renda MínimaR$500,00 para correntistas
R$ 1.045,00 para não correntistas
Não Informado
Anuidade12x de R$ 33,25 (isenta se aderir ao sistema PIX ou com gasto mínimo de R$ 100,00) Sem anuidade no RappiCard
12x de R$89,99 no RappiCard Prime
BandeiraVisa ou MastercardVisa
CoberturaInternacionalInternacional
BenefíciosSaque com cartão de crédito
Descontos em parceiros Esfera
Pagamento por aproximação
Cashback de até 3%
Programas de fidelidade Visa
Descontos em restaurantes e lojas
Mas, afinal, qual é o melhor cartão?

Como solicitar cartão Santander SX

Solicitar o seu cartão Santander SX é mais fácil do que você imaginou. Veja aqui como fazer!

Você também pode gostar

content

Como escolher um cartão de crédito para negativados?

Precisando escolher um cartão de crédito para negativados? Há boas opções como pré-pagos e consignados. Confira aqui como escolher o seu!

Continue lendo
content

Conheça o Empréstimo do Bolsa Família 2021

Conheça o Empréstimo Bolsa Família 2021! Vamos tirar suas dúvidas sobre ele e como solicitar este empréstimo do Governo Federal! Confira!

Continue lendo
content

Cálculo décimo terceiro salário: como fazer

Precisa fazer o cálculo do décimo terceiro? Neste artigo te ensinamos como calcular tanto a parcela única quanto o pagamento em duas parcelas. Confira!

Continue lendo