Educação Financeira

5 boas práticas sobre parcelamento do cartão de crédito

O cartão de crédito pode ser um ótimo aliado financeiro, mas é importante se atentar aos parcelamentos para que as finanças não fujam do controle! Então, leia este post e confira as principais boas práticas para evitar problemas com o parcelamento.

Anúncios

Saiba como parcelar compras no cartão de crédito sem comprometer a sua renda mensal

5 boas práticas sobre o parcelamento do cartão de crédito. Fonte: Unsplash.
5 boas práticas sobre o parcelamento do cartão de crédito. Fonte: Unsplash.

Antes de mais nada, o cartão de crédito pode ser um ótimo aliado quando utilizado de forma correta. Assim, com um bom planejamento financeiro, é possível efetuar compras de forma parcelada sem passar nenhum sufoco com os pagamentos. Mas, você sabe como funciona o parcelamento do cartão de crédito?

Então, hoje vamos abordar esta questão, além de outros pontos importantes sobre parcelamento. Assim, você entende como fazer do seu cartão o seu melhor amigo e evita perder o controle das suas finanças! Quer saber mais? Continue a leitura, a seguir!

Parcelamento do cartão de crédito: como funciona?

Primeiramente, a instituição financeira disponibiliza um limite de crédito para o portador do cartão. Esse valor é único e pode ser utilizado para compras à vista ou parcelada.

Então, ao fazer sua compra, você tem a opção de pagar o valor total em uma única parcela ou dividi-lo em parcelas fixas mensais. Se optar pela segunda opção, o valor pago pelo produto fica comprometido até que sejam feitos todos os pagamentos. 

6 opções de cartões para negativados 2021

Se você está negativado e precisa de um cartão de crédito para controlar as suas finanças, hoje trouxemos as 6 melhores opções do mercado. Confira!

5 boas práticas sobre parcelamento do cartão de crédito

Mas, quais são as boas práticas sobre o parcelamento do cartão de crédito? Fonte: Unsplash.
Mas, quais são as boas práticas sobre o parcelamento do cartão de crédito? Fonte: Unsplash.

Um erro comum entre as pessoas que possuem cartões de crédito é acreditar que o limite disponível está lá para ser utilizado por completo. Assim, acabam adquirindo dívidas que vão além de sua renda mensal e, por conta disso, não conseguem honrar com o pagamento das faturas. 

Então, a compra parcelada também pode ser um problema se você não entende muito bem como ela funciona. Por isso, trouxemos algumas dicas para te ajudar com esta questão. Dessa forma, você faz as suas compras com a certeza de que não terá dores de cabeça no futuro! Vamos lá?

1. Planejamento financeiro de compras parceladas

Antes de mais nada, é importante não cair na tentação de fazer muitos parcelamentos, principalmente se o limite do seu cartão for além da sua renda mensal. Isso porque o valor disponibilizado a você pelo banco funciona como um empréstimo e você precisa devolver o que foi gasto através do pagamento das faturas.

Nesse sentido, parcelar uma compra é contar com um dinheiro que você ainda não tem. Imprevistos financeiros acontecem e o não pagamento de uma fatura com várias compras parceladas pode virar uma enorme bola de neve.

Portanto, antes de solicitar o parcelamento, verifique se o valor mensal cabe em seu orçamento e calcule todas as variáveis para que mesmo com um imprevisto, você consiga efetuar o pagamento integral e na data de vencimento

Ademais, dê preferência a pagamentos à vista e só utilize o cartão de crédito em caso de emergências ou se precisar comprar um produto com um valor elevado.

2. Cuidar com o uso do limite do cartão

Antes de tudo, é preciso ficar de olho no saldo do seu cartão ao fazer uma compra parcelada. Isso porque o parcelamento compromete o limite até que você termine de efetuar todos os pagamentos. 

Assim, se o limite do seu cartão é de R$2.000,00 e você efetuar uma compra de R$1.500,00 em dez parcelas, você fica apenas com R$500,00 disponíveis para compras futuras. O banco restabelece o valor da parcela através do pagamento da fatura, mas você só consegue reaver o limite total após quitar a compra. 

Além disso, só é possível efetuar a compra parcelada se você tiver o valor total do produto disponível no limite. Caso contrário, a compra não é autorizada. 

3. Evitar pagar apenas o mínimo do cartão

Pois bem, a sua fatura chegou e você não tem dinheiro o suficiente para efetuar o pagamento no valor integral. Então, o que fazer? Pagar o valor mínimo às vezes parece uma boa saída, mas não é! Isso porque os juros do rotativo dos cartões de crédito costumam ser bem altos. Além disso, você terá de arcar com o valor restante da fatura e das parcelas a vencer no mês seguinte.

Portanto, fuja do pagamento mínimo do cartão! Se não puder emprestar o valor total da fatura com um parente ou amigo, apele para o empréstimo pessoal. Essa modalidade de crédito costuma ter juros menores e pode ser uma boa alternativa na hora do aperto.

4. Atente-se aos descontos, programas de cashback e acúmulo de milhas

Sem dúvida, conseguir um cartão de crédito nos dias de hoje não é nenhuma tarefa impossível. Sabendo disso, os bancos e as bandeiras emissoras de cartão precisam inovar para chamar a atenção de clientes em potencial e, para isso, oferecem diversos benefícios.

Nesse sentido, fique atento aos programas de recompensa do seu cartão. Alguns bancos oferecem cashback que podem ser trocados por desconto na fatura, bem como programa de milhas, descontos em programas culturais e em lojas parceiras. 

5. Não parcelar contas fixas no cartão de crédito

Lembre-se de que um bom planejamento financeiro também evita que você precise parcelar contas fixas (água, luz, internet e etc.) no seu cartão de crédito. Essa prática deve ser evitada a todo custo porque, além de a administradora do cartão cobrar uma taxa por isso, você terá as mesmas despesas a serem pagas no mês seguinte. 

Quando parcelar as compras no cartão de crédito?

Mas, então, quando devemos utilizar o cartão para compras parceladas? A resposta é simples: quando o valor do produto for superior à sua capacidade de pagamento à vista. Porém, não é tão simples assim!

Antes de efetuar a compra, coloque na ponta do lápis o valor das parcelas e avalie se consegue arcar com os pagamentos. Se a resposta for negativa, não arrisque. 

Se a compra em questão não for emergencial, experimente juntar o valor para comprar à vista no futuro.

Vale a pena fazer parcelamento da fatura do cartão?

Então, vale a pena fazer o parcelamento da fatura? Fonte: Unsplash.
Então, vale a pena fazer o parcelamento da fatura? Fonte: Unsplash.

Então, se a situação financeira apertar, vale a pena parcelar a fatura do cartão? De forma alguma. Isso porque os juros cobrados nesse tipo de parcelamento estão entre os mais altos do mercado e perdem somente para os juros do rotativo dos cartões de crédito. 

Nesse sentido, busque outras alternativas para efetuar o pagamento do seu débito. Aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos podem recorrer ao empréstimo consignado. Esta linha de crédito possui condições especiais de pagamento, além das taxas de juros mais baixas dentre os empréstimos bancários disponíveis. 

Mas, se você não se enquadra nessas categorias, converse com o gerente do seu banco sobre um empréstimo pessoal. Embora não seja a opção ideal, os juros de um empréstimo são muito inferiores aos juros do cartão de crédito.

Ademais, veja a nossa lista dos melhores empréstimos com as menores taxas de juros, a seguir.

10 empréstimos com as menores taxas de juros

Precisa de dinheiro urgente para limpar nome? Conheça os empréstimos com as menores taxas de juros para retomar as rédeas da sua vida financeira.

Sobre o autor  /  Aline Barbosa

Escritora e produtora de conteúdo para diversos assuntos, é apaixonada pela escrita e pelo novo. Sempre em busca de conhecimento, tem como objetivo transmitir o que aprendeu de forma leve e descomplicada.

Revisado por  /  Junior Aguiar

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Empréstimo pessoal Decolar: o que é e como funciona

O empréstimo Decolar é uma linha de crédito para financiar sua viagem ou te ajudar com um dinheirinho extra. Conheça mais aqui!

Continue lendo
content

O que fazer para ter uma renda extra em 2022?

Conheça aqui algumas das melhores ideias para fazer renda extra em 2022 e comece a lucrar empreendendo por conta própria.

Continue lendo
content

Conheça o cartão Méliuz

Conheça aqui como funciona o cartão Méliuz que oferece cashback de até 2% e não cobra anuidade por isso. Confira!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como abrir conta à ordem BBVA 59 +

Veja aqui como abrir a conta à ordem BBVA 59+ e aproveite benefícios, como isenção de taxas em cartões e transferências ilimitadas pela app. Não perca a chance de pagar menos comissões.

Continue lendo
content

Confira as novas regras para concessão de pensão por morte

Muitos dependentes de segurados do INSS falecidos tinham a concessão de pensão por morte negada. No entanto, com as novas regras, muitos que ainda estavam em processo aguardando uma resposta poderão ter o benefício aprovado.

Continue lendo
content

Cartão Porto Seguro ou Cartão Pão de Açúcar: qual o melhor?

Para quem procura opções de cartão de crédito com descontos exclusivos, fatura digital e outros diversos benefícios, o cartão Porto Seguro ou Pão de Açúcar são alternativas incríveis! Se você ficou curioso para saber mais sobre os cartões, seus benefícios, desvantagens e como escolher o melhor, continue com a gente ao longo do review.

Continue lendo