Siga nas Redes Sociais

Listas

Os 15 lugares mais antigos do mundo que todos deveriam visitar algum dia

Por

Priscila B. 

| Publicado em

Não há quem não goste de viajar, não é mesmo?! Seja para ir à praia, ao campo ou à cidade, dentro ou fora do país, conhecer novos lugares é realmente fascinante. Como diriam alguns: viajar é a única coisa que gastamos dinheiro, mas que ficamos mais ricos. Pois é! Dentre tantas opções para conhecer, você já pensou em pisar em um destino histórico, que existe a milhares de anos? Se sim, então está com sorte, pois a nossa lista de hoje é justamente sobre os lugares mais antigos do mundo, contendo desde cidades até florestas e desertos. Vamos saber mais?!

Gosta de viajar e ama destinos históricos? Então conheça agora os 15 lugares mais antigos do mundo!
ANÚNCIOS

15. Stonehenge - mais de 5 mil anos

No nosso texto sobre o Turismo de guerra: os 20 lugares para ver de perto as guerras mais cruéis da história, falamos um pouco sobre a Batalha de Culloden e fizemos referência ao Outlander, cujo pano de fundo era este momento da história escocesa. Pois bem, se você já assistiu à série, então, mesmo sem saber, já viu o Stonehenge, um dos lugares mais antigos do mundo com seus mais de cinco mil anos de idade. Isto porque é justamente este local em que fica o portal por onde Claire, personagem principal de Outlander, viaja no tempo.

Cenário da série Outlander, o Stonehenge é uma estrutura composta a 137 km a oeste de Londres formada por círculos concêntricos de pedras, que chegam a ter 5 m de altura.

Para quem não viu à série e não sabe sobre o que estamos falando, Stonehenge é o monumento pré-histórico mais famoso da Inglaterra. É formado por um conjunto de dezenas de pedras gigantescas que, de acordo com os estudos, foram colocadas ali cerca de 5000 anos atrás. Pistas sugerem que as pedras são originárias do País de Gales, o que torna tudo muito misterioso, já que o trajeto é longo e não é possível determinar de que forma elas foram levadas até aquele local. Não à toa, Stonehenge é, atualmente, um dos pontos turísticos mais importantes da Inglaterra

ANÚNCIOS

14. Alepo - mais de 5 mil anos

Infelizmente, a cidade de Alepo, na Síria, ganhou destaque mundo afora por ter sido palco de intensas batalhas entre 2012 e 2016, que deixou boa parte da cidade em ruínas e causou milhares de mortos. Inclusive, Alepo ficou ainda mais conhecida no Brasil graças ao Kaysar, original da cidade, que foi o primeiro refugiado a entrar no BBB. Notícias à parte, é uma grande tristeza saber que Alepo atualmente se encontra no estado em que está, em ruínas, uma vez que o lugar já foi considerado a cidade mais bonita e elegante do mundo.

Quem vê hoje a situação da cidade de Alepo, na Síria, não imagina que um dos lugares mais antigos do mundo já foi considerada uma cidade bela e elegante.

Situada no norte da Síria, sendo a maior cidade do país, Alepo foi por séculos a maior cidade da Grande Síria, região histórico-cultural do Oriente Médio que compreende aproximadamente os atuais Estados da Síria, Líbano, Jordânia, Israel e Territórios Palestinos. Além disso, era a terceira maior do Império Otomano, depois de apenas Constantinopla e Cairo. Embora esteja relativamente perto de Damasco em termos de distância, Alepo é diferente em sua identidade, arquitetura e cultura, todas marcadas por um contexto histórico-geográfico distinto.

ANÚNCIOS

13. Ġgantija - mais de 5,6 mil anos

Um dos lugares mais antigos do mundo, Ggantija, também chamado de "Torre dos Gigantes", é um complexo de templos megalíticos na ilha Mediterrânica de Gozo, o qual foi erguido durante o período neolítico (c. 3600-2500 aC) . Na realidade, este monumento é constituído por dois templos, construídos lado a lado e dentro de um muro de fronteira. O que esta situado a sul é maior e mais velho, datado de, aproximadamente, 3600 aC, e, por mais incrível que pareça, é o mais conservado entre os dois.

Os templos Ggantija são os primeiros de uma série de Templos megalíticos de Malta, que, juntamente com outras estruturas , foram designados Patrimônio Mundial da UNESCO.

Para quem não sabe, os templos Ggantija são os primeiros de uma série de Templos megalíticos de Malta, arquipélago situado na região central do Mediterrâneo, que, juntamente com outras estruturas semelhantes, foram designados Patrimônio Mundial da UNESCO. Especula-se que lá eram praticados cultos da fertilidade e acreditava-se na lenda de que os templos haviam sido construídos por gigantes.

ANÚNCIOS

12. Arbil - mais de 6 mil anos

Quarta maior cidade do Iraque, depois de Bagdá, Baçorá e Mossul, Arbil, com os seus mais de 6 mil anos de idade, é considerada um dos lugares mais antigos do planeta. Por mais incrível que pareça, embora esteja situado no território iraquiano, o lugar é um dos mais seguros não só do país, como do mundo, sendo escolhido como sede de consulados de diversos países que possuem relações diplomáticas com o Iraque e o Curdistão.

A vida urbana em Arbil iniciou-se no sexto milénio a.C., sendo esta uma das mais antigas localidades continuamente habitadas do mundo.

A vida urbana em Arbil iniciou-se no sexto milénio a.C., sendo esta uma das mais antigas localidades continuamente habitadas do mundo. No coração da cidade está a Cidadela de Arbil - a antiga Arbilum, onde na Antiguidade foi construído o templo de Ishtar, ou a posterior Arbela, famosa pela batalha em que Alexandre o Grande derrotou o rei persa Dário III. Inclusive, esta parte mais histórica da cidade foi tombada pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade em 2014.

ANÚNCIOS

11. Plovdiv - mais de 6 mil anos

Plovdiv, localizada na Bulgária, é a segunda maior cidade do país e povoada desde 4000 a.C. Antes de se tornar uma cidade romana, o local funcionava como uma espécie de assentamento. Depois, foi dominado por bizantinos e otomanos até que, finalmente, passou a fazer parte da Bulgária. Hoje em dia, Plovdiv é um grande centro cultural e um ótimo atrativo para quem sempre quis ver de perto construções romanas ancestrais, como o anfiteatro e o aqueduto antigos da cidade.

Plovdiv, localizada na Bulgária, é a segunda maior cidade do país e povoada desde 4000 a.C, sendo um dos lugares mais antigos do mundo com seus mais de 6 mil anos de idade.

Considerada a cidade mais antiga da Europa, Plovdiv, na verdade, já foi chamada de Philippopolis. Como já dissemos acima, durante a sua longa história de existência, ela foi dominada por diversos povos como trácios, romanos e otomanos, e justamente por isso é possível ver as marcas de cada um nas casas e monumentos espalhados pela cidade. Para visitá-la, é bem tranquilo, já que Plovdiv está localizada a apenas duas horas da capital da Bulgária, Sofia. Andando bem, é possível ver os principais pontos da cidade em 3 horas, concentrando os seus esforços na Cidade Velha, pois lá é que estão as atrações turísticas mais interessantes.

ANÚNCIOS

10. Susa - mais de 6,5 mil anos

Um dos lugares mais antigos do mundo, Susa era uma antiga cidade do Oriente Próximo, capital do Elam, e fez também parte dos impérios babilônio, persa e parta. Localizado a cerca de 250 km a oriente do rio Tigre, no que é hoje o sudoeste do Irã, o sítio arqueológico de Susa fica nas imediações da atual cidade a que deu nome. 

Um dos lugares mais antigos do mundo, Susa era uma antiga cidade do Oriente Próximo, capital do Elam, e fez também parte dos impérios babilônio, persa e parta.

Estudos antropológicos indicam que os primeiros habitantes de Susa datam de 4200 a.C. Primeiramente, a cidade foi a capital do Império Elamita antes da chegada dos assírios, mas depois a região doi escolhida pelos povos persas. Atualmente, além de ser um local histórico bastante importante, ganhando o título de Patrimônio Mundial no Irão, Susa é considerada também um dos berços do Teatro.

ANÚNCIOS

09. Cairn De Barnenez - mais de 6,8 mil anos

Com mais de 6,8 mil anos, Cairn De Barnenez é um monumento neolítico localizado próximo de Plouezoc'h, na península de Kernéléhen, ao norte de Finistère, na Bretanha. Datado de 4800 anos antes de Cristo, o local é considerada um dos monumentos megalíticos mais velhos da Europa, além de também ser uma das mais antigas construções feitas pelo homem no mundo.

Assim como Stonehenge, Cairn De Barnenez é um monumento tão enigmático quanto ele pelo fato de que alguns segredos foram sepultados dentro do local.

Assim como Stonehenge, que já falamos acima, Cairn De Barnenez é um monumento tão enigmático quanto ele. Um retrato sem rosto – repetidas e intrigantes formas em U – em frenéticos zig zags, além de símbolos gravados em lajes de pedra, que resistiram por mais de 68 séculos, são alguns dos segredos que foram sepultados dentro da Cairn de Barnenez. Aliás, o local abriga 11 túmulos diferentes, adicionados um a um ao longo dos séculos. Quanto mistério, não é mesmo?!

ANÚNCIOS

08. Biblos - mais de 7 mil anos

Considerada a cidade continuamente habitada mais antiga do mundo, Biblos foi desenvolvida dentro de uma muralha desde o período Neolítico até 2.150 a.C, sendo uma dos lugares mais importantes da Fenícia. Atualmente, com mais de 7 mil anos de idade, Biblos, que está localizada no Líbano, tornou-se um dos pontos turísticos mais importantes do país.

A cidade de Biblos, localizada no Líbano, tornou-se um importante ponto turístico do país, valendo a visita em seu centro histórico ativo e revitalizado após tantas civilizações.

O centro histórico de Biblos, chamado de Byblos Citadel, está totalmente ativo e revitalizado após tantas civilizações, valendo muito à pena a visita. Com diversas ruínas preservadas, templos e castelos, a cidade é quase uma Disney para quem gosta de história. Aliás, Biblos é interessante não só para este tipo de turistas, como para qualquer um, pois não há quem não se emocione ao pisar em solos tão antigos e importantes do nosso passado.

ANÚNCIOS

07. Sidon - mais de 7 mil anos

Há mais de 7 mil anos, nascia a cidade de Sidon, no Líbano. Situada na costa do mar Mediterrâneo, a cerca de oito quilômetros da capital do país, Beirute, Sidon foi uma das mais importantes cidades fenícias e tinha um grande império comercial mediterrânico. Atualmente, a cidade se encontra em qualquer lista que seja dos lugares a serem visitados no Líbano, sendo um dos pontos turísticos de maior relevância no país.

Para os religiosos, a cidade de Sidon, um dos lugares mais antigos do mundo, está mencionada no Antigo Testamento da Bíblia como “a primogénita de Canã”.

Razões para conhecer Sidon é o que não faltam. Para os religiosos, a cidade está mencionada no Antigo Testamento da Bíblia como “a primogênita de Canã” devido ao nome do seu possível fundador, Saidoune Ibn Canaan. Além disso, há diversos pontos turísticos interessantes, tais como o castelo construído no século XIII pelos cruzados sobre um Templo Fenício, o mercado (ou souk em árabe), que é um dos mais interessantes do Líbano, o seu porto e, é claro, o próprio centro histórico de Sidon.

ANÚNCIOS

06. Jericó - mais de 11 mil anos

Com mais de 11 mil anos de idade, Jericó é não somente um dos lugares mais antigos do mundo, como também considerada a cidade mais velha dentre todas. Segundo o Antigo Testamento da Bíblia, Jericó, na antiga Cannaã, era uma cidade habitada por população de costumes, cultura e religião diferentes do povo de Moisés. Mas o povo de Deus, na época, acreditava que ela era a Terra Prometida, por ser uma espécie de oásis no meio do deserto. Hoje, Jericó encontra-se a aproximadamente 13 km a nordeste do Mar Morto e a aproximadamente 30 km de Jerusalém, sendo uma ótima alternativa de bate-volta saindo desta cidade.

A cidade mais antiga do mundo, Jericó, localizada a 30 km de Jerusalém, era considerada a Terra Prometida pelo povo de Deus por ser uma espécie de oásis no meio do deserto.

Estamos na reta final da nossa lista de lugares mais antigos do mundo! Para matar um pouco sua curiosidade e incentivar a continuar lendo, temos um spoiler importante: o Brasil está entre eles! E aí, consegue fazer algum palpite sobre qual lugar brasileiro que está aqui?!

ANÚNCIOS

05. Göbekli Tepe - mais de 22 mil anos

Com mais de 22 mil anos, Göbekli Tepe, a aproximadamente 15 km a nordeste de Şanlıurfa (Urfa) no sudeste da Turquia, é um santuário, sendo ele o mais antigo do mundo. Tão antigo que o conjunto monumental foi construído quando homens ainda estavam aprendendo a cultivar plantas e domesticar animais. E aí, consegue imaginar esse momento do nosso passado?! Muito doido, né? 

Göbekli Tepe é um santuário com estruturas circulares formadas por pilares de pedras, erguido quando homens estavam aprendendo a cultivar plantas e domesticar animais.

Göbekli Tepe abriga várias estruturas circulares formadas por uma dezena de pilares de pedra, talhados em forma de T, de até 5,5 metros de altura. Todavia, o mais chamativo não é o tamanho dos monólitos, mas suas decorações: relevos e gravuras de raposas, touros, leões, grous, patos, serpentes e alguns humanos, toda uma fauna talhada na pedra calcária em uma época na qual a humanidade desconhecia os metais, apenas com ferramentas de basalto e sílex. Devido à importância do local, a Unesco registrou Göbekli Tepe como Patrimônio Cultural da Humanidade e, desde então, foi aberto para a visitação.

ANÚNCIOS

04. Amazônia - mais de 2 milhões de anos

Se achava que não haveria um lugar do nosso Brasil na lista dos lugares mais antigos do mundo, saiba que você estava completamente equivocado. E o mérito de estarmos aqui é de um dos locais mais incríveis do nosso país e um dos mais importantes para a planeta no geral: a Amazônia.

E achou que não teria um lugar do Brasil na lista dos lugares mais antigos do mundo?! Então achou errado, pois a Amazônia, uma das sete maravilhas naturais do mundo, está aqui.

Com mais de 2 milhões de anos, a floresta amazônica abrange 7 milhões de quilômetros quadrados, dos quais 5 milhões e meio de quilômetros quadrados são cobertos pela floresta tropical. Embora a maior parte da Amazônia esteja no Brasil, verdade é que a região pertence a nove nações, dentre eles Peru, Colômbia e Bolívia. De qualquer modo, é preciso enaltecer este nosso Patrimônio da Humanidade considerado uma das sete maravilhas naturais do mundo.

ANÚNCIOS

03. Berço da Humanidade - mais de 3 milhões de anos

A partir dos primeiros tempos da história, a África é o berço da humanidade, pois foi no continente africano onde surgiram os primeiros ancestrais do planeta terra. Não à toa, existe um lugar dedicado a isso que possui mais de 3 milhões de anos.

Reconhecido como Patrimônio Histórico, o Berço da Humanidade, localizado na África do Sul, é, com seus mais de 3 milhões de anos, um rico tesouro de fósseis de hominídeos antigos.

E que lugar é esse?! Chama-se Berço da Humanidade (em inglês, cradle of humankind) e está localizado na África do Sul, mais especificamente no Maropeng Visitor Centre, perto das cidades de Joanesburgo e Pretória. Reconhecido como Patrimônio Histórico em 1999, espere encontrar no Berço da Humanidade o tesouro mais rico de fósseis de hominídeos antigos na Terra.

ANÚNCIOS

02. Lago Baikal - mais de 25 milhões de anos

Localizado na região montanhosa russa da Sibéria, a norte da fronteira com a Mongólia, o lago Baikal é mais antigo do mundo, sendo estimado que tenha mais de 25 milhões de anos. Além disso, também é considerado o lago mais profundo do mundo, com mais de 1.600 m de profundidade. Mas você pensa que suas enormes dimensões acabaram?! Pois pensou errado!

Eleito como o lago mais profundo do mundo, além de ser o maior em volume de água, com 20% da água doce do planeta, o Lago Baikal é um dos lugares mais antigos do mundo.

Com aproximadamente 635 quilômetros de comprimento e 80 quilômetros de largura no seu ponto mais largo, o lago Baikal é famoso por ser o mais extenso do mundo, além de ser o maior lago de água doce da Ásia. Não bastasse isso, ainda é considerado o maior do mundo em volume de água, concentrando um quinto de toda água doce do planeta. Ou seja, dimensões essas que fazem jus ao lago Baikal e à sua enorme importância ambiental conquistada ao longo de seus milhões de anos.

ANÚNCIOS

01. Deserto do Namibe - mais de 55 milhões de anos

E o primeiro lugar da nossa lista é o Deserto do Namibe, com mais de 55 milhões de anos. Localizado ao sul de Angola e ao norte da Namíbia, o local é um dos principais pontos turísticos da região, atraindo turistas de todas as partes que gostariam de ver de perto um dos lugares mais antigos do mundo. Com inúmeras dunas, encostas e planícies, sendo permeado de lagos intermitentes e vales, que pela ação do vento está em constante transformação, o Deserto do Namibe, com seus 30 mil km², faz parte do Parque Nacional Namib–Naukluft, na Namíbia. Atualmente, ele se constitui na maior reserva de caça na África.

Dentre os lugares mais antigos do mundo, o que possui maior idade, com mais de 55 milhões de anos, é o Deserto do Namibe, localizado ao sul de Angola e ao norte da Namíbia.

Chegamos ao fim de mais uma lista nossa! Gostou de conhecer quais são os lugares mais antigos do mundo e, principalmente, de saber que há um local do nosso país dentre eles?! Se sim, então não deixe de ver também o nosso texto sobre os 30 lugares proibidos no mundo, onde os turistas não podem pisar. Com certeza, você irá adorar saber mais a respeito. Divirta-se!

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta


Siga nas Redes Sociais

AVISO LEGAL

O Senhor Panda não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro, seja cartão de crédito, financiamento ou empréstimo. Caso isto aconteça, nos avise imediatamente.

Trabalhamos para manter todas informações o mais atualizadas possível. Porém, vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições financeiras e/ou de provedores de serviços de um site específico. Com relação a instituições com as quais não temos parceria: não garantimos a precisão e atualidade das informações. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições financeiras que você escolher. Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente os produtos sobre os quais escrevemos e revisamos, e também sobre a ordem dos "melhores" artigos e posicionamento de produtos no Senhor Panda. Dada a quantidade de informações em nosso site, não fornecemos nenhum tipo de garantia sobre a qualidade e atualidade das informações; por isso, priorizamos informações de nossos parceiros.