Finanças

Dívida com cartão de crédito caduca?

Tem uma dívida antiga com cartões? Veja agora se dívida com cartão de crédito caduca!

Anúncios

por Heloisa Trindade

Publicado em 23/02/2021

Dívida com cartão de crédito

Dívida com cartão de crédito (Imagem: Pixabay)
Dívida com cartão de crédito (Imagem: Pixabay)

A praticidade que o cartão de crédito nos fornece fazendo com que seja possível parcelar grandes valores para pagar aos poucos é uma mão na roda, não é mesmo?

Mas é aí onde mora o perigo. Se não houver uma mínima educação financeira da parte dos consumidores, as dívidas podem sair do controle se transformando em uma enorme bola de neve.

Dívidas com cartão de crédito estão entre as mais caras do mundo. Por isso, é preciso planejamento financeiro para não acabar tendo que pagar valores absurdos devido a juros altíssimos.

Mas nada está perdido! Aqui, você vai tirar todas as suas dúvidas sobre como quitar as dívidas do cartão de crédito, as consequências para quem não pagar e finalmente saber se dívida com cartão caduca ou não.

Anúncios

O que acontece se eu não pagar a dívida do cartão de crédito?

O que acontece se eu não pagar a dívida do cartão de crédito (Imagem: Pixabay)
O que acontece se eu não pagar a dívida do cartão de crédito (Imagem: Pixabay)

São inúmeros motivos que podem levar alguém a não pagar a dívida do cartão de crédito. Mas, as consequências são sempre as mesmas.

Já se sabe que ficar devendo prejudica muito as chances de você obter aprovação de financiamentos ou até mesmo conseguir outro cartão. Mas o que muitos falam é que após 5 anos esse débito simplesmente desaparece, isso será mesmo verdade?

Popularmente chamada de dívida caducada ou dívida prescrita, após 5 anos sem pagar – e consequentemente sem possuir crédito – seu nome sairá do Serasa. Ou seja, quando você solicitar crédito a empresa irá consultar o Serasa e não vai haver anotações em seu nome lá.

Porém se você decidir que não vai pagar a dívida, mesmo após prescrita você continuará devendo. E se sua dívida for de um banco, por exemplo, mesmo após os 5 anos sem pagar você não conseguirá ter o crédito aprovado novamente. Isso porque na base de dados da empresa haverá anotações sobre sua dívida. E de fato o banco não vai querer te dar crédito se você não é um bom pagador.

A verdade é que esse prazo de 5 anos para a dívida caducar não anula o seu débito. E sim, dá o direito das empresas te cobrarem. Portanto, mesmo assim sua dívida ficará registrada e crescendo. Pois, nada impede as empresas de continuarem acumulando os seus juros.

Além ficar inadimplente, se você não pagar sua fatura ainda corre risco de ter o seu cartão cancelado e ter seu nome negativado nos órgãos de proteção ao crédito.

Cobrança judicial

Cobrança judicial (Imagem: Pixabay)
Cobrança judicial (Imagem: Pixabay)

E se você pensou que não poderia ficar pior, fique sabendo que a sua dívida prescrita, além de ficar acumulando ainda pode ser cobrada judicialmente de acordo com o artigo 205 do Código Civil Brasileiro.

Se o seu credor decidir entrar com uma ação judicial, o tempo de prescrição passa a não valer mais. Passando a contar de acordo com o tempo de tramitação do processo.

Pode ser dívida no cartão de crédito ou uma dívida no banco. Se você não pagar irá continuar devendo, com score de crédito baixo e poucas chances de se reerguer no mercado de crédito.

Tome muito cuidado ao escolher não pagar as dívidas. Isso pois, as taxas de juros brasileiras estão entre as maiores. E uma pequena dívida, pode sair do seu controle se tornando cada vez mais difícil de pagar, e passar 5 anos para ter uma possível rotina normal de gastos é muito tempo a se esperar.

Por isso, o ideal a se fazer nesse caso é negociar sua dívida mesmo depois de prescrita. Além disso, é importante fazer uma análise de gastos para saber quais são possíveis cortar para que não volte a ficar devendo além do que se pode pagar e repita os mesmos erros.

Anúncios

O que acontece se eu não pagar a fatura inteira do cartão?

O que acontece se eu não pagar a fatura inteira do cartão (Imagem: Pixabay)
O que acontece se eu não pagar a fatura inteira do cartão (Imagem: Pixabay)

Os juros altos são os grandes vilões que impedem as pessoas de quitarem suas dívidas. Se não conseguir pagar a fatura inteira e decidir atrasar o pagamento, é aí onde mora o perigo.

Isso porque, você passa a entrar no crédito rotativo do cartão, em que são gerados juros sobre juros todo mês com taxas em torno de 300% ao ano, te colocando num grande problema que parece não ter fim.

Por isso faça o possível para pagar pelo menos o valor mínimo. E jamais atrase os pagamentos. Porque, caso contrário sua situação só tende a piorar.

Pagando o valor mínimo, o restante da sua dívida irá se acumular para a fatura do próximo mês junto com um acréscimo de juros. Estando nessa situação, fica mais fácil reverter, começando a ter controle sobre os seus gastos até quitar sua dívida.

Pagar metade da fatura ou o valor mínimo é melhor que não pagar absolutamente nada, certo?

Então com isso você tem alguns pontos positivos na hora de negociar sua dívida com a empresa. Pois mostra que você está querendo e se esforçando para se livrar da dívida.

Lembrando que é um tanto perigoso pagar o valor mínimo da fatura todos os meses. Possivelmente irá se tornar uma bola de neve e não é isso que você quer. Por isso faça o possível para pagar o valor total da fatura assim que possível.

Empréstimo pessoal para pagamento de cartão

Empréstimo pessoal para pagamento de cartão (Imagem: Pixabay)
Empréstimo pessoal para pagamento de cartão (Imagem: Pixabay)

Se não for possível pagar no próximo mês o valor total do que restou da fatura passada, mais os acréscimos de juros, existe a alternativa de você pedir um empréstimo pessoal.

Esse empréstimo costuma ter juros menores em relação aos do cartão de crédito. Então, é muito importante você analisar bem as vantagens e desvantagens, comparar taxas de juros, parcelamentos e principalmente o tempo que levará para a contratação. Pois não esqueça: quanto mais tempo você espera mais alta a dívida fica e consequentemente maior a sua dificuldade para pagar.

Não existe formula mágica. Só o dinheiro vai resolver esse problema, e você precisa ter muito cuidado com quem te promete muitas facilidades pois pelo que deve ter lido até aqui, é claro que as coisas não serão simples. Mas nada está perdido, fique calmo, comece tendo a quitação das suas dívidas como prioridade e corte gastos desnecessários.

A regra é simples, faça o possível para não entrar nesse tipo de problema e muito menos repetir os erros anteriores. Seja consciente e gaste apenas o que pode pagar.

Como funciona a cobrança do cartão de crédito?

Como funciona a cobrança do cartão de crédito (Imagem: Pixabay)
Como funciona a cobrança do cartão de crédito (Imagem: Pixabay)

Quando você adquire um cartão, existe toda uma análise do seu perfil que precede o processo. Você precisa ser um pagador em potencial para conseguir crédito das empresas e se já estiver com problemas no rotativo do cartão fica mais complicado ainda.

A cobrança do cartão funciona da seguinte forma: quando você não paga nem mesmo o valor mínimo da fatura, automaticamente esse valor entra no rotativo do cartão. Assim, você terá apenas 30 dias para pagar o valor total da fatura e se não pagar os juros só tendem a prejudicar a sua dívida.

Toda empresa que empresta dinheiro ou te dá crédito assume o risco de não ter os valores devolvidos no prazo estimado e para compensar esse tempo são cobrados juros pelo tempo que a quantia ficou sem ser paga. E se tratando do Brasil os juros são altíssimos beirando ao absurdo.

Existe a possibilidade de parcelar a fatura do cartão de crédito e sem sombra de dúvidas essa é melhor alternativa quando não se pode pagar o valor total.

O parcelamento é um acordo que você faz com a empresa emissora do seu cartão informando que não vai ser possível pagar o valor total, assim negociando um parcelamento do valor da fatura que vai ser dividida ao longo dos meses seguintes.

Esse valor mínimo existe como uma última chance para que você não fique inadimplente e quando você não paga o valor integral da fatura serão passadas duas opções para você:

– Entrar no credito rotativo: você tem mais 30 dias para pagar o valor da fatura anterior mais a fatura atual, sem parcelamento.

– Optar pelo parcelamento da fatura: negociar com a empresa do seu cartão para dividir o valor mensalmente.

A dívida com cartão de crédito caduca?

A dívida com cartão de crédito caduca? (Imagem: Pixabay)
A dívida com cartão de crédito caduca? (Imagem: Pixabay)

Após 5 anos, qualquer dívida não paga, seja no cartão de crédito ou empréstimo prescreve. Isso porque, o Código de Defesa do Consumidor diz que toda dívida tem um prazo máximo para ser cobrada.

Mesmo assim, você não está livre da dívida e que o mundo de crédito vai estar de portas abertas pra você. Além do mais, as instituições financeiras podem consultar suas dívidas – mesmo após prescritas – através do sistema do Banco Central.

Sabendo que sua dívida fica para sempre registrada no Banco Central mesmo saindo do Serasa, isso diminui suas chances de conseguir crédito. E quando precisar de dinheiro emergencial para dificuldades pode ser que não consiga solicitar.

Ou seja, não vale a pena esperar a dívida caducar. Além de problemas durante os 5 anos iniciais da dívida com o telefone tocando inúmeras vezes para tratar de cobranças, você estará cercado de uma série de restrições que te impedirão de fazer compras significativas.

Mas lembrando que se você deixar de pagar um cartão, isso não quer dizer que os outros cartões que você tem ficarão inativos. Você pode continuar usando normalmente esse meio de pagamento, só não vai poder solicitar crédito.

Agora que você já sabe que a dívida com cartão de crédito caduca, mas que mesmo assim continuará com dificuldades para solicitar crédito no futuro, a única alternativa plausível é você tentar negociar suas dívidas e quitá-las o quanto antes.

Se você fez a dívida, é preciso pagar. E é apenas dessa forma que você conseguirá restabelecer relações com a empresa, tranquilidade e saúde financeira. Lembre-se de solicitar uma revisão de contrato para conseguir um bom acordo.

Dicas de como organizar suas finanças

Dicas de como organizar suas finanças (Imagem: Pixabay)
Dicas de como organizar suas finanças (Imagem: Pixabay)

O Brasil possui mais de 63 milhões de inadimplentes e esse é um dado preocupante. Mais de 40% dos adultos afirma que tem uma conta que não consegue pagar, então se liga, você não está sozinho nessa.

Fatores como desemprego são os principais causadores de tantas pessoas inadimplentes sem conseguir pagar suas contas e sabendo disso fique esperto pra não extrapolar nos gastos.

Pensando em te ajudar aqui vão algumas dicas do que você pode fazer para voltar a ser uma pessoa mais organizada em relação as suas dívidas:

  • Saiba quanto você deve: saiba exatamente quanto deve, entre em contato com a emissora do cartão e solicite o valor total da sua dívida.
  • Organize os seus gastos: faça uma planilha e separe gastos fixos, variáveis e emergenciais que você teve durante o mês, também é válido anotar em um papel.
  • Faça corte de gastos: agora que você tem seus gastos organizados, nesse ponto é importante cortar despesas desnecessárias se quiser pagar suas dívidas. defina suas prioridades e se desvincule de alguns serviços optando por poupar dinheiro.
  • Tenha cautela: para não cair em furadas se a proposta de quitação da dívida não cabe no seu bolso, renegocie. Não vai adiantar ficar se complicando ainda mais nas dívidas, se não puder pagar então pense com calma e seja cauteloso.
  • Evite novas compras parceladas: durante esse período de controle de finanças você precisa evitar gastos e principalmente compras parceladas. Dividir a compra é realmente uma facilidade, mas parcelas a perder de vista só vão te complicar levando ao descontrole financeiro, então verifique se você realmente precisa fazer essa compra.

Se puder pague tudo a vista para poder focar no seu objetivo principal que é se livrar das dívidas.

Conclusão

conclusão (Imagem: Pixabay)
conclusão (Imagem: Pixabay)

Agora você já sabe mais sobre cartão de crédito e como funcionam as dívidas com cartão de crédito caducarem.

Se precisar use o recurso de caducar a dívida de cartão de crédito, mas antes disso, aproveite as dicas para se organizar financeiramente e não passar apertos novamente!

Gostou do texto? Então continue acompanhando o nosso conteúdo. Se precisar, solicite um empréstimo para ajustar as dívidas.

Empréstimo consignado para limpar nome e reformar

Quer saber como funciona o empréstimo consignado para conseguir reformar a casa? Confira e solicite!

Sobre o autor

Heloisa Trindade

Sou Heloisa Trindade, jornalista pelo DRT 1424/MS de Campo Grande, formanda em publicidade e propaganda pela Estácio de Campo Grande, redatora e produtora de conteúdo há 4 anos. Minha paixão por ler e escrever veio desde criança, por influência da minha mãe. Em meio a uma crise financeira, descobri que poderia usar a minha paixão para produzir renda e foi então que iniciei com meus primeiros blogs. Meu objetivo é entregar sempre conteúdos verídicos, de qualidade e informação aos nossos leitores.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Como solicitar o empréstimo Itaú Construshop

Se você quer reformar ou decorar o seu imóvel o Itaú Construshop pode ser a linha de crédito ideal para você! Confira aqui como solicitar.

Continue lendo
content

Cartão Nubank Ultravioleta ou Cartão Digio: qual o melhor?

Decida entre o cartão Nubank Ultravioleta ou cartão Digio. Ambos têm cobertura internacional e oferecem ótimos benefícios aos clientes. Confira!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Netshoes

Aproveite as facilidades de compras e benefícios do cartão Netshoes hoje mesmo. Veja aqui como solicitar o cartão Netshoes sem burocracia.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar o cartão Revolut Standard

Veja como ter para si um cartão sem anuidade e que facilita saques e transferências no estrangeiro. Para isso abra a conta e solicite o cartão Revolut Standard.

Continue lendo
content

Como fazer o primeiro investimento na Rico

Confira o que você precisa saber para tomar a melhor decisão e começar a investir com a Rico hoje mesmo. Ademais, lembre-se de que a Rico oferece ótimas condições para você fazer o seu primeiro investimento em renda fixa.

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão EuroBic Gold

O cartão EuroBic Gold é ideal para as compras do dia a dia, especialmente, porque ele oferece seguros gratuitos e exclusivos. Se você é cliente do Banco Bic, que tal aprender a solicitar este produto financeiro? Confira aqui!

Continue lendo