Famosos

Quer testar a sua idade? Então veja quais são as 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece

Quer testar a sua idade? Então conheça as 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece! Se você conhecer, já sabe!

Anúncios

por Priscila de Cassia

Publicado em 10/09/2020

Hoje em dia, é muito fácil tentar adivinhar se alguém tem mais ou menos de duas décadas de vida. Basta perguntar à pessoa se já viu alguma das 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece.

Se souber, então pronto! Aquela pessoa tem mais de 20 anos; caso contrário, ela não viveu os primórdios da tecnologia, quando o celular era usado única e exclusivamente para trabalhar e o computador pesava toneladas.

É muito fácil tentar adivinhar se alguém tem mais ou menos de duas décadas de vida. Basta perguntar à pessoa se já viu alguma das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece.

Está curioso para fazer este teste e descobrir qual a sua verdadeira idade, pelo menos em termos tecnológicos? Se sim, então veja quais são as 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece. Divirta-se!

Anúncios

15. Disquete

Impossível que alguém tenha vivido os anos 90 e não se lembre do disquete, o avô do pen drive. Criado pela IBM em 1967, esta tecnologia tinha como função armanezar arquivos, porém com capacidade máxima 1,44 MB. Pensando que hoje os celulares mais avançados possuem 512 GB, chega a ser bizarro imaginar que este espaço de armazenamento já existiu há um dia, não?

Impossível que alguém tenha vivido os anos 90 e não se lembre do disquete, o avô do pen drive.

Se você tem esta quinquilharia na sua casa, faça que nem o Futuro Refeitório, um restaurante da cidade de São Paulo e reutilize o disquete a seu favor. No caso deste estabelecimento comercial, eles fizeram do item a comanda individual de cada cliente. Interessante, não?

14. Fita cassete

A boa e velha fita cassete, que revolucionou o acesso à música, não poderia faltar na nossa lista das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece. Afinal, em um mundo onde existe o Spotify, ela se tornou obsoleta já faz tempo!

A boa e velha fita cassete, que revolucionou o acesso à música, não poderia faltar na nossa lista das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece.

Introduzida em 1963 como uma bem-vinda substituição dos gravadores de rolo e os cartuchos de oito pistas, a fita cassete embalava as reuniões informais entre familiares e amigos até meados dos anos 90. Depois, a mesma foi substituída pelo CD, que também já caiu no esquecimento.

Anúncios

13. Walkman

Quem se lembra da fita cassete, vai se lembrar do seu companheiro inseparável: o walkman. No entanto, caso você tenha menos de 20 anos e não o conhece, ele nada mais era do que aparelho de som portátil para você escutar as suas músicas gravadas na fita cassete por onde quer que seja.

Quem se lembra da fita cassete, vai se lembrar do seu companheiro inseparável: o walkman.

No ano passado, esta invenção que, com certeza, deu o pontapé inicial para os aparelhos que temos hoje fez 40 anos desde a sua invenção. Lançado no dia 01 de Julho de 1979, o walkman foi criação do Masaru Ibuka, um dos fundadores da Sony, que tinha vontade de ouvir música em estéreo usando fones de ouvido durante uma viagem de negócios que fazia ao exterior.

12. Discman

Assim como as fitas cassetes perderam o seu espaço para os CDs, o walkman, por sua vez, foi substituído pelo discman. O primeiro aparelho foi criado pela Sony em 1984 e estes dispositivos foram sucesso nos anos 1990 com a popularização dos CDs.

Assim como as fitas cassetes perderam o seu espaço para os CDs, o walkman, por sua vez, foi substituído pelo discman, cuja fama chegou ao fim nos anos 2000.

No entanto, sua fama chegou ao fim nos anos 2000 com a viabilização dos MP3 players, sobre os quais falaremos a seguir. Ou seja, este é mais uma daquelas tecnologias que os menores de 20 anos não conhece, o que significa uma geração sem saber o que é ter seu CD caríssimo riscado por este aparelho. Bons tempos, só que não!

11. MP3

Como já citamos, no início dos anos 2000, o Discman passou a ser substituído pelo MP3 Player, uma vez que este aparelho tinha um porte reduzido, o que facilitava e muito ouvir as suas músicas na rua. No entanto, como deve imaginar, esta é mais uma daquelas tecnologias que a geração abaixo dos 20 anos só escutou falar.

No início dos anos 2000, o Discman passou a ser substituído pelo MP3 Player, uma vez que este aparelho tinha um porte reduzido, o que facilitava e muito ouvir as suas músicas na rua.

Uma das grandes desvantagens da maioria dos dispositivos MP3 Player era sua limitada capacidade de armazenamento. Era comum encontrar dispositivos com capacidade máxima de 256 ou 512 MB, o que fazia com que você passasse horas escolhendo as músicas que seriam colocadas no aparelho. Afinal, todo espaço era muito importante.

10. Videocassete

Saindo um pouco do mundo musical e indo para o audiovisual, quem não se lembra do videocassete, não é mesmo? E não só isto! Quem não se recorda dos hábitos que este dispositivo nos proporcionou, que era ir até à videolocadora e passar minutos e mais minutos escolhendo os filmes que seriam assistidos no final de semana. Nostalgia pura!

Quem viveu os anos 80 e 90, tiveram todos os seus melhores momentos registrados na fita VHS, que acabaram se perdendo com a evolução da tecnologia.

O videocassete ainda permitiu que a geração dos anos 80 e 90 tivesse todos os seus melhores momentos registrados na fita VHS, que acabaram se perdendo com a evolução da tecnologia. Nesta época, era comum reunir familiares para assistir às imagens caseiras gravadas pela câmera filmadora, que, aliás, poderia estar tranquilamente na nossa lista das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece.

09. DVD

Por óbvio, já que estamos falando do videocassete, não poderíamos deixar de falar do DVD! Ele nasceu oficialmente em 1995, depois de muito tempo de domínio do VHS, dando fim de vez a este formato de vídeo.

O DVD nasceu oficialmente em 1995, depois de muito tempo de domínio do VHS, dando fim de vez a este formato de vídeo.

No entanto, diferentemente do videocassete, o DVD durou por bem menos tempo e já tinha chegado ao fim em meados dos anos 2000. Um detalhe curioso é que, nos últimos anos de glória, o aparelho sofreu uma disputa de espaço com o Blu-ray, que mal durou três anos. No fim, os dois entraram num barco furado e se afundaram juntos!

08. Câmara fotográfica analógica

Hoje em dia, com os aparelhos celulares e as câmeras fotográficas digitais, é estranho relembrar o perrengue que as gerações abaixo dos anos 2000 passaram neste quesito. Afinal, quem nunca torceu para que suas fotografias saíssem enquadradas e que o filme não tivesse queimado, estragando todos os registros? Pois é!

Hoje em dia, com os aparelhos celulares e as câmeras fotográficas digitais, é estranho relembrar o perrengue que as gerações abaixo dos anos 2000 passaram neste quesito.

Com as telas, ficou muito fácil saber se a foto saiu do jeito que você deseja ou não, mas, no passado, não era bem assim… Além disto, havia um número limitado de fotografias a serem tiradas, o que é inimaginável nos tempos atuais. Para fechar o perrengue todo, ainda era necessário ir até à uma loja que revelesse as suas fotos a um preço absurdo. Enfim, a vida nesse sentido não era fácil!

07. Mimeógrafo

Sabe as impressoras de hoje em dia, que imprimem os seus arquivos a uma velocidade impressionante? Pois bem, como deve saber, elas são uma invenção um tanto quanto nova, então como se fazia até meados dos anos 80 quando era necessário fazer cópias de documento!? A solução tinha um nome: mimeógrafo.

Mimeógrafo era um trambolhão manual que cheirava a álcool, cuja função era fazer cópias de papel escrito em grande escala.

A máquina era um trambolhão manual que cheirava a álcool, cuja função era fazer cópias de papel escrito em grande escala, e utilizava na reprodução um tipo de papel especial chamado estêncil, geralmente batido à máquina de escrever. Para fazer essas cópias, existia o operador de mimeógrafo, que, obviamente, tornou-se uma das profissões que não existem mais.

06. Fax

Continuando na linha de comunicações, quem aí se lembra do fax, que foi extinguindo pela praticidade do e-mail, o qual está aos poucos sendo substituído pela conversa em tempo real, como o WhatsApp? Se você tem menos de 20 anos, com certeza não irá se lembrar!

Se você tem menos de 20 anos, com certeza não irá se lembrar do fax, aparelho de comunicação que foi extinguindo pela praticidade do e-mail.

Mais de um século antes dos smartphones e até dos computadores pessoais, a máquina de fax já permitia o envio (quase) instantâneo de mensagens através de longas distâncias. Com o avanço da tecnologia, ela se tornou obsoleta e hoje caiu no esquecimento da população brasileira.

05. ICQ

E vamos de top 5 das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece? Se sim, então vamos de ICQ, uma das primeiras redes sociais inventadas no mundo e, com certeza, a primeira que de fato se popularizou no Brasil.

ICQ foi uma das primeiras redes sociais investadas no mundo e, com certeza, a primeira que de fato se popularizou no Brasil.

Em 1996, o ICQ revolucionou o conceito de mensagens instantâneas online e chegou a ter mais de 100 milhões de usuários registrados do seu auge. Criado por israelenses, ele existe até hoje e tem até uma versão para aplicativo de celular. Independentemente disto, quem tem menos de 20 anos no Brasil, não vai saber o que é ICQ porque caiu em desuso há anos!

04. Gameboy

Dentre as 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece, era inevitável não citar o Gameboy, o videogame portátil que revolucionou o mercado. Não havia uma criança sequer até meados dos anos 90 que não tivesse um aparelho desse para chamar de seu!

Dentre as 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece, era inevitável não citar o Gameboy, o videogame portátil que revolucionou o mercado.

Sobre o aparelho, saiu uma interessante notícia em 2017 sobre uma garotinha ter tentado usar o gameboy como se fosse touch screen. Isto pode soar bem estranho para você que tem mais de duas décadas de idade, mas a verdade é que já temos algumas gerações familiarizadas com conceitos tecnológicos mais avançados, a exemplo das telas sensíveis ao toque.

03. Telesp Celular

Com certeza, quem acompanhou o início dos celulares, vai se recordar do Telesp Celular e do seu produto que está logo abaixo! De longe, foi o que popularizou os aparelhos no Brasil, uma vez que seu preço era bem mais acessível (aliás, saudades dos celulares custando menos de 300 reais!).

Com certeza, quem acompanhou o início dos celulares, vai se recordar do Telesp Celular e do seu produto!De longe, foi o que popularizou os aparelhos no Brasil.

Para quem não sabe, a Telesp Celular foi a empresa operadora de telefonia celular do grupo Telebras no estado de São Paulo, subsidiária da TELESP – Telecomunicações de São Paulo. Em 1999, a empresa lançava primeiro celular pré-pago, porém ela se tornou Vivo em 2003, entrando de vez para o rol das tecnologias que os menores de 20 anos não conhece.

02. Blackberry

Mais moderno que o Telesp Celular, o blackberry se popularizou até 2010, quando perdeu sua força perante os smartphones, principalmente com o advento do Iphone. Embora seja uma invenção mais recente, esta tecnologia já caiu no esquecimento, principalmente por quem tem menos de 20 anos, pois era uma criança no seu auge.

Mais moderno que o Telesp Celular, o blackberry se popularizou até 2010, quando perdeu sua força perante os smartphones, principalmente com o advento do Iphone.

Sensação e sonho de consumo para muitos nos anos 2000, o BlackBerry teve sua fabricação encerrada de vez neste ano, após muito resistir. Por meio do Twitter, o perfil oficial da BlackBerry explicou que os dispositivos mais antigos que ainda estão à venda contarão com o suporte da empresa até 2022. Em um mundo de smartphone, isto será pouco requisito, pode ter certeza!

01. Ipod

E, é claro, não poderíamos encerrar a nossa lista das 15 tecnologias que os menores de 20 anos não conhece sem citar um dos principais aparelhos da Apple, que popularizou a marca: o Ipod.

Para quem não se recorda, trata-se, basicamente, de um aparelho de reprodução de músicas. Ao longo do tempo, outras funcionalidades foram adicionadas, mas o Ipod acabou sendo vencido por outra invenção da própria Apple: o iPhone, smartphone que tinha tudo o que o iPod oferecia e mais um pouco!

Com ele, encerramos a nossa lista. Esperamos que tenha gostado e que tenha tido vários momentos de nostalgia! Até a próxima.

Sobre o autor

Priscila de Cassia

Formada em administração de empresas e auditora fiscal, é redatora freelancer desde 2016 para cultivar o seu hobby pela escrita e para fazer renda extra. Atualmente, escreve sobre vida financeira, cartões de crédito, milhas aéreas e viagens, além de curiosidades em geral.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Cartão Sicoob Black ou Cartão C6 Carbon: qual o melhor?

Antes de escolher o seu cartão Black, veja nosso conteúdo comparativo entre cartão Sicoob Black ou cartão C6 Carbon e descubra qual é o melhor!

Continue lendo
content

Review cartão Santander SX 2021

Confira o review cartão Santander SX e veja como solicitar este cartão sem precisar ser correntista do Santander e, ainda, aproveitar diversas vantagens.

Continue lendo
content

O empréstimo consignado Agibank é confiável?

Saiba se o empréstimo consignado Agibank é confiável e como ele pode ser uma boa alternativa, principalmente, para pessoas negativadas. Confira!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar cartão Amazon Visa

Quer descontos e recompensas na hora das suas compras? O cartão Amazon Visa pode te oferecer isso. E como? Basta solicitar o seu e começar a aproveitar. Para saber como solicitar, basta ler este post.

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão FC Porto

Saiba o passo a passo para solicitar o cartão FC Porto pelo site do Bankinter e tenha um cartão Visa, sem anuidade e com cashback.

Continue lendo
content

Foxbit é confiável?

No post de hoje, falaremos sobre a Foxbit. Essa exchange é uma das mais famosas dentro do ramo de criptomoedas. Contudo, abordaremos aqui suas principais características e mostraremos se ela é confiável.

Continue lendo