Siga nas Redes Sociais

Dicas

10 museus virtuais para você visitar em casa: conheça os maiores acervos do mundo no conforto de seu lar

Por

Priscila B. 

| Publicado em

No nosso texto sobre as 15 tendências do mundo pós COVID-19, falamos sobre como as barreiras culturais serão quebradas.

Graças ao poder da internet, é provável que alguém que não more em uma grande metrópole tenha acesso mais fácil à cultura, podendo assistir de casa a um show ou a uma peça teatral, por exemplo.

Mas não só isso!

As portas dos maiores acervos do mundo foram abertas e você, que está dentro no conforto de seu lar, consegue visitá-los por meio dos museus virtuais.

As portas dos maiores acervos do mundo foram abertas e você, que está dentro no conforto de seu lar, consegue visitá-los por meio dos museus virtuais.

Engane-se quem pensa que apenas acervos de menor escala estão presentes no online! Grandes nomes, como MoMA, Casa de Anne Frank e Louvre, o maior museu de arte do mundo, abriram seus museus virtuais, sendo possível qualquer um conhecer o que há por dentro deles.

E você, também está curioso para conhecê-los?

Se sim, então veja a nossa lista dos 10 museus virtuais para visitar em casa. Com certeza, será a melhor maneira de usar o seu tempo na quarentena: tornando-se mais culto! Vamos nessa?

ANÚNCIOS

10. Galleria degli Uffizi (Florença, Itália)

Considerado um dos mais famosos do mundo graças às suas belas coleções de esculturas e pinturas, a Galleria degli Uffizi é um dos lugares turísticos mais visitados na Itália. Situada em Florença num edifício renascentista em forma de U, a sua visita é mais que obrigatória para quem visita a cidade.

Considerado um dos mais famosos do mundo graças às suas belas coleções de esculturas e pinturas, a Galleria degli Uffizi é um dos lugares turísticos mais visitados na Itália.

Como bem sabemos, suas portas estão fechadas em razão da pandemia do coronavírus, que assolou a Itália. Então, uma excelente saída é visitar a incrível galeria da Uffizi por meio da internet. Deste modo, não é mais preciso ir ao país da bota para apreciar uma das melhores coleções de arte do mundo.

Espere encontrar na sua visita virtual obras de artistas como Botticelli e seus famosos quadros A primavera e O Nascimento de Venus, Leonardo da Vinci, Michelangelo e Rafaello. Além delas, vale conferir exposições online e alguns dos mais importantes trabalhos em fotos com alta resolução, onde cada detalhe das pinceladas pode ser visto.

ANÚNCIOS

09. The National Gallery of Art (Washington, EUA)

Abrigando obras-primas que datam do século XIII, a National Gallery of Art apresenta estilo neoclássico e se destaca entre os maiores museus do mundo recebendo, anualmente, mais de 5 milhões de visitas. Com trabalhos dos mais emblemáticos artistas, como Claude Monet, Vincent van Gogh e Jackson Pollock, é impossível não se encantar pelo seu acervo.

Abrigando obras-primas que datam do século XIII, a National Gallery of Art se destaca entre os maiores museus do mundo recebendo, anualmente, mais de 5 milhões de visitas.

A sua sorte é que The National Gallery of Art, localizada na capital Washington, nos Estados Unidos, também se modernizou e criou um dos melhores museus virtuais existentes de hoje em dia. Deste modo, você não precisa mais sair de sua casa para conhecer de perto as suas ais de 42.000 obras de arte.

Outro dado importante sobre The National Gallery of Art é que, além de sua galeria virtual, o museu também conta com “exposições” especiais, tais quais a “Vermeer e os Mestres da Pintura de Gênero”. Exposta em 2018, ela diz respeito à história do popular mestre holandês do século XVII, Johannes Vermeer. Vale à pena visitá-la!

ANÚNCIOS

08. National Museum of Natural History (Washington, EUA)

E já que estamos falando sobre Washington, outro ótimo museu para ser visitado na cidade é o National Museum of Natural History. Fundado em 1910, o local conta com uma coleção composta por mais de 145 milhões de espécies de plantas, animais, fósseis, minerais, rochas, meteoritos e objetos culturais humanos.

E já que estamos falando sobre Washington, um dos melhores museus virtuais está localizado na cidade: o National Museum of Natural History.

Mas o melhor há por vir! Você sabia que é possível conhecer esta enorme variedade no conforto do seu lar? Pois é! Famoso pela interatividade que oferece aos seus visitantes, o National Museum of Natural History, do grupo Smithsonian, não desaponta online.

No site oficial do museu, é possível percorrer os corredores clicando no mapa disponível na página e ainda ver de perto algumas das atrações e o materiais em exposição em 360º ou em realidade virtual. No entanto, o passeio está disponível somente em inglês.

ANÚNCIOS

07. Newseum (Washington, EUA)

O Newseum é mais um museu da cidade de Washington, porém mais um imperdível e que não poderia ficar de fora da nossa lista dos museus virtuais para você visitar da sua casa.

Afinal, ele conta a história dos fatos mais importantes dos Estados Unidos e do mundo através das notícias, sendo praticamente uma celebração à luta pela liberdade de imprensa.

O Newseum é mais um museu da cidade de Washington, porém mais um imperdível e que não poderia ficar de fora da nossa lista dos museus virtuais para você visitar da sua casa.

No site do museu, você poderá conferir todos os dias a primeira página de mais de 800 jornais em todo o mundo. Além disso, é possível participar de aulas, discussões e seminários e, se desejar, aprofundar-se nos temas mais importantes da história com textos e vídeos.

De maneira interativa e absolutamente emocionante, o Newseum busca detalhar coberturas e fatos relevantes para a humanidade. A cada sessão, você irá se surpreender com o poder da notícia. Em tempos de Coronavirus e fake news, é sempre bom lembrar que a informação é uma das melhores armas!

ANÚNCIOS

06. The British Museum (Londres, Reino Unido)

Fundado em 1753, o The British Museum foi o primeiro museu nacional público do mundo e conta com o número impressionante de oito milhões de objetos em sua galeria que relatam a história da humanidade.

Não à toa, este seu pioneirismo pode ser visto na internet, pois ele também é um dos museus virtuais da nossa lista.

Fundado em 1753, o The British Museum foi o primeiro museu nacional público do mundo e conta com o número impressionante de oito milhões de objetos em sua galeria.

Com um valor antropológico inestimável, além de esculturas e pinturas, esse centro cultural apresenta elementos diferentes e interessantes, como máscaras astecas e partes do templo Partenon de Atenas.

Além disso, na sua enorme coleção, você encontrará objetos mundialmente famosos como a Pedra de Roseta, as esculturas de Parthenon e múmias Egípcias.

Presencialmente, o The British Museum recebe quase 6 milhões de visitas anuais. Com as barreiras físicas quebradas graças ao online, é bem provável que este número aumente de maneira considerável, principalmente por conta do isolamento social. E você não pode ficar de fora dessa!

ANÚNCIOS

05. Museus do Vaticano

Com mais de 6 milhões de visitantes por ano, os Museus do Vaticano são um dos museus mais importantes do mundo.

Inaugurados para o público no século XVI, o seu acervo, o qual pertence à Igreja Católica, conta com peças emblemáticas da história da arte, reunindo uma das coleções mais fantásticas e extensas da humanidade.

Na foto, as famosas escadarias circulares dos Museus do Vaticano.

Além do seu enorme acervo, os Museus do Vaticano têm aquilo que todo grande museu desejaria ter: a Capela Sistina. Na sua visita presencial, é proibido tirar foto do lugar para não degradar as suas pinturas; no entanto, a mesma está disponível para você ver e rever em seu passeio virtual.

Deste modo, conhecer os museus virtuais do Vaticano é uma experiência e tanto! Isto porque, presencialmente, você irá encontrar longas filas e um tumulto de pessoas para vislumbrar suas obras - algo que não ocorre no online, não é mesmo?

ANÚNCIOS

04. The Metropolitan Museum of Art (Nova York, EUA)

Cosmopolita e cheio de estilo, o The Metropolitan Museum of Art é a atração mais visitada de Nova York, sendo um dos maiores e mais completos museus da cidade.

Inaugurado em 1870, o local conta com mais de dois milhões de obras de arte e com uma coleção de 5000 anos, o qual pode agora ser visitado por você dentro da sua própria casa.

Cosmopolita e cheio de estilo, o The Metropolitan Museum of Art é a atração mais visitada de Nova York, sendo um dos maiores e mais completos museus da cidade.

Conhecido informalmente como The Met, o museu vale horas de passeio pessoalmente, mas também online. No seu site, há vídeos disponíveis que mostram o Metropolitan em 360º, com direito a uma ótima trilha sonora. Por meio deles, é possível comandar a direção e assim olhar o museu pelo ângulo que você desejar.

Além dos vídeos em 360º, o site do MET oferece também diversos outros vídeos, textos e fotos sobre a história das obras disponíveis no museu, os bastidores do lugar e detalhes das exposições.

Por consequência, o The Metropolitan Museum of Art tornou-se um dos melhores museus virtuais, sendo um passeio imperdível durante a sua quarentena!

ANÚNCIOS

03. Casa de Anne Frank (Amsterdam, Holanda)

Não há quem não conheça a história de Anne Frank, a garotinha alemã de origem judaica que escreveu um diário ao longo da Segunda Guerra Mundial relatando a sua vida nos esconderijos de um apartamento em Amsterdam.

Este, por sua vez, tornou-se a Casa de Anne Frank, um dos museus mais importantes da Holanda e considerado um dos pontos turísticos mais visitados do mundo.

A casa de Anne Frank, que serviu de esconderijo para ela e sua família, é um museu dedicado à garotinha judaica de origem alemã que contou os horrores da guerra em seu diário.

Falando sobre o que interessa neste texto, isto é, sobre os museus virtuais, a Casa de Anne Frank digitalizou-se. Hoje, é possível conhecer por meio da internet o lugar que serviu como esconderijo para ela e sua família por dois longos anos até serem descobertos pelos nazistas.

Nesta visita online, você conhecerá páginas originais do diário de Anne Frank, o qual tornou a sua história mundialmente conhecida, além de alguns objetos da época e depoimentos dos sobreviventes.

É um passeio marcante que atrai, a cada ano, 1,2 milhão de pessoas! Agora, também pode atrair você dentro do conforto do seu lar.

ANÚNCIOS

02. Museu do Louvre (Paris, França)

Sim, o maior museu de arte do mundo também abriu o seu acervo online! O Museu do Louvre, localizado em Paris, é um local que não tem como alguém visitar a cidade e não passar por ele - tanto interno, como externamente.

No entanto, com suas portas fechadas em razão do coronavírus, a dica é, então, visitá-lo virtualmente.

Visitar o museu virtual do Louvre é se deparar com uma das melhores coleções existentes do mundo, as quais abrigam a obra mais famosa de todos os tempos: a Monalisa, de Leonardo da Vinci.

Além da pintura, o Louvre conta com diversas obras importantes na história, como, por exemplo, a Vênus de Milo e o quadro "A Liberdade guiando o povo", pintura de Eugène Delacroix em comemoração à Revolução de Julho de 1830.

Aproveite o passeio virtual para curtir todos os detalhes destas e outras obras sem as dezenas de pessoas fazendo selfie ao seu lado. Mas tem mais! Além de curtir o acervo online, é possível assistir a alguns concertos maravilhosos que aconteceram no auditório do Louvre. Imperdível!

ANÚNCIOS

01. Pinacoteca (São Paulo, Brasil)

Para finalizar, é claro que não poderíamos deixar de fora da nossa lista de museus virtuais um que esteja no nosso país, não é mesmo? E o escolhido foi a Pinacoteca, localizada na cidade de São Paulo.

Para finalizar, não poderíamos deixar de fora da nossa lista de museus virtuais um que esteja no nosso país e o escolhido foi a Pinacoteca, localizada na cidade de São Paulo.

Considerado um dos mais belos museus do Brasil, a Pinacoteca apresenta um belíssimo acervo com mais de 9.000 obras de arte, cujo destaque é a coleção de artistas nacionais, especialmente dos séculos XIX e XX.

Entre eles, você encontra nomes como Benedito Calixto, Pedro Alexandrino, Victor Meirelles, Eliseu Visconti, José Ferraz de Almeida Junior e Anita Malfatti.

Não bastasse o próprio museu em si, a Pinacoteca lançou durante a quarentena a programação online #PinaDeCasa.

O destaque vai para “Distância”, a sua primeira exposição virtual. Em cartaz até o dia 3 agosto, a mostra reúne cinco trabalhos em vídeos e filmes e conta com curadoria de Ana Maria Maia.

Ou seja, um super programa para quem deseja passar seu tempo dentro de casa com maior qualidade.

#Pinadecasa: Pinacoteca lança conteúdos digitais para o público aproveitar o museu em casa.

E então, gostou de saber mais sobre os museus virtuais? Se sim, então não deixe de visitá-los, mas, principalmente, de valorizar o acervo nacional. Com certeza, irá se surpreender com as riquezas culturais do nosso país!

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta


Siga nas Redes Sociais

AVISO LEGAL

O Senhor Panda não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro, seja cartão de crédito, financiamento ou empréstimo. Caso isto aconteça, nos avise imediatamente.

Trabalhamos para manter todas informações o mais atualizadas possível. Porém, vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições financeiras e/ou de provedores de serviços de um site específico. Com relação a instituições com as quais não temos parceria: não garantimos a precisão e atualidade das informações. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições financeiras que você escolher. Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente os produtos sobre os quais escrevemos e revisamos, e também sobre a ordem dos "melhores" artigos e posicionamento de produtos no Senhor Panda. Dada a quantidade de informações em nosso site, não fornecemos nenhum tipo de garantia sobre a qualidade e atualidade das informações; por isso, priorizamos informações de nossos parceiros.