Siga nas Redes Sociais

Listas

As melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes (segundo o IDHM)

Por

Priscila B. 

| Publicado em

De tempos em tempos, a ONU divulga uma lista das melhores cidades do Brasil para se viver conforme o Índice de Desenvolvimento Humano Municipais (IDHM), estatística feita a partir de dados de expectativa de vida ao nascer, educação e PIB per capita. Dentre elas, há sempre as figurinhas carimbadas, como São Caetano do Sul, da região metropolitana de São Paulo, Florianópolis, capital de Santa Catarina, e Santos, cidade litorânea do estado de SP. Essas cidades, todavia, nós já conhecemos, mas e as pequenas, das quais pouquíssimas pessoas ouviram falar? Pois é, pouco se sabe! Segundo a lista da ONU, há 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes. Vamos saber mais a respeito delas?!

Leia o nosso texto e descubra agora quais são 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes segundo o IDHM.
ANÚNCIOS

15. Salto Veloso - IDHM: 0,784

Com apenas 4.718 habitantes, Salto Veloso é uma pequeno município localizado no meio oeste do estado de Santa Catarina. Considerada uma das 50 melhores para se viver no Brasil graças ao seu IDHM de 0,78 (o máximo permitido é 1), esta cidade não poderia ficar de fora da nossa lista.

A primeira da nossa lista de melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes, Salto Veloso possui apenas 4.718 habitantes e um incrível IDHM de 0,78.

A maior fonte de economia de Salto Veloso é vindoura da indústria de carne, além das indústrias madeireiras e da agricultura familiar. Lá, esta presente a JBS Foods, considerada uma das maiores empresas de alimentos do mundo, operando principalmente no processamento de carnes bovina, suína, ovina e de frango. No setor rural, a principal atividade econômica é a suinocultura, com rebanho efetivo de 60 mil cabeças, e, em seguida, a do gado leiteiro, presente em praticamente 40% das propriedades.

ANÚNCIOS

14. Nova Araçá - IDHM: 0,785

Nova Araçá é um município brasileiro localizado na parte norte do estado do Rio Grande do Sul. Graças ao seus 4.759 habitantes e IDHM de 0,785, ela é considerada uma 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes.

Nova Araçá é um município brasileiro localizado na parte norte do estado do Rio Grande do Sul com 4.759 habitantes e um IDHM de 0,785.

Uma curiosidade a respeito desta cidade é que Nova Araçá recebeu status de município pela lei estadual nº 4884 de 22 de dezembro de 1964, com território desmembrado do município de Nova Prata. Em relação à sua economia, a principal fonte de renda é proveniente da empresa "A Irmãos Frasson & Cia Ltda", que, fundada em 1950 e estando em atividade até os dias de hoje, é uma das primeiras indústrias de móveis desta cidade.

ANÚNCIOS

13. Casca - IDHM: 0,785

Assim como Nova Araçá, Casca também é um município brasileiro localizado na parte norte do estado do Rio Grande do Sul e que possui um IDHM de 0,785. No entanto, a sua dimensão é quase que o dobro daquela cidade, possuindo um total de 9.031 habitantes.

Fundada em 15 de dezembro de 1954, Casca é destaque e referência no que diz respeito ao combate da pobreza ao reduzir em 71,42% esta triste realidade social.

Fundada em 15 de dezembro de 1954, Casca é destaque e referência no que diz respeito ao combate da pobreza. Isso porque, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o município de Casca reduziu a pobreza absoluta em 71,42% no período de 1991 a 2000. Com isto, a cidade passou a ocupar o 19º lugar em redução de pobreza absoluta. Belo feito, não?!

ANÚNCIOS

12. Fernando de Noronha - IDHM: 0,788

Sim! Fernando de Noronha, o sonho de todo e qualquer turista brasileiro e quiçá do mundo, faz parte da nossa lista das 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes. Com um 3.061 habitantes e um IDHM de 0,788, a cidade conquistou seu merecido lugar em nosso texto.

Fernando de Noronha, o sonho de todo e qualquer turista brasileiro e quiçá do mundo, faz parte da nossa lista das 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes.

Sobre as praias de Fernando de Noronha, não há nem o que falar, né?! Afinal, não há um brasileiro que não saiba que a ilha é um paraíso na terra. No entanto, o que dizer sobre a sua cidade?! Pois bem, é claro que sua principal economia está diretamente relacionada com o turismo local, mas Fernando de Noronha se destaca perante os outros municípios por ser um dos lugares mais antigos do nosso país. Fundada em 10 de agosto de 1503, a ilha foi possui apenas 3 anos a menos do que a descoberta do Brasil.

ANÚNCIOS

11. Lagoa dos Três Cantos - IDHM: 0,789

Com apenas 1.609 habitantes, Lagoa dos Três Cantos se destaca no quesito menores cidades para se viver graças ao seu IDHM de 0,789. Localizada no Rio Grande do Sul, este pequeno município possui uma curiosidade: a maior parte de sua população fala o dialeto alemão Riograndenser Hunsrückisch. Tamanha à sua importância histórica, a câmara dos deputados do estado votou em 2012 a favor do reconhecimento oficial deste dialeto como parte do patrimônio cultural imaterial a ser preservado e protegido. Infelizmente, hoje em dia, o Riograndenser Hunsrückisch é reconhecido internacionalmente como uma língua em perigo de extinção.

Com apenas 1.609 habitantes, Lagoa dos Três Cantos se destaca no quesito menores cidades para se viver graças ao seu IDHM de 0,789.

Aliás, parece que o estado do Rio Grande do Sul é o campeão da nossa lista de melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes, não é mesmo!? Dos cinco municípios que citamos, 3 pertencem às terras gaúchas. Será que este desempenho vai permanecer nas nossas próximas 10 cidades?! A conferir!

ANÚNCIOS

10. Luzerna - IDHM: 0,789

Luzerna é um município brasileiro do estado de Santa Catarina com população estimada em 2019 de, aproximadamente, 5700 habitantes. Com um IDHM de 0,789, a cidade é consideradas uma das 50 melhores do Brasil para se viver.

Com um IDHM de 0,789, Luzerna, localizada no estado de Santa Catarina, é consideradas uma das 50 melhores do Brasil para se viver.

Com quase 25 anos, Luzerna é uma cidade bem jovem para os padrões brasileiros. Anteriormente localizado na região histórica do Contestado, o pequeno município fazia parte desde 1917 do recém-fundado município de Cruzeiro - a atual Joaçaba. Depois de quase 30 anos, mais especificamente em 1948, Luzerna se tornou um distrito de Joaçaba e finalmente se emancipou em 29 de dezembro de 1995.

ANÚNCIOS

09. Cândido Rodrigues - IDHM: 0,789

Pertinho de Jaboticabal, do estado de São Paulo, está Cândido Rodrigues, um município de apenas 2.793 habitantes e com um IDHM de 0,789, sendo uma melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes. Sua origem se deu em 18 de fevereiro de 1959 após obter a sua emancipação político-administrativa de Taquaritinga pela Lei Estadual nº 5285.

Pertinho de Jaboticabal, do estado de São Paulo, está Cândido Rodrigues, um município de apenas 2.793 habitantes e com um IDHM de 0,789.

Todavia, em relação ao distrito de Cândido Rodrigues, o mesmo foi criado em 10 de outubro de 1918, quase 40 anos antes de sua emancipação. A escolha de seu nome se deu em razão a uma homenagem ao General Antônio Cândido Rodrigues, que na época era secretário da Agricultura do Estado de São Paulo.

ANÚNCIOS

08. Santa Cruz da Conceição - IDHM: 0,790

A 178km de distância da capital do estado de São Paulo, Santa Cruz da Conceição faz parte da nossa lista das melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes graças à sua pequena população de 4.503 habitantes e um IDHM de 0,79.

Santa Cruz da Conceição faz parte da lista das melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes graças à sua pequena população de 4.503 habitantes e um IDHM de 0,79.

Uma das principais fontes de renda de Santa Cruz da Conceição é o turismo em razão do Circuito da Serra do Itaqueri, do qual o município faz parte. Além dele, muita gente procura a cidade para conhecer a represa Dr. Euclides Morelli, batizada de Prainha. O local conta com faixa de areia para banhistas e um grande espelho d'água, o que atrai não só moradores, como também turistas da região.

ANÚNCIOS

07. Ipiranga do Sul - IDHM: 0,791

Outra cidade do estado do Rio Grande do Sul que está na nossa lista é Ipiranga do Sul. Com apenas 1.889 habitantes e um IDHM de 0,791, o lugar também faz parte do rol das melhores cidades do Brasil para se viver e é um ótimo destino para passar umas férias tranquilas.

Ipiranga do Sul faz parte do rol das melhores cidades do Brasil para se viver e é um ótimo destino para passar umas férias tranquilas.

Fundada em 20 de abril de 1988, esta nova e pequena cidade é conhecida regionalmente por ser o Berço do Plantio Direto, mas também se destaca pelo passeio ao Caminho das Flores Cores e Sabores. Este apresenta de uma forma criativa e organizada a integração entre o paisagismo rural, a agropecuária e a cultura local. Ainda, Ipiranga do Sul conta com o santuário Nossa Senhora da Salete, Igreja e a gruta Nossa Senhora das Dores, sendo um bom destino para os turistas que buscam lugares diferentes e desconhecidos do Brasil.

ANÚNCIOS

06. Três Arroios - IDHM: 0,791

Em 1987, poucos meses antes de ser fundada a cidade de Ipiranga do Sul, nascia Três Arroios. Seu nome originou-se pelo fato do município estar situado em um local onde é cortado por três arroios: napoleão, perdido e da Sede. Com um IDHM de 0,791, Três Arroios é considerada uma das melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes para morar. Ah, e detalhe: adivinha qual o estado em que ela está localizada?! Pois é, no Rio Grande de Sul!

Com um IDHM de 0,791, Três Arroios é considerada uma das melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes para morar.

Até agora, já foram 10 pequenos municípios brasileiros com altíssimo IDHM. Mas quais seriam as top 5 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes?! Vamos conferir?

ANÚNCIOS

05. Quatro Pontes - IDHM: 0,791

Com 4.015 habitantes, Quatro Pontes é um município brasileiro do Paraná que possui o terceiro maior IDHM do estado, perdendo apenas para as cidades de Maringá e Curitiba, a capital. Assim como as anteriores, Quatro Pontes também é bem nova, pois foi fundada apenas em 1990 após ter conseguido a sua emancipação da cidade de Marechal Cândido Rondon, completando 30 "aninhos" agora em 2020.

Com 4.015 habitantes, Quatro Pontes possui o terceiro maior IDHM do estado do Paraná, perdendo apenas para as cidades de Maringá e Curitiba, a capital.

Em relação às principais fontes de Quatro Pontes, as três maiores delas são o setor leiteiro, produzindo atualmente 11 milhões de litros por ano, piscicultura e gado de corte. Quanto a este último, existe atualmente um mini-frigorífico na cidade, cuja capacidade poderá chegar a ser de 250 cabeças/semana caso ele seja ampliado e modernizado, o que geraria de 30 a 40 empregos diretos. No entanto, a população aguarda investimentos públicos, assim como patrocínios que visam ao seu desenvolvimento.

ANÚNCIOS

04. Treze Tílias - IDHM: 0,795

Localizada no Oeste Catarinense, Treze Tílias (em alemão Dreizehnlinden) é um município brasileiro com uma população estimada de 7.840 habitantes em 2019 e um IDHM de 0,795. Não à toa, está entre 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes graças ao seu bom desempenho no índice.

Localizada no Oeste Catarinense, Treze Tílias é um município brasileiro com uma população estimada de 7.840 habitantes em 2019 e um IDHM de 0,795.

Fundada em 13 de outubro de 1933 por imigrantes da região do Tirol (principalmente da parte austríaca, mas também da italiana) que fugiram da grave crise econômica na Europa ocasionada pela Primeira Guerra Mundial, Treze Tílias possui hoje um forte influência cultural destes povos. A cultura tirolesa é preservada no dialeto, na arquitetura típica de estilo alpino, na culinária tradicional e nos grupos folclóricos de dança e canto que animam as festas do município.

ANÚNCIOS

03. Iomerê - IDHM: 0,795

Também do estado de Santa Catarina, Iomerê, com seus 2.945 habitantes, possui o mesmo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de Treze Tílias, ou seja, de 0.795. Aliás, as duas cidades são bem próximas uma da outra, com apenas 20km de distância.

Também do estado de Santa Catarina, Iomerê, com seus 2.945 habitantes, possui o mesmo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de Treze Tílias, ou seja, de 0.795.

Em relação a Iomerê, apesar de possuir um nome indígena, o município é de colonização italiana, cujos imigrantes vieram do Rio Grande do Sul antes de se instalaram na região. O seu nome originou-se da língua tupi-guarani e significa Clareira Branca ou Campo Branco. Isto porque o primeiro nome da comunidade foi Fachinal Branco, dado pela Companhia Colonizadora Selbach & Kröef, em função de um campo aberto onde seria instalada a estação de trem Pinheiro Preto. Depois, a cidade passou a ser chamada de São Luiz, mas em 1 de maio de 1944 ela finalmente foi denominada como Iomerê.

ANÚNCIOS

02. Rio Fortuna - IDHM: 0,806

Rio Fortuna é um município de Santa Catarina, o qual está localizado a cerca de 200km da capital do estado, Florianópolis. Fundada em 21 de junho de 1958, esta jovem cidade para os termos brasileiros de 4.611 habitantes foi emancipada de Braço do Norte por meio da lei estadual 348.

Fundada em 21 de junho de 1958, Rio Fortuna para os termos brasileiros de 4.611 habitantes foi emancipada de Braço do Norte por meio da lei estadual 348.

Cercada por belos vales e montanhas, ao pé da Serra Geral, a cidade de Rio Fortuna possui uma base econômica calcada na agricultura familiar e na pecuária, sendo o município um dos maiores produtores de leite no estado. Além delas, destaca-se também o cultivo de fumo, milho, feijão e florestas de pinus e eucalipto.

ANÚNCIOS

01. Águas de São Pedro - IDHM: 0,854

E o primeiro lugar da nossa lista das 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes é de Águas de São Pedro, município de 3.451 habitantes localizado no interior do estado de São Paulo. Conhecida pelas suas águas hidrominerais, que possuem valor medicinal, a cidade não é apenas a primeira na nossa lista, como está em segundo lugar no ranking brasileiro graças ao seu ótimo IDHM de 0,854. Desempenho impressionante para um lugar tão pequeno, não é mesmo?!

O primeiro lugar da nossa lista das 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes é de Águas de São Pedro, município de 3.451 habitantes e ótimo IDHM de 0,854.

Gostou de saber mais sobre quais são as 15 melhores cidades do Brasil com menos de 10.000 habitantes?! Com certeza, todas elas são ótimas opções para quem quer ter um dia a dia mais tranquilo e com muita qualidade de vida. Não à toa, estão entre as 50 cidades com maiores IDHM do Brasil. E você?! Ficou interessado em alguma em particular?! Nós apostamos que sim!

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta


Siga nas Redes Sociais

AVISO LEGAL

O Senhor Panda não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro, seja cartão de crédito, financiamento ou empréstimo. Caso isto aconteça, nos avise imediatamente.

Trabalhamos para manter todas informações o mais atualizadas possível. Porém, vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições financeiras e/ou de provedores de serviços de um site específico. Com relação a instituições com as quais não temos parceria: não garantimos a precisão e atualidade das informações. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições financeiras que você escolher. Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente os produtos sobre os quais escrevemos e revisamos, e também sobre a ordem dos "melhores" artigos e posicionamento de produtos no Senhor Panda. Dada a quantidade de informações em nosso site, não fornecemos nenhum tipo de garantia sobre a qualidade e atualidade das informações; por isso, priorizamos informações de nossos parceiros.